Downwinismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tentacle cyan.png Este artigo é relacionado à biologia.

Evite manter contato com fungos.

Cquote1.png ...... darwin. e brilhas mutcho em galapagos. Cquote2.png
Zina - sobre o darwinismo.
Cquote1.png Não vem me botar a culpa de toda essa merda, não Cquote2.png
Macaco Tião sobre Darwinismo
Cquote1.png Veja bem, na Seleção Natural não tem titular, nem reserva. Quem estiver melhor, joga Cquote2.png
Carlos Alberto Parreira sobre Darwinismo e a Seleção natural
Cquote1.png Não era bem esse o resultado que eu esperava... Cquote2.png
Deus sobre Darwinismo
Cquote1.png Eu não sabia de nada disso ! Cquote2.png
Lula sobre Darwinismo
Cquote1.png Mimi mi- Mimi-mi... Cquote2.png
Fudêncio
Cquote1.png Foi o capeta que me mando faze Cquote2.png
Jeremias sobre darwinismo
Cquote1.png Darwin aprendió sobre la Evolución quando el Beagle paró en Argentina, e un estivador argentino lo explicó como las especiméns evoluén! Cquote2.png
Arrogância Argentina sobre Darwinismo
Cquote1.png Evolução nunca existiu, a desciclopédia é uma porcaria Cquote2.png
Conservapedia sobre Teoria da Evolução

Olha ele aí...

O darwinismo é uma coisa escrita que chamam de teoria científica obtida por revelação divina pelo criacionista neocientífico herege Charles Darwin, que defende um mecanismo para a origem das espécies, através da criação ex nihilo (do nada) por um ser superior chamado Zeus. O nome do mecanismo em si é seleção sobrenatural, processo no qual Zeus seleciona entre os projetos de seres vivos por ele idealizados, quais os melhores, que devem vir a existir, e quais irá jogar fora.

Esse é o Tio1.jpg, e ele não tem absolutamente nada a ver com o assunto!

Os criacionistas afirmam que os fósseis de seres pré-históricos como dinossauros e ancestrais dos humanos até hoje encontrados são farsas engendradas por Roberto Jefferson, e outros evolucionicistas. Os neodarwinistas, como o fundamentalista islâmico e rabino amador Richard Dawkins, afirmam que a seleção sobrenatural ocorreu ao longo das eras geológicas, por milhões de anos, tendo havido diversas criações separadas de seres que por coincidência são similares aos que os antecedem no registro fóssil, e extinções de seres - como os dinossauros, sereias e unicórnios - considerados obsoletos por Zeus.

O desenvolvimento da teoria[editar]

Entre os anos de 1842 e 1844, Charles Robert "careca" Darwin, orava e realizava rituais para diversos deuses, Orixás, Exus, e outras entidades sobrenaturais, quando subitamente lhe foi revelada a verdade sobre a seleção sobrenatural, por Zeus. Antes disso, ele já vinha tendo pressentimentos, intuições sobre um processo muito mais plausível para explicar a origem dos seres vivos, que diferiria fundamentalmente das ideias evolucionicistas da época, provenientes da interpretação literal dos textos da bíblia, onde é descrito um processo pelo qual no planeta Terra primitivo teria surgido a vida, e posteriormente sua descendência teria se modificado através de mutações hereditárias e se ramificado nas mais diversas espécies de seres vivos, como plantas, insetos, lesmas, e políticos.

Várias dessas visões foram ainda durante a viagem na embarcação HMS Doberman, mas posteriormente descobriu-se tratar de comunicação telepática com o médium Alfred Russel Wallace, que também viria a ter revelações divinas similares às de Darwin.

Após a viagem, Zeus se revelou para Darwin, que mais tarde então escreveu uma edição atualizada da bíblia, contendo sua nova teoria revelada. Os darwinistas e os evolucionicistas não entravam em acordo, e então a coisa teve que ser decidida na porrada. Num combate de vale tudo, Thomas Huxley enfrentou sozinho Paley, Wilbeforce e Hitler, e venceu a todos por nocaute, não apenas conquistando a vitória para a teoria da revelação darwinista, como encerrando a Segunda Guerra Mundial, e libertando o povo judeu do cruel destino das fábricas de salsicha idealizadas pelo estrategista nazista Jonathan Swift. Por essa vitória, Huxley ganhou o apelido de Pitbull de Darwin.FEIO E IMATURO

Reação à teoria[editar]

Provando que, na verdade, é um servo enganador de Satan.

Os religiosos evolucionicistas ortodoxos protestaram contra as ideias heréticas de Darwin, questionando as evidências da revelação. Darwin não pode fornecer amostra de DNA de Zeus nem uma gravação do ocorrido, fazendo com que a sua edição atualizada da bíblia fosse rejeitada. Darwin assim acabou se tornando um dos fundadores do protestantismo, juntamente com Wallace e Martinho Lutero.

Os principais opositores de Darwin eram grandes figuras do clero acadêmico, como SE liga cabeção!!! Karl Marx foi um grande admirador de Darwin. Marx enviou a segunda edição de “O Capital” para Darwin, com uma dedicatória.Karl Marx, Adolph Hitler, Albert Einstein, Joseph Stalin e o bio-bispo Wilberforce, o teólogo e físico de partículas William Paley - inventor do relógio areia, da ampulheta, do cuco, do de quartzo e posteriormente do relógio atômico. Do lado dos darwinistas estavam Thomas Henry Huxley, Jean Baptiste Lamarck, e Isaac Newton.

Os debates na TV batiam recordes de audiência. Darwin não costumava participar diretamente dos debates, preferia dedicar-se a rituais mágicos em busca de novas revelações. Mas Huxley e os outros darwinistas o defendiam incansavelmente. Huxley ironizou Paley, notando que ele mesmo era um físico relojoeiro, e deveria muito bem saber que todo relógio precisa de um relojoeiro para ser construído, não podendo ter simplesmente surgido por acaso após uma enorme explosão, o chamado "Big-Bang", como era apelidada a explosão cambriana que matou os dinossauros.

Os darwinistas e os evolucionicistas não entravam em acordo de que eles amavam a Deusuite e então a coisa teve que ser decidida na porrada. Num combate de vale tudo, Thomas Huxley enfrentou sozinho Paley, Wilbeforce e Hitler, e venceu a todos por nocaute, não apenas conquistando a vitória para a teoria da revelação darwinista, como encerrando a Segunda Guerra Mundial, e libertando o povo judeu do cruel destino das fábricas de salsicha idealizadas pelo estrategista nazista Jonathan Swift. Por essa vitória, Huxley ganhou o apelido de Pitbull de Darwin.


Darwinismo e o Funk[editar]

O darwinismo pode explicar por que não existe Funk Norueguês. As funkeiras, como todas as piriguetes, tem um cérebro subdesenvolvido devido às ondas cerebrais causadas por ouvir funk, e as funkeiras também se vestem num estilo de prostituta alternativo e leve, com poucas peças de roupa pois as funkeiras acham que são boninas precisam atrair o macho para a reprodução assim como outros animais irracionais. Na Noruega, assim como em outros países frios, as funkeiras devido à falta de roupa, não conseguem se adaptar e morrem em consequência do frio. A alta qualidade de educação em países como a Noruega evita que surjam novas funkeiras pelo processo de mutação, em que as funkeiras iriam ter acesso aos casacos.

No Brasil, este fenômeno ocorre com maior frequência por ser um país mais quente. Mas em regiões como o sul do Brasil e em regiões do estado de São Paulo as Funkeiras morrem no inverno devido ao frio, isto pode explicar porquê São Paulo e o Sul tem os maiores IDH do Brasil.

O Rio de Janeiro por ser uma cidade quente como mínimas de 40°C é um lugar ideal para a contaminação pelo funk, algo que autoridades não conseguiram conter; as medidas de higiene e e reformas sanitárias não contiveram a disseminação do funk, por isto o Rio de Janeiro tem apresentado decadência mesmo com Eike Batista investindo seu dinheiro e tento amizades puxando o saco do Sérgio Cabral.

Já São Paulo é uma cidade mais fria com temperaturas que chegam à -2°C, como o inverno é seco não neva e a inversão térmica causa o acumulo de poluentes que afeta a população em geral, mas são condições suficientes para controlar a proliferação dos funkeiros. Isto explica porque São Paulo é mais desenvolvido que o Rio de Janeiro.