Dauf

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Quico bombado.jpg Dauf usa esteroides anabolizantes!

Isso explica porque tem músculos enormes, voz grossa pra caralho,
pinto pequeno e nenhum cérebro.


Dauf
Cquote1.pngO imbecilCquote2.png
Dauf.png
Grrrrr...
Informações inúteis
Classificação Despertado bobão
Ranking Claymore Ex nº3
Técnicas Arremeso de toras
Parceiros Riful
Status Atual Semimorto
Símbolo Supererro.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Ralf Cquote2.png
Google sobre Dauf
Cquote1.png Experimente também: Duff Cquote2.png
Sugestão do Google para Dauf
Cquote1.png Não passa de um imprestável. Cquote2.png
Rigardo sobre Dauf.
Cquote1.png Dau! Cquote2.png
Homer Simpson sobre qualquer coisa.
Cquote1.png Dá para o gasto... Cquote2.png
Riful sobre Dauf.
Cquote1.png Filho da puta. Cquote2.png
Katea sobre Dauf.

Dauf é mais um personagem do anime yuri Claymore, só que destoa do conjunto por ser um macho feioso, já que até os homens do anime são bishounen, ou viadinhos mesmo. Duph só é lembrado pela seu relacionamento pedófilo heterossexual com a Riful, sim heterossexualidade é algo muito incomum no mundo das bruxas de olhos prateados.

Nascimento e infância[editar]

Dauf na época do trabalho braçal.

Dauf nasceu e cresceu na ilha onde tudo ocorre no anime, num local pobre, onde não haviam escolas, saneamento básico, ou mesmo, sistema de escrita e a incrível tecnologia dos pagers. Num local assim nasceu Dauf, filho de uma mulher e um cara, acredita-se, passando sua infância nesse mesmo lugar hospitaleiro.

Dauf cresceu por lá, só que passou a infância inteira trabalhando em minas de carvão e césio, onde passava 18 horas por dia ganhando apenas um prato de comida, só que sem a comida. Ele passou muito tempo nisso, o que atrofiou todos os seus neurônios e aumentou seus músculos a níveis tão altos como se o mesmo usasse esteroides anabolizantes.

Conhecendo um youma[editar]

Como seria o Dauf se ele fosse humano.

Certo dia na mina de césio, Dauf e seus colegas estavam trabalhando feito burros de carga, extraindo as pedras radioativas com as mãos para vender a Organização para que assim eles pudessem fazer seus experimentos malucos e seus guerreiros fodões, Dauf já trabalhava, mesmo que indiretamente, para a Organização.

Um belo dia, na mina, surgiu um ser careca, de veias saltadas, dentes serrilhados, com um péssimo cheiro e pagando de fodão, era um youma disposto a devorar todo mundo ali, contudo ele não contava em enfrentar 300 homens bombados, tudo bem que desprovidos de massa encefálica, mas eles tinham uns dois metros de altura e 120 quilos cada, a luta foi equilibrada, muitos morreram, mas quando a derrota era eminente o Dauf deu um chute no peito do Youma arremessando o um poço de césio fundido, assim vencendo o bicho.

Recruta[editar]

Dauf em ação.

Após o acontecimento cair na boca do povo, a maré de informações propagada pelas donas-de-casa chegaram ao ouvido do pessoal da organização, tudo bem que a informação foi ligeiramente distorcida, mas nada que apagasse o feito de mandar um youma para o saco sendo um reles humano.

A organização então procurou Dauf, aquele que havia matado 42 youmas munido apenas de um palito de dente, eles o levaram por livre e espontânea vontade gerada por ameaças e chantagens. Assim Dauf foi recrutado e no mesmo dia passou pelas mãos dos cientistas malucos da organização.

Dentro da organização[editar]

Dauf sendo ownado.

Dauf, por seu porte, acabou se dando bem, afinal mesmo ele tendo o cérebro de uma doninha ninguém contestava seus argumentos manuais, aos poucos ele foi ganhando um certo respeito do pessoal lá de baixo, que se identificava com o brutamontes, mas jamais se deu bem com os mais talentosos da organização, tais como o Isley e o Rigardo.

Dauf fez parte dessa geração que fracassou unanimamente, com os mais fodásticos virando kakuseishas, depois viram que o problema eram os homens que despertavam mais fácil, mas até aí a merda já estava feita. E Dauf já despertara. E, diga-se de passagem, de forma totalmente em vão, que idiota enfrenta trocentos youmas só no braço sem ultrapassar os limites?

Na rua da amargura[editar]

Dauf! Venha cá!

Após se despertar Dauf passou um longo tempo em depressão, ninguém mais o queria e era obrigado a matar seus excolegas e comer criancinhas, não ele não era o Michael Jackson, se bem que ele sempre teve seu lado pedófilo enrustido em baixo de todos aqueles músculos.

Dauf passou anos e anos assim, até que certo dia ele trombou com uma garotinha, recém despertada, que iria mudar-lhe a tenebrosamente entediante vida do homem, ou youma ou seja lá o que o grandalhão for.

Apaixonado[editar]

Casalzinho meigo.

Ali ele encontrara o amor de sua vida a pirralha Riful, ex-número um e ex-claymore fodástica, ela tornara-se, agora, apenas algo cheio de tentáculos, contudo deixou de ser uma tábua, para felicidade dos fãs ávidos por novos hentais da guria com a Luciela.

Dauf se apaixonou a primeira vista e a Riful, muito perspicaz como sempre viu que seria muito bom contar com um outro despertado poderoso para seus planos de dominação mundial inspirados em "Pinky e o Cérebro", afinal todo vilãozinho precisa fazer algo insólito assim.

Despertando os outros[editar]

O jeito com que o Dauf deixa as claymores secundárias.

Dauf, influenciado pela sua nova companheira passa a caçar claymores para experiências bizonhas abertas o plano da guria de conquistar toda a ilha da história. Dauf, então, passa a raptar guerreiras para despertá-las, contudo a Riful apenas interessa as digitos únicos, sobrando para o youma limpar as que sobrarem.

Numa dessas empreitadas, Dauf sequestra, para Riful, a Jean, a Katea e Raquel, no entanto, a última de algum jeito que nem a mente de quem faz essa merda o mangá consegue explicar, ela foge vai até um barzinho e encontra miraculosamente a protagonista, para qual pede ajuda.

Clare, como toda altiva heroína, decide partir em busca das companheiras para salvá-las, ela chega, então, a toca da bruxa, por mais que a Riful seja kawaii, onde a Clare passa a lutar com o Dauf, mas a pobrezinha não tem chance, apanhando o tanto de costume. E na hora em que ela seria morta, surge a Galatea para dar uma de fodona.

Dauf vs As meninas superpoderosas (Clare, Galatea e Jean)[editar]

Riful e Dauf, um dos mais carimásticos casais dos animes.

Após o surgimento da Galatea, Dauf passou a lutar com a miss Claymore, que enganou o coitado bonito usava uma técnica de defesa que você só pode dizer "WTF?", mas que logo foi desmascarada pela Riful, mostrando que não passava de um truque daqueles mágicos que a sua mãe contratou para a sua festa de aniversário de 18 anos.

Enquanto a Galatea ficava desviando do Dauf a Clare foi salvar a Jean, que tinha virado uma borboleta gigante que implorava pela morte e numa cena tocantemente lésbica a Clare cura a nova amiga com lágrimas e abraços. Após a cura milagrosa a Jean e a Clare decidem ajudar a Galatea, mas não sem antes ir ao banheiro, porque a calcinha da Clare estava meio apertada e a Jean foi ajudá-la a melhorar a situação.

No retorno, as três uniram-se para lutar, o que inicialmente não adiantou em nada, só trouxe algum resultado após muita tentativa e contando com a falta de astúcia do Dauf, ao final a Riful salva seu namorada, que virara quindim e deixa as claymores fugirem para que a história prosseguisse.

Provavelmente a última coisa que o Dauf verá.

7 anos depois[editar]

Dauf e Riful continuam a caçar despertados para montar um exército capaz de dominar o mundo dos animes, MWAHAHAHAHAHA!. Agora a encrenca que os dois se meteram envolvia 2 irmãs siamesas youmas, uma Claymore de dreads e um copo. Eles tentavam acordar o monstrinho de todas as formas, o que não dava certo, ao menos até a Clare chegar.

No entanto, durante as tentativas, a claymore capturada fugiu, o Isley foi para o saco e as irmãs mais falantes da animação japonesa apareceram acompanhadas de uma penca de devoradoras de abissais. O Dauf não foi páreo, coitado foi retalhado pela Alice e teve de ser arrastado pela Riful, também, detonada na luta. Mas a perseguuição contiinuou, agora com a Claymore mais fodona despertada, e na hora do vamos ver acaba o capítulo, obrigando a todos a esperar mais um mês para as próximas aventuras dessa turminha do barulho.

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]

Dauf na Claymorepédia