Decorador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Viado Cquote2.png
Google sobre Decorador
Cquote1.png Você quis dizer: Boneca Cquote2.png
Google sobre Decorador

Cquote1.png Porque você escolheu todos os móveis na loja mais cara, e os modelos mais caros, se são todos iguais? Cquote2.png
Cliente meio pobre para o Decorador
Cquote1.png Tá pensando que a minha casa é um parque de diversões? Cquote2.png
Cliente para o Decorador
Cquote1.png É tudo de bom!!! Cquote2.png
Hebe sobre Decorador
Cquote1.png Você está demitido. Cquote2.png
Roberto Justus para o Decorador

Olhar típico de um decorador
Decorador apresentando um tapete a um cliente desavisado
Decorador apresentando uma escultura a um cliente desavisado

O que são[editar]

É um tipo de animal coprófago, que vive especificamente nos interiores se esfregando em tapetes, sofás, esculturas e outras tralhas que podem custar muito caro. A maior frustração de um decorador é que no exército as barracas são armadas e ele não é convidado. É completamente desnecessário, sendo na verdade, um problema sério. Se um decorador ficar perto de você vá rapidamente a uma farmácia e compre um antihelmíntico de largo espectro para pôr ele para fora, o mais rápido possível. Repita a dose depois de 15 dias.

Alimentação[editar]

Esse tipo de bicho possui um couro de quitina que impede que ele seja digerido por sucos gástricos. Pessoas que convivem com decoradores por mais de 5 minutos podem começar a sentir vontade de lamber a parede, comer cal e qualquer coisa do tipo. Sua relação com o cliente hospedeiro é de parasitismo. O Hospedeiro começa a sentir vontade de comprar tudo do mais caro e feio, só porque está nas revistas. Passa a querer viver num cafofo lotado de tralhas empoeiradas e chiques, geralmente sem relação nenhuma com nada. Contra isso, a espécie desenvolveu um sistema eficiente para obtençao dos alimentos: dizer que isso é ecletismo . O principal alimento é obtido por meio de comensalismo, ou seja, alimenta-se da ingenuidade do cliente de "beleza" e "estilo" (...).(leia-se comixa ou reserva técnica). Dá muito dinheiro, mas tem que estar a fim mesmo...

Ambiente hostil[editar]

Os decoradores vivem principalmente em cidades onde podem pular de galho em galho. Seus principais inimigos são os contadores, fiscais, artistas bem informados, críticos e clientes-inteligentes-que-sabem-alguma-coisa-a-mais-de-arte. Além disso, eles não convivem no mesmo nicho ecológico das seguintes espécies, pois são mutuamente repulsivos:

E seus piores inimigos são, definitivamente:

Existem três cidades preferidas por decoradores no Brasil:

  • São Paulo pois tem a maior parada gay do mundo;
  • Campinas onde a água da torneira é sagrada
  • Rio de Janeiro onde está a maior concentração de pessoas loiras do mundo.

Ver também[editar]