Dedé Santana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jesse.JPG Doe um prato com comida! Seja solidário com Jessé!

Este artigo é mais maltrapilho que o nosso amigo aqui. Faça alguma coisa, mate a fome de Jessé porque a coisa tá feia...

Gilbrother.jpg
Cquote1.png Você quis dizer: Humorista sem graça? Cquote2.png
Google sobre Dedé Santana

Cquote1.png Você quis dizer: Pilombeta de Niterói? Cquote2.png
Google sobre Dedé Santana
Cquote1.png Na Rússia, Dedé Santana Não Ri de VOCÊ!! Cquote2.png
Reverssal Russa sobre Dedé Santana
Cquote1.png Meu General! Cquote2.png
Beto Carrero sobre Dedé Santana
Cquote1.png Eu odeio essa genereca! Cquote2.png
Comandante Durão sobre Dedé Santana
Cquote1.png O senhor é um fanfarrão!! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Dedé Santana
Cquote1.png Dedé Santana... Quem quer rir... Tem que fazer rir! Entendeu?! Cquote2.png
Sargento Rocha sobre Dedé Santana
Cquote1.png Calma Dedé, calma Dedé, calma Dedé! Cquote2.png
Rapadura sobre Dedé Santana
Cquote1.png Esse é muito maaaaaacho!!! Cquote2.png
Didi Mocó(piscando o olho) sobre Dedé.


Manfried Sant'Anna, ou popularmente conhecido como Dedé Santana, (Rio de Janeiro, 9 de maio de 1936) é um pseudo-ator e pseudo-comediante brasileiro. É irmão de Maradona.

Vida no Circo[editar]

Dedé era filho da Vovó Mafalda e do General Grievous e nasceu no bairro de Humaitá. Grievous e Mafalda o abandonaram na porta de um circo, onde foi encontrado e criado pelo iniciante Ronald McDonald.

Dedé fazia trabalhos pequenos no Circo McDonald's, como depilar a virília da Mulher Barbada, recolher as fezes do elefante e ajudar o mágico a "esconder o coelho na cartola". Conforme crescia, Dedé foi acumulando funções e largou o circo, fugindo do tirano McDonald.

Dedé e seu sorriso estonteante.

Encontrando Didi[editar]

Ao correr do circo, Dedé foi atropelado por um calhambeque (bi-bi!!). O motorista: Didi Mocó. Primeiramente, Didi gritou "- O Rapá!" e tentou fugir da cena do crime puxando 1342354329876 km\h. Logo depois, Didi se arrependeu, voltando e socorrendo Dedé.

No hospital, Dedé divertia Didi com suas piadas de corinthianos, as quais aprendeu no circo do palmeiras, como "Qual a diferença do judeu e da pizza?". Didi, estasiado com o humor de Dedé, o chamou para se tornar uma dupla de comédia. "O Didi Mocó Sonrisal Colesterol Novalgino Mufumbo e o Dedé" estreou na TV Tupi-Guarani. A fama crescente da dupla sertaneja incomodava altos executivos invejosos sem talento algum, como os Ursinhos carinhosos, o Bozo, o Chaves e os Bananas de pijamas, que armaram um golpe de estado, e com apenas um Haduken, acabando com os dois.

Mussum e Zacarias[editar]

Desempregados e desamparados, Dedé e Didi encontraram emprego num circo, onde deviam contar piadas de loiras burras, bêbados, gaúchos, sogras e corintianos. Durante uma apresentação de uma piada de bêbado, Mussum levantou-se e gritou: "- Cacildis, para com issis seu palhacis!!".

O hilariante bêbado da plateia fez Dedé e Didi rirem pra cacete até cagarem nas calças. Depois da apresentação, Dedé convidou Mussum para um jantar a dois e fazer parte da trupe. Depois de alguns minutos, Zacarias foi atropelado. O trio parada dura do humor achou o atropelamento hilariante e chamaram o rapaz para integrar a gangue onde mais tarde iriam presos por formação de quadrilha, mas foram soltos depois de se identificarem como deputados e pagar propina com seis quilos de rapadura, que era o almoço rico em vitaminas e proteínas do didi.

Dedé participando ativamente do programa.

De volta à Tv[editar]

O quarteto voltou à Tv Tupi com "Os Trapalhões", um jogando tortas um no outro. Durante uma sessão de atiramento de tortas alcóolicas, Mussum morreu. Depois, um cofre despencou, matando Zacarias. Dedé e Didi brigaram por causa de uma empada, e Dedé foi demitido. Dedé se juntou à Tropa de Choque Especial do Beto Carrero (TCEBC), comandando assassinatos em nome do cowboy. Mas quando Beto Carrero Morreu, ele comprou uma empada para pedir desculpas a Didi, o mesmo aceitou e hoje vivem um relacionamento a três junto com Jacaré.

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Dedé Santana no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg