Delegacia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Recepção de hotel para pobres vagabundos Cquote2.png
Google sobre Delegacia
Cquote1.png Alô, é da delegacia de policia? Eu queria encomendar uma Pizza! Hahaha! Cquote2.png
Pessoas usando corretamente o telefone da policia
Cquote1.png Delegacia de policia... em, a sua filha foi baleada e está sangrando muito? Olha aqui, ligue para o hospital que nós não atendemos esse tipo de socorro! Cquote2.png
Delegado da delegacia de policia pronto para o trabalho

No Brasil, uma delegacia (também designada distrito dos pilantras de terno marrom) é uma unidade policial fixa para o atendimento ao público, base e administração de operações policiais, investigações criminais e hotel de zero estrelas temporária de suspeitos e presos em flagrante delito, tipo roubar um misto-quente num supermercado só para matar a sua fome.

Sobre a delegacia[editar]

Grande frequentador de delegacias.

Em algumas Polícias Militares estaduais existem, ainda, as Delegacias de Polícia Militar, ou Delegacia de Polícia Judiciária Militar, às quais compete, primordialmente, o registro e a detenção provisória de militares estaduais que tenham cometido infrações penais castrenses ou não, sendo, normalmente, a parte operacional das corregedorias dessas instituições. Mas na pratica, eles só se movimentam se houver ação real dos criminosos ou o prefeito daquela cidade decreta uma ordem de despejo forçado contra moradores pobres de um vilarejo, tudo em nome da lei, dos ricos.

Sua história[editar]

Tem esse nome devido ao fato de que uma Delegacia deve, obrigatoriamente após a propina ser pago, ser dirigida por um policial de carreira, cujo cargo denomina-se Delegado de Polícia, cujo exercício exige que tal policial seja graduado (curso superior falsificado num morro qualquer) em Direito.

Na linguagem corrente, em Portugal e em outros países de língua portuguesa, o estabelecimento equivalente chama-se esquadra de polícia, ainda que formalmente este termo só se aplique às subunidades da Polícia de Segurança Pública e das polícias equivalentes de outros países, embora nenhuma delas prestam.

No Brasil, além do delegado, existem outros policiais civis, profissionais qualificados que atuam em uma delegacia: Escrivão de Polícia, Investigador de Polícia (ou em alguns Estados, Agente de Polícia, Agente Policial, Detetive, Inspetor, Comissário e outras bobagens existentes), Agente de Telecomunicações Policial, Papiloscopista Policial, Carcereiro Policial, dentre outros cargos públicos, sendo todos civis, Departamento de Recebimento de Propinas e providos no cargo somente mediante aprovação em concurso público. O Delegado de Polícia e o Escrivão de Polícia são cargos exclusivos da polícia judiciária. Ainda no Brasil, o termo "delegacia" é amplamente usado em unidades pertencentes à Polícia Civil, órgão estadual ou federal (delegacias de polícia fudida federal) de polícia judiciária encarregado da investigação criminal e responsável pela elaboração dos boletins ou registros de ocorrência, da apuração das infrações penais e consequentemente da instauração do procedimento de investigação denominado Inquérito Policial, isso só se o crime ocorrer.

O que podemos finalizar sobre a delegacia[editar]

Simplesmente que ela só se serve mesmo para os ricos e o governos para oprimir criminosos insurgentes (leia-se pobre que tenta sobreviver com o que tiver). Se você pobre quiser mesmo sobreviver, vai para um morro da sua cidade e compre por lá uma arma para você mesmo poder fazer justiça com as próprias mãos.

Veja também[editar]