Desciclopédia:Página de testes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mal vindo! Esta é a página de testes da Desciclopédia, destinada para testar as besteiras que você vai escrever na Desciclopédia, sem que os sysops se intrometam. Não façam testes em outras páginas! Esta página é ideal para testar o que você aprendeu no tutorial antes de criar um artigo! Edite e veja como fica clicando em "salvar página" ou "mostrar previsão". E POR FAVOR, NÃO REMOVA ESTA PREDEFINIÇÃO!


Tupperware[editar]

Tupperware© é a principal bugiganga marca da empresa americanaestadunidense Tupperware Brands Corporation, uma industria especializada em criar produtos de plásticos caros para um caralho, especialmente recipientes utilizados na conservação e preparação de alimentos, destinados à cozinhas de senhoras ricas, e desejo de senhoras pobres.


História[editar]

Era uma vez Durante a guerra fria, em 1940, o então jovem soldado Earl Tupper, conhecido em sua guarnição como soldado Zero enfrentava um de seus maiores problemas: o de armazenar provisõesQuer dizer, comida, seu burro! que encontravam nos lugares por onde passavam, até uma outra ocasião de necessidade. Cansado de colocar comida no cu capacete balístico, nos bolsos e até no seu coturno, Zero decidiu dar um jeito no problema que assolava à todos no gelo europeu. Para tal, aproveitou o próprio capacete como modelo, assim como fazia nos campos de batalha. Zero era também engenheiro formado pelo quadro do CPOR, e isso lhe deu competências suficientes pra desenhar bonequinhos de palitinhos um protótipo excelente, baseando-se no modelo do capacete e na Chinforômpila do general Hugo Chaves, também engenheiro. Inicia-se então, um projeto que traria um pouco de alegria pra esse povo que sofria tanto.


Cquote1.png Experimente também: Tapué Cquote2.png
Sugestão do Google para Página de testes
Cquote1.png Você quis dizer: Tatuapé Cquote2.png
Google sobre Página de testes
Cquote1.png Você quis dizer: Vaporwave Cquote2.png
Google sobre Página de testes
Cquote1.png Depois trás a vasilha, hein? Cquote2.png
Sua tia sobre Tupperware
Cquote1.png Olha só essas promoção de tapuér da revista... Vou marcar um monte! Cquote2.png
Sua mãe Com o catálogo da Hermes sobre Tupperware]]

Esse provavelmente é o último lugar onde você encontrará uma Tupperware
Algumas das primeiras Tupperwares, descartadas pelo seu inventor, após um Recall


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Atari 2600, Balão Mágico e Plano Cruzado.


O início do projeto[editar]

Em busca de finalmente ter onde guardar sua comidinha, e quem sabe, ganhar alguma prata, Earl Tupper começou desenvolver seus experimentos. Os primeiros protótipos, um pouco mais obsoletos, feitos de barro, argila, folhas de bananeira, gesso e até osso, não agradaram muito Porquê será, né?, e ele logo teve que passar para um material mais resistente, e menos miserável. Aconselhado por um amigo , Earl Tupper tentou usar plástico. Essa idéia foi muito boa, mas claro, que o tal amigo não ganhou nem uma Coquinha por isso.

O nascimento da marca[editar]

Não demorou muito, e o negócio do Earl começou à ficar conhecido. O cara investiu pesado em propaganda, com umas mocinhas gostosas da época, como Hebe Camargo, Dercy Gonçalves e Inezita Barroso. Logo, todo mundo queria ter as Tupperware em casa. Até quem nem casa tinha, queria aquelas famigeradas vasilhas.

A expansão do comércio[editar]

Campanha de porta em porta[editar]

A marca se popularizou rapidamente, nos encontros de senhoras, nas novenas católicas, nas saídas de escola, quando as mães pegavam seus demônios filhos, nas reuniões familiares, no shopping, no salão de beleza, casas de prostituição e em todos os lugares frequentados por vossa santíssima mãe, aquela vagabunda tridimensional. Com efeito, quem tinha, fazia questão de mostrar pra todo mundo, a coleção de Tupperware que tinha em casa, mesmo que fosse uma coleção com apenas um item, bastava dizer que estavam esperando a entrega da revista(Pobre adorava comprar porcaria em revista). Quem não tinha, ficava crescendo os olhos em cima, secando os recipientes, e não dava uma semana, estava comprando também. Até o Sílvio Santos teve a brilhante ideia de oferecer a Tupperware como um dos produtos prêmio do Carnê de mercadorias do Baú, porquê se tem uma coisa que pobre gosta, mais que Tupperware, essa coisa é carnê. Com isso, as vendas do dono do Sbt tiveram um aumento de 587%, sendo que algumas senhoras compravam até 45 carnês, só pra ganhar Tupperware. Era um inferno uma febre entre as pessoas.