Descifras:Amigo Fura Olho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Nuvola apps kcmmidi.svg Este artigo faz parte do acervo de Descifras, o lugar das traduções que você nunca viu.


Letra

O Começo: Quando as coisas têm que acontecer, elas simplesmente acontecem e a gente tem que compreender...

Amigo da Onça: Essa é pra pensar


Amigo da Onça: Amigo é uma loucura, eu tô vivendo uma aventura castigada pelo amor

Um labirinto sair de onde o medo se converte em tanta dor

Vivo um triângulo



Amigo Cornudo: Amigo, a relação com a minha mina nunca foi espinho e flor

Mulher perfeita toda uma beleza meiga luz do Arpoador

E a minha vida tem cor, tem cor...



Amigo da Onça: Amigo, ela só quer me encontrar escondida alimentando esse amor

Mesmo sabendo que no fundo tenha dono quero ser seu protetor

Vivo um triângulo



Amigo Cornudo: Irmão, tu tem que lutar por amor

Amigo da Onça: Não me aconselha isso por favor

Amigo Cornudo: O marido dela não manda em seu coração

Amigo da Onça: Você não sabe um terço dessa confusão



Amigo Cornudo: Minha mina e eu, somos felizes mas há umas matrizes, Sei o que é o amor

Por isso te entendo, ela tem compromisso e você tem tem temor

Não desista amigo



Amigo da Onça: Amigo, ela já sabia que era loucura toda essa pegação

Mas é que a carne falou bem mais alto que a nossa razão

Vivo num triângulo



Amigo Cornudo: É o que eu falei. Se existe verdade esse sentimento tem que vencer

E o marido dela querendo ou não terá que entender

Alguém tem que perder



Amigo Cornudo: Irmão, tu tem que lutar por amor

Amigo da Onça: Não me aconselha isso por favor

Amigo Cornudo: O marido dela não manda em seu coração

Amigo da Onça: Você não sabe um terço dessa confusão



Amigo da Onça: Aí, irmão, a parada é entre nós. De amigo pra amigo

Amigo Cornudo: Fala aí, qual é a parada

Amigo da Onça: Amigo de verdade conta tudo



Amigo da Onça: Vou te dar uma ideia, amigo, foi mal. A minha atitude foi irracional Insistiu animal, fora da lei Tanta tentação que eu não agüentei

Amigo da Onça: O papo é reto eu não vou te enganar. Estou arrependido e não dá pra voltar Amigo, perdão, faça o que quiser Mas eu te confesso, eu peguei tua mulher



Amigo Cornudo:O quê?



Amigo da Onça: Saí com a tua mulher! Eu saí com a tua mulher!



Amigo da Onça: Eu saí! Saí! Saí! Saí! Saí! Saí! Saí!



Amigo Cornudo: Que Deus te perdoe, eu não vou perdoar. Em momento algum se pôs no meu lugar. Já que tudo era mentira quando ela me dizia que ía pra Maresias Viajar com sua amiga me enganou



Amigo Cornudo: Você e ela numa cama, fazendo amor. De Ilha Bela a Salvador quantos lençóis ela sujou. Desprezou nós dois



Amigo da Onça: Amigo, quem mais sofre com tudo isso, sou eu

Amigo Cornudo: Qui traiçom

Amigo da Onça: Perdi um amigo por fantasma da tentação. Perdão...



Amigo cornudo: FUI