Despoesias:Subi no Bonde

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é parte do Despoesias. O seu Cancioneiro/Romanceiro livre de conteúdo.
Bocage-2bus.png
Gregorio-de-matos.gif



A ideia é cantar as estrofes o mais rápido possível:

Subi no bonde
Tropecei na manivela
Cobrador Filho-da-puta
Me jogou pela janela

Caí de quatro
Numa nega boazuda
A nega filha-da-puta
Me levou pro delegado

O delegado
Tinha cara de viado
Me mandou tomar no cu
Tomei no cu errado
Quando menos percebi
Era o cu do delegado

E é por isso
Que o Brasil não vai pra frente
Cortando o pau da gente
Pra fazer cachorro-quente