Desentrevistas:Dercy Gonçalves

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

Para podermos entrevistar uma das mulheres idosas mais polemica do país, dizemos que somos de uma revista bem popular e que faríamos uma auto biografia sem censura sobre a Dercy.

"Vamos começar logo essa porra de entrevista que tenho ainda uns compromissos"

Eu sou F#$%&

Bem, Dercy, conte-nos um pouco sobre a sua infância.[editar]

Minha infância foi muito difícil. Meus pais tiveram de lutar muito pra conseguirmos um pouco de comida, que, naquela época, era caro pra caralho! O cacete!

Que idade você tem?[editar]

Porra, se alguém aqui me chamar de múmia, caralho, eu dou uma bocetada!

Tu aldre hadia gerlosto ea frausca na eo fraunsco?[editar]

Ece, na trusca ico nefre gerlosi. Ico ece ero aus dosam cobam vis, vem findur mano edo ne handaus, aldre vantur giber pusa, ecene a sagerur das erur gronam. Gronam vis, sito! Grono ere asco, vis efre ere focto be sumo vino. Til bilo, mo sono!

Quantos filmes a senhora já fez, e qual, na sua opinião, foi o seu maior sucesso?[editar]

Acho que foi um que fiz com um faraó bonitinho, digo, com um homem, sei lá, não me lembro, porra, vá tomar no seu cu, caralho! Eu não preciso de filmografia, meu filho. Eu sou a própria filmografia.

Desculpe-me pela pergunta, mas por que a senhora fala tanto palavrão na mídia?[editar]

Palavrão? Que palavrão? Eu não falo palavrão, eu só falo a verdade. É só um modo de os brasileiros falarem que, só porque tem uma comparação com orgasmo ou partes do corpo, como boceta, é palavrão. Eles vão me censurar sempre. E o que mais me deixa puta da vida é que, aqui no Brasil, eles censuram tudo, até mesmo se você falar do seu cu. Todo mundo tem cu, mas falar cu é palavrão? Certo, caralho, então todo mundo é tapado embaixo? O que tem de errado com o meu cu, porra? O meu cu é bem limpinho se quer saber, meu filho. O cacete, viado! Eu tenho cu e boceta. Se achar ruim, foda-se!

E você assiste algum desenho, dona Dercy?[editar]

Dona é o caralho, merda! E é claro que assisto. Desenhos são ótimos, principalmente os Hentais, que são bons pra caralho, melhor que essas porras de desenhos americanos. Até a porra da Turma da Mônica é melhor que o Bob Esponja Calça Quadrada, que é terrível pra cacete. Americano é o caralho! Todo mundo que mora no cu da América é americano, porra!

Desculpe-me, dona Dercy, mas só falo dona por educação.[editar]

Mas que porra, esse moleque! Fale normalmente comigo, seu filho da puta! Vá tomar no seu cu, porra! Quer levar uma bocetada pra tomar jeito de homem, quer? Se quiser, eu dou. Eu lhe dou uma bocetada, caralho! Eu sou o cu da Dercy, porra, não me chame de dona.

Mas o que há de errado com os desenhos do Brasil?[editar]

Puta! Puta de pergunta. Qualquer adolescente retardado viciado em Internet sabe que todo desenho, principalmente os japoneses, são censurados no Brasil. Basta comprar um CD original e uma edição brasileira, comprar um dicionário e ter o saco de traduzir do japonês pro português. Aí, meu filho, você vai ver que eles falam bem mais palavrões do que eu falo, porra, e se comparar uma cena de luta, vai ver que falam mais palavrões do que numa cena de desenho adulto, além de cortarem as cenas de pura violência, ou quando uma moça mostra os peitinhos que são bem menores que os meus. Eu queria ouvir mais palavrões no Brasil. É por isso que não gosto dos desenhos daqui. Sou vivida, mas sou inteligente, porra. O meu avô era japonês, e ele chegou ao Brasil séculos antes daquele portuguesinho com quem tive um caso. Foi do meu avô japonês que herdei o meu dom de falar bem, merda.

Você tem alguma palavra final para a gente?[editar]

Tenho, mas são poucas. Basicamente eu gostaria de agradecer a vocês por quererem editar a minha vida sem censura. E para os demais, vivam como eu vivi, que, com certeza, chegarão aos 101 milhões de anos como eu cheguei, e quem não gosta do meu jeito de ser, que eles vão pra puta que os pariu, porra! Agora me dê licença, que eu tenho mais uma partida de Truco pra jogar com a Dona Morte.

Partida de Truco com a Morte? Você a conhece? Ela joga com você esse jogo?[editar]

E por que acha que consigo viver tanto assim, porra? Sou amiga dessa filha da puta!

Depois disto, ela foi jogar Truco com a Morte, valendo a sua alma. Dizem que ela perdeu a partida depois de ficar 100 milhões de anos invicta à Morte.

Cquote1.png Eu perdi a puta que pariu, CARALHO, Morte trapasseiro Filho da Puta! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre sua partida de Truco com a Morte

Ah, por favor, antes de ir, Dercy, vamos fazer antes uma brincadeirinha? Jogo rápido.[editar]

Que porra de brincadeirinha é essa? É uma orgia, seu filho da puta? Se for, já vou logo avisando que se você morrer de prazer com a mamãe aqui, a culpa não é minha!

Não! É só um um bate bola.[editar]

Então comece logo com esse caralho, que já perdi dois minutos dos meus anos de vida. Espero que eu não tenha de bater nas suas bolas. Se quiser, a gente faz um bate bola com os meus peitos e os seus ovos.

Tudo bem! Bate bola com Dercy![editar]

Um medo?[editar]

De perder o Silvio Santos, meu 14.528.954.144º filho.

Uma idiotice?[editar]

Programa da Xuxa. Aquele programa idiota daquela filha de uma puta branca escrava da senzala do satanás!

Um palavrão?[editar]

Eu não falo palavrão, porra!

Um amigo?[editar]

Noé! Sempre me lembro do dia em que o ajudei a construir a Arca!

Partes do seu corpo que você mais gosta?[editar]

A minha paçoca e os meus jenipapos, minhas áreas de lazer.

Algo mole?[editar]

Minhas tetas, seu filho da puta!

Festa que mais gostou?[editar]

O casamento de minha amiga Maria Leopoldina com Dom Pedro I, aquele gigolô aidético filho de uma puta macumbeira!

Uma paixão?[editar]

Alexandre, o Grande. Poucos souberam a real razão de chamarem-no de grande, e eu fui uma desses poucos. É verdade que ele era um pouco afeminado, até me ensinou algumas técnicas de como rejuvenescer a pele e de como andar como uma verdadeira rainha do Egito, mas às vezes ele tinha umas crises de virilidade, e foi numa dessas crises que tive a melhor noite da minha vida.

Como é um bate bola, suas respostas deveriam ser mais curtas, não é verdade?[editar]

Eu falo o tanto que eu quiser, seu vagabundo, escroto! A porra da boca é minha! Vai mandar na minha boceta também, caralho? Curto é o seu pau, aquele pinto menor que um passarinho!

Perdão, Dercy, eu só quis fazer uma observação, mas continuando a entrevista, o que você acha de ser tão zoada na Desciclopédia?[editar]

Acredito que esses filhos da puta todos querem me comer e tentam disfarçar me chamando de velha! Mas há também a hipótese de eles serem viadinhos drogados que me veem como a Lady Gaga do futuro, que, pra extravasar o despeito pelas minhas tetas juvenis e pela minha pele de pêssego fresco, escrevem um monte de merda ao meu respeito! Eu não sou velha! Velha é a puta que pariu!

Foi ótimo conversar com você, Dercy. A sua simpatia é impressionante.[editar]

Eu sei disso, seu viado! Eu também gostei da putaria, até gozei, ah ah!

Após a entrevista, Dercy vai ter um encontro com a Dona Morte no salão oval da sua amiga centenária: a Rainha Elizabeth II!