Desentrevistas:Fernando Henrique Cardoso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

FHC durante entrevista na Desciclopédia, no momento em que deixou escapar um peido...

Neste ano agitado, dias após a turbulência econômica mundial em que a crise americana afetou o mundo, com a véspera das eleições presidenciais e da véspera término do mandato do governo Lula. A Desciclopédia promoveu uma entrevista para discutir o rumo da economia brasileira, por isso convocou o ex-ditador do Brasil Fernando Henrique Cardoso, considerado um dos maiores intelectuais do país na década de 90 pela sua política Neo-Liberal, segundo à revista Veja, para debater os assuntos diversos que envolvem o cotidiano dos brasileiros (como se ele estivesse ligando pra isso, pois o velho só queria aparecer mesmo).

Primeiramente, gostaríamos de agradecer em nome da Desciclopédia por ter aceitado o convite para esta entrevista[editar]

Tudo bem, eu agradeço o convite, afinal a Desciclopédia é um exemplo do pleno exercício da democracia, juntamente com a imprensa do Brasil, que está trabalhando para promover a informação ao cidadão brasileiro, como a Globo e a Editora Abril que são canais para o exercício da cidadania, ao mostrar os erros da gestão Lula...

Mas o que pode ser atribuído então toda a babação de ovo dos jornais estrangeiros, como o Le Monde, The New York Times, entre outros?[editar]

Er... bem... Acho que devo conversar com o meu estagiário, pois aquele bastardo só me passou uma matéria em que o gringo disse que o Lula é um beberrão. Certamente fez isso para não me ver puto da vida com aquele bastardo analfabeto que vive fazendo merda, mas que acaba se dando bem, parecendo o Forrest Gump, quanto mais abre a boca para falar merda, maior é a sua popularidade... Mas vamos cortar este assunto e mudar de pauta, pois tenho mais de quatro faculdades, então diga algo que seja do meu domínio, pois agradar os pobres não é o melhor que tenho...

Como ditador o senhor realizou diversas privatizações de empresas estatais, oferecendo diversas estatais a preço de banana, em defesa da política Neo-liberal, onde é reduzida a participação do estado em prol da iniciativa privada, para a livre concorrência. Hoje vemos que muitas dessas empresas que eram públicas e tornaram-se privadas estão quebrando por conta desta política e pedindo socorro ao Estado, o que o senhor pensa desta situação em que o capitalismo se inverteu?[editar]

Veja bem, com a privatização temos maior oferta de concorrência, que resulta em redução nos preços ao consumidor...

Bom, não parece que isso se aplica à telecomunicação. Pois antes cada estado era responsável pela gestão regional das empresas de telefonia, e o monopólio governamental se limitava aos estados e a Embratel. Atualmente, anos após a privatização, as empresas privadas estão criando um monopólio privado, como a Telemar que comprou a Brasil Telecom e formou a Oi, além de realizar ofertas para comprar a Embratel e a Telefônica, além dos aumentos anuais nos custos de telefonia ao consumidor. Isso não seria pior? Um monopólio privado??[editar]

Repito o lema do encerramento do meu governo; Esqueçam tudo o que eu disse...

Como o senhor avalia o mandato do Bush?[editar]

Assim não pode. Assim não dá... Vocês tão me fazendo perguntas difíceis... Como vou julgar a ação dele, se a sua gestão foi muito parecido com a minha???

Em que aspecto foi parecido?[editar]

Ora... Todo mundo festejou o fim do mandato...

Na sua opinião, quem seria um forte candidato do PSDB para disputar as próximas eleições presidenciais?[editar]

Hum... Tem o mineiro safado do Aécio Neves, pelo menos é o tucano com o bico mais longe de encrencas e o que menos fez besteiras, mas infelizmente enfiou o rabinho entre as pernas. O José Serra deu um tiro no pé ao afirmar em cartório que iria terminar o governo de São Paulo nesse mandato, o picolé de xu... digo Geraldo Alckmin foi um fiasco nas últimas eleições, se bem que disputar com a Dilma será mais fácil, pois os dois são igualmente detestáveis pelos pobres e amados pela classe média...

Como você avalia o salário mínimo atualmente?[editar]

Bom, quando eu implantei o real, o brasileiro comia ovo, depois encerrei o meu mandato possibilitando que ele comesse frango. Hoje fico feliz em saber que o povo tem agora a possibilidade de comer carne moída com ensopadinho de batata graças a política econômica que eu desenvolví, e acho que o governo deve investir para que o povo possa comprar salame para acompanhar suas refeições...

Em declarações recentes na imprensa, você discursou favorável à legalização das drogas, dizendo que o poder público fracassou na luta pela repressão do tráfico. Qual foi o motivo para a tomada de uma decisão tão radical como esta, principalmente vindo de uma personalidade pública que reprimiu a exibição de um episódio dos Simpsons retratando o Brasil?[editar]

Pois é, desde que a Ruth (Cardoso) se foi (morreu), não tenho disposição para mais nada, nem com o remedinho do Pelé a coisa tem funcionado pro meu lado, então me indicaram umas ervas naturais, que me disseram que faria bem. E fez, pois me deixou mais relax para lidar com gente chata, como o Alckmin, o Serra. Enfim, eles deveriam experimentar também. Se o Serra usasse uma dessas, não teria polícia na USP, e aí nenhum estudante levaria quatro golpes nas costas, dizendo "bate-bate", por causa de gente estressadinha que não curte uma nice... Aliás, se eu tivesse provado antes, não teria ferrado tanto com os aposentados, aumentando o tempo de contribuição pra Previdência, pois eles só queriam ficar de boa, relaxando à beira mar, curtindo um Bob Marley na praia, com um troquinho sossegado...

E o escândalo com o José Roberto Arruda que faz parte do DEM, partido aliado do PSDB não mancha as pretensões do partido de ocupar novamente a presidência???[editar]

E desde quando o povo lembra das cagadas políticas? Quem é que lembra que foi ele quem fraudou o Painel do Senado na sua campanha eleitoral para governador do Distrito Federal? Ele não foi eleito mesmo com isso? Taí o Sarney que não me deixa mentir. O Brasil é como circo, sempre tem lugar pra mais um...

Coração de mãe, você quis dizer?![editar]

Não, é circo mesmo, pois o que não falta é palhaço mesmo. Agora se me dá licença, vou saindo pois tenho uma dúzia de palestras para apresentar esta semana em diversas UniEsquinas...

Dá para acreditar que tem gente que paga para ouvir o que falo? Viu só caro descíclope como você é um cidadão de sorte? Agora vou indo, senão meus próximos minutos lhe custarão bem caro. E vê se capricha em uma boa edição desta reportagem, igual fazem meus amiguinhos da Veja. Senão eu me recusarei a aparecer nas reportagens da Desciclopédia, como faço com a Carta Capital. Até mais...