Desentrevistas:Quico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

Batata desciclo sem texto.PNG
A Desciclopédia possui um artigo sobre Quico


Quico, posso te entrevistar?

Bem , andamos 9000 kms a pé , agora vamos entrevistar o garoto das buchechas de bulldog velho, o Quico, que estava brincando sozinho de bola. Toda essa caminhada dá fome e espero terminar isso logo para poder comer como um porco. Ao ele ter acabado de brincar com a sua bola, nós então começamos a entrevistá-lo.

Quico, posso falar com você?[editar]

Da parte de quem?

Eu sou um repórter[editar]

AAAAAAAAAAAAAAH TÁ.

Porquê você mora aqui?[editar]

Porquê minha mamãe ainda não arranjou um apartamento de mais categoria.

Quem é essa velha feia?[editar]

HAHAHAHAHA! Essa velha fei... , você não vai com a minha cara?

Desculpe-me, desculpe-me![editar]

Tá.

Quico, quem são os seus amigos aqui na vila?[editar]

Chaves, Chiquinha.

Quico, porquê tem muitos brinquedos?[editar]

Porquê se eu não tiver muitos brinquedos, quem vai invejá-los?

Por que você não gosta do Seu Madruga?[editar]

Porque minha mamãe disse para não me misturar com essa gentalha.

Do que que seu pai morreu?[editar]

De um colapso.

Mas ele não morreu no mar?[editar]

Então, de um colapso que levou de uma baleia.

Roooooooooooooooooooonnk (O estômago do entrevistador começa a roncar alto.)[editar]

O senhor está com fome?

Não, meu estômago está ensaiando uma canção[editar]

Deixe-me ver ele cantar, o que que custa, não seja malvado, deixa, siiiiim??

É claro que estou com fome, besta![editar]

Ahh! O senhor está com fome besta.

(Quico tira um sanduíche de presunto do bolso)

Você quer?

Muito obrigado, Quico![editar]

Compra! Uhahaaha!

(O entrevistador fica indignado e acaba deixando algo acontecer.)

Oh não, minhas calças cairam[editar]

Cquote1.png HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHA Cquote2.png
Quico rindo do repórter

Quico, você é um ser desprezível[editar]

Você vai ver, vou contar para a minha mamãe que você me chamou de desprezível!

Cquote1.png MAMÃE!! Cquote2.png
Quico gritando pela mamãe
Cquote1.png Que foi tesouro? Cquote2.png
Dona Florinda
Cquote1.png Ele me chamou de desprezível. Cquote2.png
Quico
Cquote1.png Ele vai ver só! Cquote2.png
Dona Florinda

(Dona Florinda entra na casa do Seu Madruga, dá uma bofetada nele... e o Quico o chama de gentalha.)

Cquote1.png Que injustiça! Cquote2.png
Repórter sobre essa cena
Cquote1.png Você acha?! Cquote2.png
Seu Madruga

(Dona Florinda e Quico saem da casa do Seu Madruga.)

Cquote1.png Quem é esse? Cquote2.png
Dona Florinda sobre Repórter
Cquote1.png Esse é um chato, que fica me chamando de desprezível. Cquote2.png
Quico sobre Repórter
Cquote1.png Então é você? Cquote2.png
Dona Florinda sobre Repórter
Cquote1.png ACÁCIAS-ALEMANHA! Cquote2.png
Repórter se queixando de dor ao levar uma bofetada da Dona Florinda
Cquote1.png Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha Cquote2.png
Dona Florinda
Cquote1.png Sim mamãe! Cquote2.png
Quico
Cquote1.png GENTALHA , GENTALHA , PURUUARA Cquote2.png
Quico sobre Repórter
Cquote1.png ACÁCIAS-ALEMANHA! Cquote2.png
Repórter pisando no chão de tanta raiva junto com o Seu Madruga
Cquote1.png Bem vindo ao clube, meu chapa. Cquote2.png
Seu Madruga
Cquote1.png E na próxima vez, vai ser desprezível com a sua avó! Cquote2.png
Dona Florinda

Esses malucos! Eu juro se vim alguém com mais uma pergunta idiota, eu me mato agorinha mes...[editar]

Chaves: Seu Predefinição:Repórter, você por acaso é desprezível com a sua vovó-zinha?

... Com licencinha que eu tenho que fazer uma coisinha.[editar]

Chaves: O banheiro público fica no outro lado do pátio.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH... (o desrepórter sai correndo aos berros)[editar]

Depois disso o nosso desreporter se joga no meio de um caminhão, ficando com os seus ossos praticamente mutilados. Ele está se recuperando bem na UTI, embora a melhor parte é que o nosso gravador não sofreu nenhum dano.