Deserto de Gobi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Deserto de Gobi é o nome de uma inóspita paisagem no interior da China esquecida pela humanidade, sendo o segundo maior deserto do mundo quase que do tamanho da Mongólia inteira. A palavra "gobi" em idioma mongol significa literalmente "deserto", ou seja, lá eles dizem "deserto de deserto", e depois ninguém entende porque os chamam de mongoloides. Possui uma área total de 320.001.622,5 acres, e foi descoberto por Marco Polo.

O Deserto de Gobi é muito visado pela paleontologia, pois seu terreno árido desprovido de oxigênio no ar e uma temperatura ambiente média de 0ºC preservou quase que intactos inúmeros fósseis de dinossauros famosos de Hollywood.

Geologia[editar]

O tedioso Deserto de Gobi

A vastidão do Deserto de Gobi pode ser dividido em três áreas de geologias distintas. Ao norte está uma grossa camada de permafrost que faz fronteira com a Sibéria, este terreno de solo composto de raspadinha de limão é responsável pelo surgimento das frentes frias que fazem nevar no Alasca permanentemente. No centro está um vasto deserto de terra e barro onde vivem os mongóis em suas tendas. E no Gobi chinês está o terreno feito de vasta areia fina e altas dunas feitas de Benzopireno e Ibuprofeno, compostos químicos que se inalados causam amarelidão na pele, encolhimento do pênis, achatamento dos olhos e demência ou retardo mental.

As vastas e altas dunas do Gobi geram grandes tempestades de areia que as vezes chegam até a América do Norte nos anos de muita ventania.

O Deserto de Gobi está se expandindo devido a um fenômeno reconhecido como desertificação, que ocorre quando as dunas do deserto esquentam e pulverizam as rochas e vegetação circundante, transformando tudo em novas dunas, e assim expandindo a área do deserto de Gobi até que no ano de 3500 a Ásia inteira será ocupada pelo Deserto de Gobi neste preocupante ritmo atual.

Clima[editar]

É um deserto frio, afetado pelas frentes frias que descem da Sibéria, e extremamente seco praticamente desprovido de oxigênio, o que explica a ausência absoluta de seres vivos em suas paisagens.

Ecossistema[editar]

Não existe plantas ou animais neste deserto esquecido, as vezes algum rebanho de camelos-bactrianos ou cavalos-de-przewalski perdidos, além é claro de mongóis que não possuem pulmõe, adaptados ao hostil clima do Gobi.