Deserto de Kalahari

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Deserto de Kalahari é o nome de um pedaço inóspito no meio do sul da África. Ninguém nunca vai ou foi lá, então é difícil obter alguma informação. E francamente, estamos falando de um deserto, e na África que é um continente difícil de ter coisas que prestem até nas regiões mais férteis, então não há realmente muito o que se falar que no Kalahari há apenas areia e arbustos baixos aqui e acolá. O nome "Kalahari" vem da Língua suaíli e significa "Lugar da Grande Sede", e não poderia haver nome mais apropriado.

Clima[editar]

Deserto do kalahari e alguns Arbustus Arbustus, vegetação típica.

O clima do Deserto de Kalahari é o clima desértico, óbvio, o que poucos sabem é a origem desse clima, que surge devido às águas aquecidas do Oceano Atlântico que são sugadas pela ionosfera gerada por um buraco na camada de ozônio. Este fenômeno surge pela quantidade massiva de peido de vaca na atmosfera terrestre, um dos primeiros passos do Apocalipse, ou que os cientistas denominam de "desertificação da Terra". A radiação ultravioleta do Sol que incide diretamente no terreno do Kalahari torna o seu solo estranhamente avermelhado, exatamente como o de Marte, planeta que sofreu o mesmo processo de desertificação.

O Kalahari é composto por areia vermelha que tem sabor de tempero-sachê dos miojos talharim de molho sugo (o que explica a presença de uma indústria da Nissin no Kalahari), estas areias são vulgarmente denominadas de terra batida ou areião vermelho, e simula os aspectos do terreno de Marte.

Aos dias as temperaturas chegam a 45ºC, enquanto de noite temperaturas abaixo de 0ºC geram geadas.

Ecossistema[editar]

A flora do Kalahari é composta por baobás, arbustos e plantinhas rasteiras. Quanto à fauna, existem apenas tocas de suricatas.