Design

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.png Quer ter uma profissão? Não faça essa merda de curso! Cquote2.png
Analista sobre Designer

Cquote1.png Só tem viado na sala!!! Cquote2.png
Aluno de Designer sobre Design

Cquote1.png No dia que me perguntarem se eu já fui numa festa gay, posso citar essa? Cquote2.png
Qualquer um numa sala de Design

Cquote1.png O designer de produto projeta e contrói a cadeira, o de ambientes a posiciona no local e o gráfico senta nela, não faz NADA, e mesmo assim ganha dinheiro que usa para pagar o designer de produto, que é quem fica com todo o lucro de todas as outras profissões; Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Tipos de designers

Cquote1.png Cara, vou fazer a limpa na sala! Cquote2.png
Típico aluno de Design aproveitando a falta de homens no curso

Cadeira, o principal símbolo do Design de Produto.

Design de Produto é pros cara que passaram o ensino médio inteiro desenhando carros no caderno, O Design Gráfico é pros Nerds que não gostam de programar, e o Design de Moda é aquela área destinada para os jovens mais, digamos, alegres, mas que não assumiram de vez, senão já seriam cabeleireiros de uma vez.

Tabela de conteúdo

[editar] O curso de Design

O curso foi criado para ser uma evolução do curso de Arquitetura, ou seja, é um curso sem a bixisse dos cálculos,das estruturas, sem instalações, ou seja sem aquele monte de merda inútil que normalmente é usada pra aumentar a duração dos cursos de engenharia.

O Designer cria os produtos necessários para garantir a sobrevivência das pessoas burras na sociedade moderna, por que se dependessemos dos Nerds os computadores ainda usariam DOS, e teriamos de digitar vários páginas de código ASCII para podermos ver uma única Mulher Peladona na tela do PC.

O curso é feito em quatro anos, sendo que poderia ser concluído em dois, mas demora tanto tempo porque as gurias iludidas do curso demoram muito tempo para aprender a usar as serras, martelos, facas, britadeiras e outros equipamentos necessários para a construção de um produto.

O curso se chama "design" porque ninguém compraria um carro que tivesse um bom "Desenho Industrial", ou seja, Design é um nome muito mais loko. Infelizmente, as turmas de design sempre estão cheias de moleques alienados que ficavam desenhando no caderno na escola e que acham que a profissão é basicamente desenhar;

Ferramenta de trabalho do Design visual e a criatividade de um aluno.

O início do curso tenta explicar o que é Design, mas dificilmente obtém sucesso, afinal ninguém sabe exatamente o que ele é. Embora algums céticos afirmem que a resposta seja 42. Para garatir que as aulas continuem, os professores geralmente usam o famoso método de argumentar de forma a que os alunos não consigam discordar de suas ideias.

As matérias de Filosofia e Psicologia estão na grade do começo do curso para causar danos permanentes nos cérebros dos alunos e permitir que eles criem aqueles produtos malucos que tudo mundo acha massa. Por sorte os mais notáveis efeitos acabam com os fim dessas aulas.

Algums métodos usados por professores de Filosofia para "libertar a mente" dos alunos.

  • A famosas fogueiras de maconha na Sala.
  • Festas regadas a muita cachaça
  • Chás com cogumelos coloridos
  • Algums tipos de ácidos que vem em pilúlas engraçadas

Logo ao final desta parte do curso vem lendária parte da escolha, os alunos que conseguirão permanecer vivos até o final do primeiro semestre recebem duas pilúlas. Uma Pilula Vermelha e uma Pilula Azul. Caso escolha a Pilula Azul o aluno é considerado fracassado e muitas vezes acaba em algum curso de Direito ou Engenharia. Caso escolha a Pilula Vermelha, logo após se recuperar da Rave regada a Psytrance que normalmente acontece depois, finalmente pode começar a criar os produtos bizarros que ganharão diversos prêmios e garantirão MILHÕES em royaltes logo depois que ele terminar o curso

[editar] A função social da profissão

Essa função não existe, designer é basicamente um sujeito que é contratado para deixar um carro, um celular ou uma roupa mais bonita para que assim, os marketeiros possam fazer uma boa propaganda do produto e enganar todo mundo, como se o produto fosse algo bom e de alta qualidade. Portanto, o design é uma profissão que serve essencialmente para ajudar a nos fazer desejar coisas muito bonitas das quais nós realmente não precisamos. No entanto, os arquitetos ops... designers frustrados e com peso na conciencia de servirem ao capitalismo, inventam que sua profissão tem a função social de tornar os produtos melhores e mais baratos para serem acessível à todos, portanto durante o curso inteiro estudam-se designs de carros de plástico, cadeiras de plástico, livros de material reciclado e etc... no entanto ao se formarem, todos sonham em fazer o design de uma ferrari, mas vão no máximo conseguir uns bicos em design de panfletos (coisa que as gráficas fazem melhor), sites (coisa que os programadores fazem melhor) e finalmente o grande talento de todo estudante de design (fora dormir e ficar sentado numa cadeira): ter uma bandinha de rock que faz mais pose do que toca, só toca em festivais independentes e lança só um CD demo em toda a carreira.

[editar] Os tipos de design

[editar] Web Design

Os programadores estudantes de ciências da computação se esqueceram de como segurar um lápis pois só usam teclado, assim foi preciso outra profissão que soubesse criar linhas e desenhos que não podem ser feitas no teclado, essa necessidade foi suprida pelos moleques que ficam brincando de desenhar no Corel Draw, tem uns 5 blogs, todos coloridos, fazem um monte de banners cheios de efeitos e ficam mostrando pros amigos e depois se formam em design.

[editar] Design de Produtos

Típico Designer de Produto, após ganhar um exemplar grátis de uma de suas criações.

Os Designers de Produtos são vadios por natureza, tanto é que o símbolo da profissão é uma Cadeira, e sua principal função é tornar a vida das pessoas tão fácil e preguiçosa quanto possível. Foram estes caras que inventaram os Sofás, o Controle Remoto, as Cadeiras de Praia, os Guarda-Sóis, os copos para Caipirinha, os biquinis fio-dental para as mulheres usarem enquanto você usa a cadeira, bebendo a caipirinha e usando os óculos que eles também inventaram para que elas não percebam que você está olhando, notou a tática de Marketing deles??

Além disso também inventaram as Camas, os jogos de videogame, os Carros (pra você poder ir até a praia sem fazer muito esforço), as banheiras de hidromassagem, entre outras coisas altamente vadias.

Os Designers de Produto provavelmente acabarão em profissões como Designer de Colchões (Que consiste em dormir todos os dia em um colchão diferente, tentando achar a maciez correta que permita comer alguma gostosa de forma eficiente e ao mesmo tempo seja bom pra dormir depois da foda).

Algums criam apenas 1 único produto a vida inteira e nunca mais trabalharam, pois ganham milhões em royaltes todos os meses.

[editar] Design Gráfico

O designer gráfico possui um conhecimento raríssimo e de suma importância para a humanidade: o entendimento sobre tudo relativo à papeis e papelões existentes no mundo. Graças a isso são capazes de encarecer livros com papeis e impressões esdruxulas e enrolar baseados que não desmancham.

Na verdade, apesar deste conhecimento de demasiada relevância da parte dos designers gráficos, pouco se salva pois essas bibas pessoas, entre os designers, são os que apresentam o menor QI (entre 10 e 20) e dizem que um desenho de boneco de palito em um quadrado com círculos é uma representação em forma de pictograma de um homem dirigindo um carro, ou seja, eles aprenderam a convencer as pessoas ao seu redor de que desenhar mal e não se esforçar para melhorar as cagadas que chamam de desenho é apenas uma forma mais simples de se transmitir uma mensagem.

O designer gráfico é encontrado em dois gêneros, sendo o designer gráfico feminino (normalmente seres que pareceram sair do inferno fugindo das asneiras que seu recente companheiro Clodovil anda falando por lá. Esses caracterizam-se por possuirem acne, bernos, bicheiras e outras coisas nojentas por todo o corpo, de pele extremamente pálida (onde é possível ver pele), poucos cabelos, como um conhecido personagem de Senhor Deu Os Anais, mas muitos pelos, principalmente em redor dos lábios e nas pernas, nariz no estilo Michael Jackson e por fim um óculos ridículo vermelho ou de outra cor esdruxula na cara. Já o designer gráfico masculino , embora ambos possuam vagina, no representante masculino há a presença de um pênis segurando espadas . subdesenvolvido. Esses seres oriundos do reino de Lúcifer em conjunto com a Lacraia têm as seguintes características: sub- nutridos, ou Somália Style, ou muito obesos, com cara de zumbis, pois passam cerca de 23 horas por dia desenhando bonecos de palito nos seus notebooks extremamente caros, a hora que resta serve para assistir animes e representam cerca de 60% dos otakus, 77.9% dos furries. A maioria gasta metade de seu tempo tentando fazer folders para qualquer coisa que encontram na frente, na esperença de algum dia vender seu serviço e acham que são superiores aos outros. Esta última afirmação só comprova que são autistas pois designers gráficos não têm a menor noção do que é o mundo real. Apenas vivem no second lixo.

[editar] Design de Interiores

Típico Designer de Moda, note como as roupas estão em harmonia.

Um nome enganador para "decoração", geralmente quando dizem o nome de sua formação a um leigo o Design de Interiores geralmente ouve: "interior de onde? do Acre?". É aqui que se escondem os arquitetos retardados e as gostosonas muito gostosas e muito ricas, mas que ainda assim adoram dinheiro e tudo o que é chique. São, em geral, arquitetos(as) formados(as) em faculdades "meia boca", onde não existem, de fato, vestibulares, mas "processos seletivos" isto é, a apresentação da declaração de imposto de renda do papai. Na verdade são vendedores(as) de sofás, tapetes, lustres, móveis e cortinas (de preferência da luxaflex). Ganham "over", isto é, propina, jabá, "comissão", suborno ou algo parecido. A "bíblia" é a revista Casa e Jardim.

[editar] Design de Animação e Jogos

Só tem nerds, otakus, e viciados em games, não tem gays, mas também não tem heteros,todos seres nerdsexuais. Vão passar a vida toda em frente ao pc, fazendo animações curtas.

[editar] Design de Moda

Também conhecido como curso de corte e costura. Nomalmente a "vocação" surge no final do ensino fundamental, quando o professor(a)(se é assim que podemos chama-los) de artes promove um concurso para vestir a boneca barbie. Algumas menininhas e menininhos retardados correm atrás de "restos" de tecidos e pedem para mamãe criar os modelitos.É pura viadagem!!! Durante o curso, aprendem "colagem", isto é, recortar e colar, história da moda - a disciplina mais dificil, pois tem que ler -, "criar" sadálias havaianas "custumizadas" (é melhor comprar dos camelos) etc. São em geral, "custureira" que não sabem "custurar" e muito menos fazer o molde(mesmo a vovó emprestando o kit do método Sigbol) pois é muito dificil; envolve, segundo elas(as) cálculos avançados (mal sabem a tabuada do 1). É também o curso da feinhas,das gordinhas,das vesguinhas, das remelentas, das fididinhas, etc. pois as "bunitinhas" sonham em ser um dia top models (a maioria "viram" garotas acompanhantes de "100 real" - é o cache). Terminam a vida como sacoleiras de roupas e calçados. Compram na rua Oriente e adjacências e as mais "chiques" em Miami (nos outlets) para vender, aceitando inclusive vale refeição.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas