A Divina Comédia - Inferno - Canto XV

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Inferno
Este deslivro pertence ao Inferno de Dante.


O Canto XV continua narrando o Terceiro Vale do Sétimo Círculo do Inferno, apesar de não passar de mais inúmeras páginas de papo furado com mais um conterrâneo de Dante.

Análise do Canto[editar]

Os boneco-palito - vv. 1-21

Dante e Virgílio chegam ao Vale dos fumegantes.

Dante continua sua trilha pelo terceiro vale, de um ponto ao qual a muito já se distanciou da floresta dos suicidas. E ao longo de um paredão de rochas avista uma multidão de almas de ardendo em chamas. E Dante instigado: "Mestre que a todas minhas dúvidas responde, o que é isto?", ao passo que Virgílio explica: "Nunca jogou Xiao-xiao? Você acha que todos aqueles que ficam a atirar um nos outros são imunes à Justiça Divina? Pois não são, e este é o Inferno dos "

Brunetto Latini - vv. 22-124

Dante é reconhecido por um dos que bradou "Ó prodígio!", e apesar de desfigurado na forma de um Dante reconheceu pela memória e não pela face Brunetto Latini, o seu mestre.

O que esses dois conversam com certeza não é do interesse de você nem de ninguém (pode pular essas páginas até o próximo capítulo).

Inferno
<<Canto XIV Canto XV Canto XVI>>




A Divina Comédia
Sumário - Prefácio - Índice
Inferno
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII - XXXIV

Purgatório
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII

Paraíso
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII