A Divina Comédia - Paraíso - Canto X

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Paraíso
Este deslivro pertence ao Paraíso de Dante.


O Canto X narra o Céu do Sol onde estão as almas dos nerds que se dedicaram à Igreja.

Análise do Canto[editar]

Ordem do Mundo - vv. 1-27

Dante inicia o conto imaginando o universo como uma matrioska gigantesca que dita toda a ordem das estrelas e planetas vistos no céu. E cada esfera emanando influxos celestiais para as esferas inferiores até chegar na Terra só a capa da farofa da centelha divina, o que explica metade da população ser de ateus e outros tipos de depressivos. Dante busca trazer esses infelizes para sua crença.

Ascensão - vv. 28-63

Dante foi o primeiro a mapear as estruturas do Sol.

Dante ascende ao Quarto Céu, ainda sob efeito das fortíssimas dorgas que consumiu no Jardim do Éden e por isso não se deu conta de como ali subira (ele na verdade não pensou numa idéia melhor que um elevador, e por isso despistou sobre como subiu de Céu).

Mais uma vez dedica um parágrafo inteiro para descrever Beatriz, a qual sente estar maior, talvez por causa do novo implante de silicone nos seios que no Paraíso era feito de graça. Além disso Dante também descreve os seus olhos de ridente brilho, demonstrando que ele ficava mesmo de pau duro toda hora que imaginava Beatriz em seus sonhos eróticos.

Almas dos doutos em teologia - vv. 64-81

Dante chegou ao Sol, sem queimar-se, é lá que estão os sábios da teologia, que passaram a vida tentando descobrir o sentido da vida, e como recompensa por terem se dedicado a uma vida sem respostas, Deus como recompensa dá para todas esses uma residência com churrasqueira no Sol.

Lá Dante encontrou vaga-lumes cantando Trololo song o que deixou Dante maravilhado.

São Tomás de Aquino - vv. 82-148

Um daqueles vaga-lumes começou a falar, e se apresentou: Ó raio da graça que a nossa humilde churrascaria vivo ainda vem, este ao meu lado é Alberto Magno, e eu sou aquele padre gordinho e careca Tomás de Aquino.

Tomás de Aquino aproveita e começa a apresentar os famosos que moram ali: Bob Marley, Jimi Hendrix, Mussum, Shakespeare e Rei Salomão.

Paraíso
<<Canto IX Canto X Canto XI>>




A Divina Comédia
Sumário - Prefácio - Índice
Inferno
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII - XXXIV

Purgatório
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII

Paraíso
I - II - III - IV - V - VI - VII - VIII - IX - X - XI - XII - XIII - XIV - XV - XVI - XVII - XVIII - XIX - XX - XXI - XXII - XXIII - XXIV - XXV - XXVI - XXVII - XXVIII - XXIX - XXX - XXXI - XXXII - XXXIII