Desnotícias:Bolsonaro diz que se eleito vai proibir a exibição de Mythbusters no Brasil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Com um cara usando chapéu de Che Guevara e o outro parecendo cosplay do Walter White, não é difícil achar que o programa é de esquerda.

JUIZ DÁ FORA, Brasil

Em meio à confusão causada pelo maluco que deu uma facada no meio do figo do capita frouxo, lá da cama de hospital que estava, Jair Bolsonaro informou que a partir de agora, caso eleito, vai banir a exibição do programa Mythbusters do Brasil. De acordo com o presidenciável, esse programa incita o discurso de ódio contra todos os mitos como ele, e só pode ser invenção de algum "comunista safado a fim de foder (sic) com a cara dele".

Cquote1.png Um programa desses é uma pouca vergonha, tem mais que tomar no rabo! É esse tipo de programa que faz pessoas agirem como o maluco que tentou me matar! Vou proibir essa pouca vergonha de passar no país. Os americanos que se virem pra lidar com a porra da liberdade de expressão de merda deles pra lá! Cquote2.png
Jair Bolsonaro sobre Mythbusters

Acredita-se que chegaram boatos para Bonoro que seu nome estaria na pauta do Mythbusters para desmistificar o "mito" que dizem que o mesmo seria.

Procurados pelo jornalista Johnny Ultrone da sucursal da Desnotícias nos EUA, Jamie Hyneman apenas disse "grandes bosta esse tal de Bolsonaro", que eles tão cagando pras eleições brasileiras, afinal negócio mesmo deles é dizer pro Donaldo Trompete "você está DEMITIDO!"; mas aí o Adam Savage disse "pensando bem, é uma baita pauta, vamos qualquer dia desses fazer um programa especial para mostrar um baita mito: a existência de eleitores INTELIGENTES do Bolsonaro".


Fontes[editar]