Desnotícias:Comitê Olímpico adota arremesso de calçados em políticos como nova modalidade esportiva

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Coisas que muitas pessoas gostariam de fazer.

STAMPOW!, Turquia - O Comitê Olímpico se reunirá nesta semana para decidir a viabilidade de colocar o "Arremesso de Calçados Contra Políticos - ACCP", como nova modalidade esportiva para as próximas Olim-piadas.

O presidente do Comitê afirma que esta modalidade esportiva, recentemente criada em uma tentativa de ataque contra o ex-presidente americano Bush, ganhou novos adeptos no Oriente Médio, da qual esta modalidade ganhou o carisma e simpatia em todo o mundo, além de novos praticantes. Também informou que esta é uma prática que pode ser desenvolvida amplamente no Brasil, por conta do excesso de políticos que o país detém, podendo, tornar-se tão popular quanto o futebol, basta apenas que o brasileiro deixe de ser um pé de chinelo, para aderir a esta modalidade esportiva amplamente democrática.

Os sindicalistas da CUT discordam dessa possibilidade, uma vez que os políticos são amplamente treinados para se esquivar de qualquer argumento ou apelo popular, por conta do fato de nenhum político ser atingido até então, além do fato de que isso demando por pontaria e prejuízo com a perda do calçado, demandando treino constante por conta dos imprestáveis que não acertaram decentemente o calçado, além de aumento na remuneração para reposição destes, aumentando a carga horária dos servidores, que é contra os princípios da organização que promove a vagabundagem. É o que informou o diretor da CUT ao nosso repórter Descíclope.


Fontes[editar]