Desnotícias:Conheça a 'sologamia', a nova tendência entre os "casais" deste século

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

SEU CHICO, Estaduzunido

Hoje em dia não está fácil arrumar um companheiro ou companheira para dividir o pouco que sobra no fim do mês. Os motivos são os mais variados, vai do cu doce das mulheres do século XXI, feminismo até a falta de bolas dos homens da geração millenials. Só que nem tudo é desespero e quem ainda não conseguiu seu ficante, não precisa mais recorrer ao Tumblr e aos álbuns da Lana Del Rey.

Bem, ao menos sabemos o que motivou a pedagoga ter aderido ao movimento.

Uma nova moda entre os mais solitários londrinos promete confortar os mais carentes de atenção. Se não isso, pelo menos dá uma justificativa para que possam continuar solteiros. Uma professora de Massachusetts, Ohio, criou uma filosofia em que o carente attwhora a vontade como qualquer casal no Facebook e com direito a casamento com papel passado e cerimônia na igreja, noite de núpcias, lua de mel, filhos, pagamento de pensão e o caralho aquático, mas tudo isso com um grande detalhe: o casal é formado por ela e a perseguida dela.

Segundo a professora, a filosofia visa estimular o auto-conhecimento, onde os adeptos ao invés de tocarem uma usando algum vídeo, tocam utilizando apenas aquela visão desgostante que tem do próprio instrumento. No caso dos homens, após o casamento a professora sugere que ainda seja feita a auto-felação como forma de praticar o auto-conhecimento. Com isso, a franciscana (que não é freira) diz aquelas piadinhas sobre solidão ou virgindade irão finalmente acabar, já que com uma certidão de casamento emitida em cartório a pessoa poderia justificar que na execução do ato masturbatório a pessoa transou consigo mesma e com isso perdeu a virgindade.

Para as mulheres, a doutora sugere apenas o aumento do buraco já que ainda não se tem conhecimento de alguma mulher que tenha conseguido praticar uma auto-siriricação.



Fontes[editar]