Desnotícias:Cursos de jornalismo das universidades federais irão criar a cadeira "Condensamento de Rabo"

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

BRASÍLIA AMARELA, Bananil

Cquote1.svg O senhor ganhou, tudo na bunda! Cquote2.svg
Costinha sobre jornalistas
Cquote1.svg Estou louco para ver os novos vídeos de creampie no Xvideos! Cquote2.svg
Punheteiro sobre a notícia

Professor dedicado se esforçando pra salvar uma aluna que se complicou na prova prática

A partir da segunda metade de 2021, as universidades federais brasileiras irão implementar na grade curricular dos cursos de jornalismo a cadeira de "Condensamento de Rabo". Por enquanto ainda está em análise se será apenas uma cadeira ou duas. A decisão foi tomada hoje, dia 27, por influência do presidente da república Jair Bolsonaro, que reclamou que os profissionais de imprensa do Brasil não tem formação adequada, estão todos precisando enfiar umas latas de leite condensado no cu.

O MEC ainda não deu muitos detalhes sobre a nova disciplina, um representante afirmou que os pormenores ficarão por conta de cada instituição. As despesas com o leite condensado ficarão por conta da União, que já se preparou gastando 15 milhões apenas em leite condensado no ano passado. Sabe-se apenas que será uma cadeira prática com algumas aulas teóricas usando o Goatse.cx. A UFRJ já se pronunciou dizendo que a primeira professora a lecionar a disciplina será a doutoranda em Relações Sexuais Experimentais Karina Veiga, com apoio da filósofa do cu, Marcia Tiburi. A USP já anunciou que fará uma parceria internacional com a especialista Hot Kinky Jo.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram