Desnotícias:Estudante com flatulência morre intoxicado por gás

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

O corpo do garoto foi encontrado em estado avançado de decomposição.

LONDRINA, Paraná - O estudante Peido Pedro Henrique Bittencourt, 13 anos, morreu ontem, em Londrina (PR), por inalação de monóxido de carbono enquanto dormia. A intoxicação, segundo os bombeiros, teria ocorrido devido ao hábito porco que o jovem mantinha de conservar o pum debaixo do cobertor para depois ficar cheirando.

Na noite fatal antes do acidente, a família Bittencourt consumiu várias iguarias durante o jantar: ostras estragadas, ovos podres, uma galinha de macumba, camarão empalado, repolho, chucrute, feijão azedo, empadinhas, coxinhas, churrasco grego, Mentos com Pepsi Diet, enxofre, nitroglicerina e pneus carecas.

A irmã dele, Natália Lopes Bittencourt, 22 anos, também teria sofrido intoxicação, mas não corre risco de morte. O cachorro da família foi encontrado morto. O gás não teria chegado até o quarto dos pais dos estudantes, que fica no pavimento superior do apartamento. O casal nada sofreu.

O ânus preto de Pedro foi coberto de cimento pelos bombeiros para evitar futuros acidentes. A prefeitura pretende aproveitar para mais tarde ligar um cano ao aquecedor, localizado na área de serviço, que ficaria ligado durante a noite para esquentar a água que circula internamente no apartamento.

Fontes