Desnotícias:Foi tarde: Elizabeth Taylor veste paletó de madeira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

LOS ANGELES, Grande Satã - A puta atriz Elizabeth Taylor bateu a cachuleta hoje, foi se encontrar com Deus, passou da hora de virar adubo. Enfim, morreu de problemas cardíacos em um hospital qualquer de Los Angeles com 69 anos (safadenha ela...).

Taí uma foto do "maracujá-de-gaveta", já que você nem sabe quem é mesmo. Dizem que foi muito famosa no tempo que o Dondóm jogava no Andaraí...

Diversas celebridades prestam homenagens em notas de falecimento aleatórias na mídia para se aparecerem, uma vez que ela não tem feito falta nas últimas décadas, dado ao fato de ter ficado feia, velha e gorda, como tantas outras colegas de profissão que não servem mais para "dar um caldo" sequer.

Sua carreira é marcada por inúmeros testes do sofá até conseguir algumas colocações no cinema, atuando em diversos papéis, mesmo sem ter formação para isso (como se precisasse). Ela também é lembrada pelas polêmicas envolvendo seus antigos relacionamentos com outras celebridades que fizeram história, como Nero, Calígula, Cristóvão Colombo, Pero Vaz de Caminha, Napoleão Bonaparte, Assis Chateaubriand e Roberto Marinho.

Assim como a mídia internacional e brasileira, a Desciclopédia faz a cobertura deste acontecimento simplesmente por falta de assunto, na expectativa do próximo avião da TAM ir pro chão com intensas labaredas e acompanhado de intensa movimentação do Corpo de Bombeiros.

Fatos Memoráveis sobre Elizabeth Taylor[editar]

  • Tamanha é a sua importância que nem mesmo tem um artigo biográfico na Desciclopédia;
  • Teve uma grandiosa carreira, assemelhando-se às Cordilheiras dos Andes, causando inveja no Fernandinho Beira-Mar;
  • Morreu feia, velha e fútil, como tantas outras madames que tiveram uma vida próspera graças a trouxas ricos.


Fontes[editar]