Desnotícias:Friboi lança frango Marisa Letícia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Goiâna, Brasil


Friboi lança frango Marisa Letícia[editar]

O rótulo vai conter a foto de Marisa Letícia

A JBS S.A, dona da marca Friboi, lança o frango Marisa, em homenagem ao falecimento da Dona de casa Marisa Letícia, mulher do Lula, vítima de um aneurisma cerebral provocado pela Operação Lava Jato no comando da equipe do juiz federal Sérgio Moro. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira, 7 de fevereiro de 2017, na sede da JBS numa coletiva de imprensa pelo presidente nacional do partido dos trabalhadores Rui Falcão, após uma reunião com a cúpula da JBS.

Estavam presente na coletiva os deputados Benedita da Silva, Luiza Erundina, Jandira Fighali e Jean Willis e os senadores Humberto Costa, Fátima Bezerra e Vanessa Grazziotin. Também estavam presentes, a ex-presidente Dilma Rousseff e líderes de movimentos sociais. Lula não compareceu a sede da JBS, estava em viagem a Havana, onde irá se encontra com o arquiteto cubano Júan Cabeza de las Busetas que construiu o mausoléu para abrigar as cinzas de Fidel Castro. “Estou muito feliz com a parceria entre o PT e JBS. O frango Marisa temperado não vai conter nem um tempero sofisticado ou ervas finas presente nas cozinhas “dos coxinhas”. O frango Marisa vai ser temperado com ingredientes presentes na cozinha do povo humilde como alho, cebola, coentro, colorau, pimenta no reino, pimenta de cheiro, vinagre de álcool e sal vindo em feiras livres de todo país”. Diz Rui Falcão com otimismo e dando detalhes do lançamento do produto.

Os frangos virão de criadores de assentamentos do MST de todo país e de pequenas granjas de São Bernardo do Campo, onde serão doados a JBS para o abate e comercialização. Os lucros das vendas serão de responsabilidade da ex-presidente Dilma Rousseff, deve ser destinado na construção do Instituto Marisa Letícia. Tudo indica que a construção do instituto vai ser no terreno onde seria construído o Instituto Lula, isso será definido quando Lula voltar de viagem com o arquiteto cubano que mostrará o projeto de construção de um mausoléu para transferir as cinzas de Dona Marisa. No fim da coletiva, uma professora do curso de ciências sociais da USP falou que tem provas que o juiz Sérgio Moro mandou assassinar Marisa Letícia. Com documentos em mão, a professora diz que Sérgio Moro infiltrou agentes da CIA no Hospital Sírio Libanês e injetou na veia dela uma substância contendo robôs microscópios teleguiado indo em direção ao cérebro de Dona Marisa para serem explodidos provocando assim rompimento da veia cerebral. O documento da professora foi entregue a Rui Falcão onde será anexo numa futura Comissão da Verdade.

O Frango Marisa, chegará nas gôndolas dos supermercados e mercadinhos no início de novembro na região Nordeste e demais regiões do país somente na segunda semana de dezembro. O preço sugerido pela JBS e PT para o frango temperado vai ser de r$ 32,99 (Trinta e dois reais e noventa e nove centavos) e para o frango tradicional com salmoura vai ser de r$ 23,99 (Vinte e três reais e noventa e nove centavos). A criação do slogan do produto foi feita e divulgada pela adolescente Ana Júlia Pires Ribeiro (a estudante filha de sindicalista que fez o discurso sobre a morte de um aluno em uma escola ocupada no Paraná), diz a seguinte frase: “Frango Marisa. No forno para natureza”. O representante comercial da marca, José Dirceu, disse que o frango Marisa fará uma promoção limitada. Na compra de um frango Marisa e com mais r$ 50,00 (cinquenta reais) pode levar para casa um jogo de panelas da Tramontina. A JBS pretende disputar mercado de frangos congelados com o grupo Sadia Perdigão, Batavo e UNILEVER.