Desnotícias:Futebol: Loiras Suecas Ninfomaníacas Bissexuais complicam a vida do Brasil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Ninguém foi de ninguém no gol brasileiro.
Imagina as acrobacias dela na cama!

BIELEFELD, Chucrutelândia - A Seleção Brasileira Feminina não passou de um empate de 1 × 1 com a Suécia, na segunda rodada do Mundial Sub-20 da Fifa, na Alemanha.

A seleção sueca, formada basicamente por loiras ninfomaníacas bissexuais, achou as brasileiras uns tesõesinhos e partiu com tudo para cima delas. Foram uns amassos aqui, uns beijinhos na boca ali, umas lambidas de grelo acolá, até que, aos 36 minutos de partida, Goransson obteve orgasmos múltiplos o tento das insaciáveis suecas.

Uma atração à parte foram as cambalhotas da lateral-esquerda Leah nos arremessos laterais. O público masculino presente no estádio de pronto se imaginou se ela seria capaz de outras acrobacias na cama.

Aos 8 minutos do segundo tempo, a goleira sueca partiu para um 69 com uma jogadora brasileira dentro da área. A arbitragem marcou pênalti. Rafaelle bateu e empatou a foda o jogo.

A partir daí até o final da partida, a coisa foi meio papai-e-mamãe, mas a torcida masculina não se importou: foi-se acabando na punheta em intenção a Leah e às suecas.

O Brasil está em terceiro no grupo B do Mundial Feminino Sub-20 da Fifa, apenas com o ponto conquistado nesse jogo. Antes disso, perdera para a Coreia do Norte por 1 × 0.

A seleção norte-coreana, que lidera o seu grupo, com 6 pontos, é formada por garotos castrados pessoalmente pelo ditador Kim Jong-Il, já que as mulheres norte-coreanas pouco saem de casa.



[editar] Fontes

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas