Desnotícias:Galícia confirma 5 mortes por gripe aviária

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Estado de um dos infectados dois dias após o vírus se espalhar pelo organismo

GALILÉIA, Galícia - Três homens frangos e duas galinhas morreram hoje em uma granja da Galícia ao comer uma ração infectada com o vírus L33T, que causa a gripe aviária. As cinco aves já estavam na UTI em estado grave, e não resistiram ao vírus.

O imperador do país, Frangolino I emitiu uma nota, falando que irá manter os infectados em quarentena até que a OMS liberasse a venda de frangos na Galícia.

Cientistas soviéticos que acompanhavam o quadro dos pacientes fizeram alguns testes, e perceberam que as células que eles chamam de "células n00b" não foram capazes de impedir a infecção do vírus L33T.

Mortes em série

Por ser um grande mercado galináceo, a Galícia já vinha sofrendo desde 2003 graves casos de gripe aviária, o que impactou na economia externa e interna, no que se diz respeito a exportação e mercado interno de carne de frango.

"Não vou comprar um frango que não sei se está infectado", disse uma senhora galinha.

Muitas famílias decidiram optar por codornas gigantes ao invés de frangos, que tem mais resistência ao vírus da gripe.

Fontes[editar]