Desnotícias:Governo Brasileiro passou a utilizar servidor da Desciclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Um dos corintianos que está vandalizando os sites do governo faz o sinal de "V" em referência ao Vegeta, informando que vai por pra quebrar tudo...
Administrador Malvado da Desciclopédia especialmente convocado para vigiar o sistema do Governo, utilizando o poderoso Daltony Antivirus.
Site do Ministério da Fazenda após intervenção e recuperação da página por um desciclope.
O mesmo processo de recuperação de página foi realizado no site da Receita Federal.

BRASÍLIA, Capital do Grande Bananal - Após recorrentes ataques de hackers aos sites oficiais do Governo Federal, como os domínios; gov.br ; fdp.gov.br ; corrupt.gov.br, que afetaram os sites da Receita Federal, Petrobrás, IBGE, Exército Brasileiro, Senado e Presidência da República, que tiveram suas páginas fora do ar por horas devido a estes ataques cibernéticos, promovidos pelos grupos Lulz­­Sec Brazil e Anony­­mous, fazendo com que os sites do Governo Federal dêm mais pau que a PM do Rio, saindo do ar o tempo todo, na qual a presidente(a) Dilma Rousseff determinou que os sites do Poder Público sejam hospedados no mesmo servidor que abriga a Desciclopédia.

Estes grupo de hackers também invadiram servidores da CIA e do FMI, anunciando e prometendo novas invasões em governos e entidades corruptas, como bancos, indústrias armamentistas, montadoras, ou seja, até o botequinho na esquina da sua casa e a vendinha da praça perto da sua residência não estão imunes às invasões dos seus respectivos sistemas, tendo em vista a impossibilidade de se encontrar uma entidade, empresa ou governo honesto. Sendo este o caso do Brasil que figura o Top Five dos governos corruptos que são alvos dos hackers internacionais.

A presidANTA Dilma diz que foi informada pelos Macacos Redatores e as sindicalistas semi-analfabetas que compõem o seu ministério, que abrigar os sites do Governo no servidor canadense é uma fria, como ocorre com a Desciclopédia que é fonte de informação para os discursos do ex-ditador Lula e ex-ministro da falta de cultura Gilberto Gil que vive saindo do ar, obrigando a ambos a improvisarem em suas falas na época em que estavam no governo.

Autoridades do Serpro afirmam que o Banco de Dados do Governo está intacto...

Autoridades do Serpro - Serve Pra Nada, entidade do governo que abriga o sistema de informática e o servidor do Governo Federal informa que não ouve perda de dados do banco de dados do governo, mas sim um congestionamento que tirou a página do ar. O diretor da instituição (o nome não interessa, pois é mais um apadrinhado do PT apenas) diz que o banco de dados está intacto, sendo possível sentar, deitar e até instalar numa praça o banco de dados, pois este permanece seguro para dar suporte ao governo, seja a Dilma, Sarney ou o Palocci, cabendo até mesmo os três juntos.

Como medida de segurança, o governo irá abrigar os sites oficiais nos servidores da Desciclopédia, e irá contar com os recursos inovadores de suporte deste sistema, como os Mafagafos no rastreamento, detecção e eliminação de ataques dos hackers, além do apoio técnico e intelectual dos Administradores Malvados que darão suporte e apoio nas operações do site do governo, consistindo em uma equipe composta por mais de 20 pirralhos de prédio que contarão com a estrutura de um tamagotchi, trinta unidades de trakinas e toddynho, orçados na cifra de R$5.000.000,00 em uma licitação de emergência, para dar suporte 24 horas ao servidor.

Consequências dos Cyberataques[editar]

Dilma escandalizada com os cyberataques que o governo sofreu nos últimos dias...

Os ataques ao site da Petrobrás foram em protesto contra o preço da gasolina, e o do Senado em protesto contra a votação do Governo para manter eternamente o sigilo de documentos secretos do Governo, mesmo se tratando de documentos com mais de um século de existência, como a Guerra do Paraguai, tendo em vista que o Sarney já tava no governo antes deste acontecimento, e tende a permanecer eternamente, tendo em vista que ele é Imortal e não larga o osso tão cedo.

Os sites invadidos, apresentaram informações confidenciais do Governo, principalmente sobre as figuras da Dilma Rousseff e de Kassab, com imagens e documentos retratando o homossexualismo de ambos. A presidANTA em uma foto com um escandaloso beijo com sua assessora da Casa Civil Gleisi Hoffmann, e do prefeito de São Paulo com sua fantasia de Zorro que mais parece a Tiazinha com 120 anos, no club gay Cerejinha Saltitante, no ano retrasado, junto com três gogo-boys musculosos.

O site do IBGE também foi retirado do ar com a mesma alegação, de que não serve pra nada, além de gastar dinheiro público com formulários debilóides para saber quantas tvs, geladeiras e microondas cada brasileiro tem, ao invés de investir em alguma coisa verdadeiramente útil, como cachaça, jogos e putas.

Após os ataques os sites do Governo voltaram a operar normalmente, como mostra esta página do IBGE no auge do seu funcionamento.


Fontes[editar]