Desnotícias:Hermanos vencem Niggéria nos últimos minutos e quase é eliminada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

FIFA WORLD CUP 2018.png Esta desnotícia é parte do projeto DesCopa Russia. Na Rússia, a Copa se informa sobre VOCÊ!

SANTO PEDRAHAMBURGUER, Mother Russifucker -

Nessa terça-feira, Los Hermanos enfrentaram os negros maravilhosos da Niggeria pela última rodada do Grupo C da FUSCA Uorldi Cop 2018. Uma vitória argentina garantiria a classificação dos sul-americanos, já que era mais que óbvio que Islândia não venceria Croácia no outro jogo, enquanto o empate ou a derrota classificaria a Nigéria. O destaque da partida foi que pela primeira vez nessa copa Messi deixou de ser ruim e marcou o seu primeiro gol sem precisar da ajuda de ninguém.

Primeiro tempo[editar]

Após o gol argentino, Maradona resolveu mandar uma mensagem de consolo aos jogadores, ao ex-treinador no banco de reserva e a todos os argentinos nas cadeiras abaixo dele.

O jogo começou com Messi e sua trupe partindo pra cima da Nigéria, buscando a classificação para evitar um vexame e zoação pelos próximos 4 anos. Os Niggas, que já são zoados o ano inteiro pelo Boko Haram, entraram mais relaxados e sem tanta pressão assim.

Todavia,a costumados a servirem de freguês para a Argentina, a Nigéria logo viu, aos 14 minutos, Ninguém Meressi marcar seu primeiro gol na copa após sua característica corridinha da metade do campo pra receber a bola na entrada da área e chutar no canto esquerdo do goleiro.

A Argentina continuou atacando, mas a Niggeria conseguia aguentar a pressão, parecia estar jogando apenas para não perder de goleada. Messi e cia., por sua vez, também continuavam tentando na base do "bora nessa!", sem inteligência, sem formação tática, sem nada, só apostando tudo na qualidade individual de cada jogador, de modo que faziam rodízios entre Di Maria, Higuain e Messi, que tentavam driblar todo time adversário, cada um em sua vez, antes de perderem a bola. Até mais parecia que os argentinos estavam é praticando tiro ao alvo nos zagueiros do que no gol.

Segundo tempo[editar]

Depois do intervalo, mais pressão argentina. Mas dessa vez os Niggas atacaram mais, bem mais. Tanto é que nem demorou muito até Javier Mascherano meter um pau (ui!) no jogador da Niggeria dentro da área. O juiz não viu, mas os negões insistiram no VAR, e o juiz acabou dando o pênalti. Muitos, incluindo Maradona, que estava vendo o jogo no camarote, achavam que o jogador iria perder, mas se enganaram. A Niggaria marcou o gol (parece que time pequeno só faz gol em time grande com a ajuda do VAR) e os torcedores ficaram mais felizes ainda depois que a Islândia empatou o jogo contra a Croáskia.

Depois do gol, foi pressão pura da Argentina pra cima da Nigeria. Messi tentou 1, 2, 3, 4, 5 vezes, mas o nanico só parava no meio da zaga, tadinho. Como tá virando modinha agora na copa deixar tudo pra última hora, os Hermanos marcaram o gol nos últimos minutos, à la Brasil e Alemanha. Nem adiantou pedir VAR, pois o gol foi estadual, legal e bonito, feito pelo jogador mais improvável, um tal de Meza, que entrou no lugar do Di Maria e passou o segundo tempo itneiro só dando caneladas na bola, para se consagrar só no final da partida. Logo depois do gol, a Croácia marcou o dela, dando adeus às chances da Nigeria de se classificar. E pronto! Hermanos 2x1 Niggas, com direito a Maradona dando o dedo do meio pra torcida e comemorando no camarote.


Fontes[editar]