Desnotícias:Lady GaGa ataca criança indefesa durante o 53º Grammy Awards

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Lady GaGa, linda como sempre, possuída pelo espírito de Pedo Bear

LOS ANGELES, Estados Unidos da América

Mais uma notícia quentinha e totalmente excelente diretamente do Grammy Awards 2011! Entre apresentações bizarras, falidas e frustrantes, lá estava Lady GaGa. Nem o tombo de Christina Aguilera ou a decepção de Justin Bimba ao perder para uma imigrante ilegal da qual nunca ouviu-se falar foram alvos de tanta atenção quanto o bafão da diva dos sadomasoquistas, estranhos e maçons! O flagra - que nem foi tão flagra assim - aconteceu durante toda a premiaçao na qual Lady Dada GaGa passou a maior parte do tempo sentada querendo levar mais premios que a bandinha country que arrebentou. Ela ficou sentada em sua cadeirinha de carne e pelúcia enquanto afagava uma pobre e inocente criatura afrodescendente perante os flashes. A vítima foi Willow Smith (filha de Will Smith) que foi fotografada com a titia esquelética várias vezes trocando carícias um tanto quanto bizarras, no mínimo.
Há indícios de que as duas só se afagaram perante rede mundial por dois motivos: primeiramente, Stephany Pedo Bear GaGa queria mais um motivo para abalar o mundo das fofocas inúteis que cercam os artistas e claro, por fim, Willow - a herdeira de Will Smith que até então pouco ouvia-se sobre - queria entrar pro mundo pop no mais alto estilo.
O Juizado de Menores e o Conselho Tutelar já estão iniciando processos contra a família Smith para pedir a guarda das crianças.
Cquote1.png Onde já se viu? Que falta de zelo deixar a filha na mão do demonho! Cquote2.png
Pastora Matilda, promotora responsável pelo Conselho Tutetal de Los Angeles
Os pais se manifestaram alegando que a garota fugiu e se camuflou no vestido preto (da foto) da cantora, ficando quase imperceptível a olho nu. Lady GaGa deveria ser presa por abuso, mas alegou ser tão inocente quando a Xuxa e o Michael Jackson.


Fontes[editar]