Desnotícias:Mulher americana é presa após agredir um policial com um vibrador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

A arma do crime

GURNEE, Estados Unidos - Uma mulher drogada estava no meio de uma siririca por falta de homem, e quando menos se espera a polícia invade a casa dela, pois ela não pagou a conta do restaurante popular da cidade.

A volor do restaurante era apenas 1 dólar, mais ela gastou o dinheiro com seu brinquedinho sexual comprado de segunda mão.

Como ela era muito feia e o marido se separou dela, pois ele já estava cansado de ter que comer aquilo toda noite, ela ficou depressiva pois nem os garotos de programa queriam algo com ela.

A autora do crime

Com isso ela começou a viver de G Magazine e vibradores, que acabavam com o pouco dinheiro dela, fazendo ela não pagar a conta do estabelecimento e sair de fininho para a casa dela.

Como os funcinários do estabelecimento não eram burros pediram á polícia, para seguir a mulher. A mulher logo que chegou em casa começou a bater uma siririca pensando naquele menino da revista.

No meio do clímax os políciais invadem a casa dela e mandam ela ficar parada, mais como ela estava bem drogada, ela saiu correndo pelada pelas ruas da cidade com um brinquedinho na mão, os policiais barram ela e ela pega seu vibrador e dá varios no golpes no policial que adorou que machucou o polícial (o vibrador era muito "duro").

Ela foi capturada e presa, agora ela deve estar numa batendo uma siririca na prisão, pensando no policial.


Fontes[editar]