Desnotícias:Noruega compra Amazônia por US$ 1 bilhão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

OSLO, Noruega -

Os noruegueses já hastearam sua bandeira na floresta.

O segundo primeiro ministro norueguês, que Jens Stoltenberg, deve chegar ao Brasil ainda nessa semana, onde acertará os detalhes com o presidente Lula Molusco sobre o acordo feito entre Noruega e Brasil, que define a compra de toda a floresta equatorial da Amazônia realizada pelo país da Escandinávia.

Isso mesmo, finalmente os gringos conseguiram comprar a Amazônia! O valor definido para a compra foi de US$ 1 bilhão, ou 1 bilhão de dólares noruegueses. Grande parte do dinheiro será depositado no Fundo Amazônia, instituição criada pelo governo brasileiro com o objetivo de arrecadar fundos para a compra da selva.

Outra parte do dinheiro (aproximadamente 200 milhões de dólares) irá para o bolso dos políticos. O que restou será investido pelos partidos no Horário Eleitoral Gratuito. A Noruega ganhou o leilão, que envolvia mais de 23 países, entre eles Estados Desunidos, Finlândia, Inglaterra, Cazaquistão, Bósnia-Herzegovina e Canadá.

Durante seu pronunciamento, o ministro norueguês garantiu que a aquisição da Amazônia é muito importante para seu país, pois além de servir como colônia de férias para os noruegueses que não agüentam mais viver no frio, a compra garante as reservas de água para o futuro da Noruega, e ainda permite grandes investimentos na área da biopirataria. No ano que vem, a Noruega pretende comprar a Floresta Equatorial do do Congo por US$ 5, uma pechincha, mas uma fortuna para os africanos.

Os escandinavos descendentes dos vikings pretendem fazer investimentos na Amazônia nas áreas de desmatamento, na criação de hotéis na selva para atraírem gringos e na construção de um santuário para o Deus Metal no meio do Rio Amazonas. Aproveitando a compra da Amazônia, a Noruega comentou que deseja também comprar o petróleo da camada pré-sal e dominar a exploração do óleo.

O presidente Lula, no momento embriagado, concordou em vender a camada subterrânea para empresas norueguesas. Ainda falta definir o valor da compra e fazer um acordo com outros países estrangeiros, igualmente interessados no petróleo.

Fontes[editar]