Desnotícias:Prefeito de Itajaí quer enfiar coisas no seu ânus para curar a COVID-19

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Asclepius.png Saúde

Seja bem vindo(a) ao caderno de saúde do Desnotícias.
Atchim!

ITAJAÍ, Hangistão

Céticos sobre o novo tratamento alegam que além de aumentar o seu buraco, extrair o ozônio da terra aumentará o buraco na camada de ozônio

Depois do sucesso das feministas pau no cu fazendo campanha de Sexo Anal contra O Capital, o passivo do Luciano Hang e atual prefeito da capital do Hangistão, cansado de só tomar no rabo, resolveu não deixar por menos e resolveu testar mais uma daquelas teses escabrosas que faria até mesmo o Olavo de Carvalho se corar de vergonha, ao testar uma nova panaceia contra o Coronavírus que seria enfiar um câncer no cu, digo, enfiar uma camada de ozônio dentro de seu próprio cu.

Pode até parecer mais uma daquelas abobrinhas sem sentido que podemos encontrar na Wikipédia, mas é a mais pura verdade: O prefeito de Itajaí, capital do Hangistão, que para alguns se situaria no interior do Rio de Janeiro, quer testar um novo tratamento para a Covid-19, que consiste em injetar ozônio no seu próprio ânus.

A ideia do prefeito (que é médico, a propósito) é que o ozônio, sendo tóxico, mate o vírus (e talvez a pessoa infectada junto), sendo que caso o ozônio sozinho não cause este efeito, é importante lembrar que o ozônio é bastante oxidante, o que fará a agulha enferrujar. Assim, talvez o tétano mate o vírus (e talvez a pessoa infectada junto).

Tal ideia ao ser aventada na mídia internacional correu o mundo, sendo que a Greta Thunberg foi uma das primeiras a se opor a tal tratamento, pois além de ser ridículo e vexatório ainda destruiria o pouco que resta da camada de ozônio que cobre o planeta, o que seria a morte para o cu do macaco-prego com hemorroida, coisa de enorme preocupação pra ela, como típica ecochata que é com questões de natureza.

Os religiosos também se opuseram, por acreditar que enfiar coisas no orificio anal poderia levar as pessoas para o inferno, onde teriam de lidar com torturas terríveis, tais como suportar as feministas pau no cu tipo a Lola Aronovich enchendo o saco por toda a eternidade.

A ONU já demonstrou interesse no novo tratamento, que vale lembrar, é 100% HUE BR, mas preocupada com os custos, anda pensando na possibilidade de testar algo mais útil e seguro pra saúde dos animais que habitam o mundo e que não tem noção do perigo que isso representaria.

Fontes[editar]


Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram