Desnotícias:Pudim.com.br compra a Desciclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Doutor Roberto em seu escritório durante a assinatura do contrato: Cquote1.png Eu gosto de pudim de batata Cquote2.png
O fechamento do negócio foi destaque nos principais jornais de economia e finanças

São Paulo, Brasil -

1º de Abril de 2008

No que é tido por economistas e especialistas de mercado como o maior negócio de internet do século, o megaportal de informações Pudim.com.br comprou 90% das ações da mundialmente renomada Desciclopédia, junto dos outros projetos mantidos pela Fundação Desciclomídia.

O negócio que segundo especialistas chegou a casa dos 300 trilhões de dolares garantiu ao Pudim.com.br a sua posição como o site de maior renome e destaque da Internet, além de ter causado a quebra das Bolsas de valores de Tóquio, Frankfurt e da já debilitada Nasdaq.

De acordo com fontes dentro da Fundação Desciclomídia, o negócio do século, que originalmente sofria dificuldades em ser realizado, dado o alto montante de capital envolvido, pode ser concretizado após a oferta irrecusável feita pelo megaporal Pudim.com.br de que o pagamento fosse realizado em Pudins a serem divididos entre os acionistas da Fundação Desciclomídia.

As opiniões sobre as possíveis consequencias do négocio citado variaram bastante de acordo com os entrevistados. De acordo com o multi-milionário empresário do setor de informática e dono da Microsoft Bill Gates, "a compra da Desciclopédia pelo Pudim.com.br se caracteriza numa tentativa de controle de mercado monopolista", a qual "pode prejudicar muito os usuários do Windows Vista e do Internet Explorer". O presidente da Google.Inc Sergey Brin também manifestou sua preocupação afirmando que "O novo portal Pudimpédia é uma ameaça grave a hegemonia do Google e aos nossos planos de dominação mundial e está em primeiro lugar nas preocupações de nossa empresa".

Já alguns usuários da Pudimpédia manifestam otimismo com o novo portal: "Creio que navegar na Desciclopédia Pudimpédia se tornará muito mais saboroso agora que a aquisição forçada nova parceria da Desciclopédia com o Pudim.com.br foi estabelecida". Há relatos no entanto de que alguns usuários que discordaram da mudança estejam sendo censurados pelos novos proprietários, os quais recentemente adotaram praticas de contenção de vandalismo como mergulhar vandalos em calda de caramelo fervente.

De qualquer forma, resta ao usuário apenas esperar para ver se a mudança realmente trará os beneficios de uma navegação saborosa e com bastante leite condensado ou se os temores do mercado irão se concretizar.

Fontes