Desnotícias:Teori Zavascki imita Eduardo Campos e morre após sabotagem de seu avião

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Atenção: leia este artigo com bom humor

A Desciclopédia é um site de humor, não venha nos dizer que pegamos pesado.
Se você é fã dos pirralhos paraplégicos do Teleton visite outro artigo.

Por quê na África não tem vidente? Porque preto não tem futuro.


Paraty, Brasil - Morreu de morte matada por sabotagem de avião, na tarde de 19 de janeiro de 2017, o ministro do STF (Sempre Te Ferrando) Teori Zavascki. A pedido do Atlético Nacional, a Conmebol estuda poder entregar o título da Copa Sul-Americana para o ex-ministro.

Destroços do avião com os sinais claros de sabotagem em sua fuselagem.

Segundo seu filho, o jatinho super humilde do ex-ministro caiu na cidade de Paraty (não é carro, seu animal). O ministro tinha 68 anos e não pode ter alegria de fazer um 69. Faleceu também uma massagista gatinha, a sua mãe e ex-sogra de alguém sortudo, um cara qualquer e o piloto.

Vários políticos presos comemoraram secretamente, e alguns soltos também. Outros políticos lamentaram só para fazerem uma social. Agora vários políticos irão roubar mais ainda, e outros perderão seu medo de roubar, e o Brasil nada.

Ao invés de lamentar a morte de Teori, os interesses são sobre quem será seu substituto na relatoria da Operação Lava Jato, e como as leis do Brasil são basicamente baseadas no Samba do Crioulo Doido, cada jurista tem suas próprias ideias retiradas de seus respectivos orifícios anais (tirado do cu) sobre quem deve substituir Teori, então aquele que for mais manipulador e tiver as costas mais quentes, vai conseguir eleger esse substituto.

Os mesmos investigadores que encobriram o assassinato do ex-candidato a presidente da república Eduardo Campos foram chamados às pressas para assumir a investigação e encobrir qualquer rastro de sabotagem do avião de Teori.

Zavascki ainda não se pronunciou sobre o assunto.


Fontes[editar]