Desnotícias:Uruguaios mandam os árabes e suas bombas de volta para casa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

FIFA WORLD CUP 2018.png Esta desnotícia é parte do projeto DesCopa Russia. Na Rússia, a Copa se informa sobre VOCÊ!

ROSTO DO DON, Rússia - Arena Rosquinha

Uruguai e Arábia Saudita fizeram o jogo mais previsível dessa Copa. Qualquer um sabia que os sul-americanos venceriam esse jogo, mas o que não foi previsível é que o Uruguai fosse ter tantas dificuldades nele. O Uruguai veio com a tática mais adequada para vencer os sauditas, que é comparecer. Uma vez chegando ao jogo no horário e no estádio, você já fez o bastante para vencer a Arábia Saudita. Melhor ainda se levar um esquadrão de desarme. Os sauditas, por sua vez, impossibilitados de fazerem guerra ou subornarem adversários com petrodólares, tinham como única opção tentar aprender a jogar futebol durante o jogo.

Com a vitória, a seleção uruguaia torna-se a segunda seleção ruim a classificar-se para as oitavas-de-final da Copa do Mundo, junto com a Rússia.

Primeiro tempo[editar]

Temendo uma daquelas punições da FIFA, Suárez teve que se contentar em morder apenas a si próprio.

O primeiro lance perigoso ocorre logo aos 6 minutos, quando foi marcada uma falta para a Arábia Saudita. Caso o gol saísse, seria a maior zebra da Copa, mas é claro que Al-Burayk não soube o que fazer e a bola explodiu na barreira uruguaia.

Foi a partir daí que o Uruguai se impôs, ao invés de só ficar sendo favorito; afinal, precisava fazer um gol para vencer. E assim Cavani errou chances, Suárez errou outras, mas era só questão de tempo até Uruguai fazer gol.

Aos 22 minutos e sem poder morder algum jogador, Suárez decide se utilizar de outro método ardiloso para desestabilizar emocionalmente um adversário. Antes da batida de um escanteio, ele fala para o goleiro árabe que tem gente roubando o petróleo deles, e assim o goleiro Al-Owais sai todo atabalhoado longe de antecipar a bola. Daí Suárez ficou livre para fazer o gol com o pé (para se ter noção da facilidade que estava sendo).

Depois disso, o Uruguai se poupou antecipadamente para as oitavas-de-final, parando de jogar e sabendo que não havia chances de sofrer gols para uma Arábia tão ruim.

Segundo tempo[editar]

Para o segundo tempo, os sauditas voltaram para o jogo dispostos a não tomarem uma goleada, e os uruguaios voltaram dispostos a não golear. Assim foram 45 minutos do mais completo jogo-treino, onde absolutamente nada aconteceu.


Fontes[editar]