Dhomini Ferreira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Doriapinga.jpg Este artigo é sobre uma subcelebridade

e ganhou um Jogo da Vida no Bom Dia & Cia.

Cuidado: Dhomini Ferreira pode cobrar cachê por ler este artigo.
Casal Caipira do BBB3: Sabrina Sato e Dhomini.

André Augusto Ferreira Fontes (1970-2006), mais conhecido como Dhomini (seu nome de quando era go-go boy), foi um imbecil brasileiro. Era participante do Big Bunda Brasil. Nesse "programa de televisão" (que faz companhia às velhinas deprimentes que como Dercy Gonçalves esperam a morte ansiosamente), ganhou fama por ter protagonizado cenas quentes com Kleber Bambam, sendo o primeiro casal gay do mundo com menos de um ponto de QI. Descobriu-se depois que era bi já que comeu a Sabrina Sado Masoquista, hoje a japonesa loira do Pânico na TV. Depois, descobriu-se que continuava gay, uma vez que foi comprovado que Masoquista era um travesti.

Assim como todos que passaram pelo programa, hoje ninguém mais sabe quem ele é. Tentou recuperar a fama se candidatando a deputado por Goiás - seguindo os passos de seu ídolo, o Clodovil (graças ao bom Jesus Negão não foi eleito!) - e, depois, formando uma dupla sertaneja, seguindo o grande exemplo de seus colegas goianos Zezé Di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo. Só que não deu certo não, uma vez que descobriu-se que era, na verdade, mineiro.

Em Big Brother Brasil 13[editar]

Dhomini então foi convidado para o barraco da décima terceira temporada do BBB13, de por lá ele se faz de garanhão como sempre para ver se leva o prêmio de novo, mesmo que tenha que arrancar a todos os dentes do cachorro da casa a machadadas para isso.

Mas por fim, ele foi eliminado no programa e vai levar processo na polícia por ter feito mentiras de mal gosto no programa, ou não.