Batalha da Normandia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Dia D)
Ir para: navegação, pesquisa

Batalha da Normandia foi toda a pancadaria que se sucedeu após a chegada das tropas Rebeldes no Dia D para tomar a França para os Estados Unidos. Foi uma batalha travada sob o nome de Operação Sithlord, realizada em 1944 que confrontou as forças alemãs nazistas que ocupavam a Europa Ocidental, liderada pelo marechal Feld-Gerd Von Passo-de-Ganso e as forças aliadas invasores, liderados por Eisenhower, Montgomery e Yoda, como parte do maior conflito da Segunda Guerra Mundial. A batalha foi a grande virada dos Aliados na Segunda Guerra Mundial pois os alemães não esperavam pela Inquisição Espanhola que vinha pelo sul com, seus soldados britânicos disfarçados de inquisidores espanhóis com seus métodos de tortura medievais e anti-humanos.

Antecedentes[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Desembarques da Normandia

Os desembarques de trilhões de soldados na Normandia foi um ataque furioso e final, mesmo que suicida, conforme os lords de guerra Eisenhower, era uma atitude necessária. As principais forças aliadas vieram do mar através de blindados anfíbios, mas alguns soldados optaram por nadar o Canal da Mancha como aquecimento.

A invasão da Normandia começou com o ataque aliado: bombardeios aéreos durante a noite, um bombardeio de cada restaurante francês dentro do alcance dos bombardeiros aliados, e uma manhã de assalto anfíbio com início em 6 de junho, o "Dia D" quando todos ainda estavam de ressaca. A invasão britânica começou com algumas rodadas de panfletos alertando os moradores (e, posteriormente, os alemães) que iriam invadir e encalhar seus navios no desembarque para que pudessem sair e ter um pique-nique inglês na praia, e caso fossem fuzilados revidariam.

Batalhas[editar]

Cquote1.png Hitler CRUSH! Cquote2.png
Hitler defende pessoalmente as praias da Normandia, mas especificamente a Praia de Utah, onde estavam as grandes metralhadoras.

A primeira etapa consistiu no uso de para-quedistas. Um dos objetivos foi o de capturar a Ponte Pegasus sobre o rio do flanco leste da área de pouso. As tropas aerotransportadas britânicas caíram lá de para-quedas, aproveitando-se que todos nazistas estavam na praia, conquistando a tal ponte e em seguida tiveram o prazer de recrutar os cidadãos franceses nas proximidades e colocá-los para trabalhar produzindo bombas queijo cheddar com queijo gorgonzola como uma nova arma química para parar o contra-ataque alemão que logo viria.

Na manhã de 06 de junho de 1944 os aliados imperiais trouxeram uma manda de Stormtroopers junto com uma coalisão de soldados britânicos, americanos, belgas, noruegueses, luxemburgueses, australianos, sul-africanos, neozelandeses, canadenses, groenlandeses, liderados pelo destemido cavaleiro Jedi Geral Obi-Wan Kenobi, desembarcaram nas praias da Normandia. Surpreendentemente, a maioria das praias encontraram muita resistência francesa (eles não sabiam que os nazistas teriam escrúpulos de vestirem boinas e pintarem bigodinhos no rosto para se passarem por franceses) algo que os britânicos não eram acostumados a ter quando invadiam a França antigamente.

Todo litoral da Europa retomado. O outro fator principal da vitória dos Aliados foi o fato de que as armas que eles usavam eram desconhecidos para os seus inimigos. Enquanto os alemães usavam metralhadoras com balas reais, os Aliados usaram milhares de arqueiros bem treinados trazidos das famílias camponesas em toda a Grã-Bretanha a faziam chover flechas sobre os alemães.

Em seguida, as bombas químicas a base de queijo bolorento foi finalizada e foram imediatamente lançadas sobre as posições alemãs. Sabia-se que os franceses tinham uma imprecisão e imperícia terrível, por isso as bombas foram perfeitas, porque seu gás fedorento se espalhava uniformemente nas posições alemães por mais ruim de mira que alguém fosse, de maneira que no final os alemães que restaram desmaiaram ou não aguentaram mais a falta de precisão dos franceses, e recuaram para seu país d eorigem.

Pós-batalha[editar]

A batalha pela Normandia continuou por mais de quarenta dias e quarenta noites, com campanhas para estabelecer, expandir e, eventualmente, libertar franceses, assim a invasão britânica sorrateira da França terminando com vitória dos Aliados. O conflito resultou com a libertação de Paris, a lua florestal de Endor e a cena daquele filme A Queda onde Hitler aparece dando piti e é legendado de maneiras diversas e cômicas no Youtube.

Com a rendição de Paris, que foi devolvida aos franceses, foi lá aberto o primeiro McDonalds na Europa, com as famosas french fries no cardápio, em homenagem à vitória Aliada.