Dia do Beijo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Cquote1.svg Eu beijei muuuuuuuuuuuuuuito nesse dia! Cquote2.svg
Talia da Escolinha do Professor Raimundo sobre Dia do Beijo
Cquote1.svg Beijei a Escola Intera, e comi 20! Popular, emo! Cquote2.svg
Dia do Beijo
Cquote1.svg Eu também! Cquote2.svg
Hebe sobre a mesma coisa.
Cquote1.svg Eu beijo todos, matando eles de prazer. Cquote2.svg
Hera Venenosa sobre Dia do Beijo
O Dia do beijo é um dia sagrado para muitos namorados, principalmente aqueles que fazem parte de religiões extremamente chatas que impedem qualquer um de ir além da conversa besta.

História[editar]

Olha quem beijou muuuuuuuuuuuito!

Criado em 649 por Maomé, essa data tem por finalidade diminuir a pecaminosidade dos casais que ainda não se casaram e também a dos sacerdotes, que tinham que se purificar o ano inteiro, só podendo beijar sua esposa no dia 13 de abril, o dia em que Alá estava mais tranquilo e bonzinho e deixava os namorados mais livres (só não demais, senão o Alcorão corão corria solto).

Entretanto, graças àquela novela idiota da Rede Globo, esse dia foi espalhado por todo o Ocidente e virou mania. Com isso ainda tem namorado retardado que passa o ano inteiro sem beijar a namorada e beija esse dia inteiro ela, sem parar, até matar a coitada por asfixia.puta

Pessoas que beijaram nesse dia[editar]

Pessoas que não beijaram nesse dia[editar]

Este artigo é um esboço amaldiçoado por Shao Kahn.
Suma daqui antes que Shang Tsung leve sua alma.