Dilma Rouƒƒeƒ

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Dilma)
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre a vida, o universo e tudo mais. Seja engraçado e não apenas idiota.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim
Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Dilma Rousseff
Descitacoeslogo2.png
O Descitações possui citações de/sobre Dilma Rousseff.


Dilma Xana Vana Ruim$$eff
Dilma-Lula.jpg
Dilmão Sapatão
36.º Presidente de República Fuderativa do Brasil
Período 1 de Janeiro de 2011
31 de Dezembro de 2018
12 de Maio de 2016
Vice-presidente Michel Temer (ex-vice decorativo)
Primeira-dama Marlene Mattos
Predecessor Luíƒ InჃio Lula da ƒilva
Sucessor Michel Elias Temer (MWAHAHAHAHAHA!)
Pessoal
Nascimento 1 de Abril de 1947
Berílio Horizonte, link={{{3}}} Minas Gerais
Profissão Economista
Caloteira
Ex-Sinistra da Casa Civil
Ex-proprietária de puteiro falido
Ex-Terrorista
Ex-mulher
La presidenta de Cuba
Quase ressuscitadora da CPMF
Ex-presidanta
Partido político Partido dos Trambiques


Cquote1.png Você quis dizer: Lula? Cquote2.png
Google sobre Dilma Rousseff
Cquote1.png Você quis dizer: Comunista de Boutique Cquote2.png
Google sobre Dilma Rousseff
Cquote1.png Você quis dizer: Dimetiltriptamina Cquote2.png
Google sobre Dilma Rousseff

Dilma Xana Rousseff, para os opositores, Mandioca e para os mais íntimos Dilmãe, foi uma ex-gerentona da Republiqueta das Bananas do Brasil entre 1 de Janeiro de 2010 e 12 de Maio de 2016, tendo sido reeleita em 2014. Afilhada do também ex-presidente Lula, a ex-presidente é a primeira e única integrante da espécie "mulher-sapiens", uma espécie de baixa inteligência que passa seus dias estocando vento e saudando seres inanimados, como as mandiocas.

Durante sua curta e traumática carreira política, Dilma foi considerada o braço direito esquerdo atrofiado do governo do Ali Lula-lá, se sagrando a primeira presidente meio mulher da Ditadura Democrática brasileira em 2010 e tendo prometido continuar com a plataforma de seu padrinho-cúmplice-antecessor. Como ela era (e continua) totalmente inexperiente na política, sem humildade, sem autocrítica, sem criatividade, sem carisma, sem visão de futuro, incapaz de liderar e nem participar de trabalho em equipe e muito menos capacidade para driblar as adversidades, seu governo não chegou nem ao final do segundo mandato, sofrendo com a lei do impedimento em 2016.

Durante seu breve governo, a presidanta — como ela mesmo gostava de ser chamada enquanto empossada no cargo — ficou conhecida por alcançar alguns recordes que como diria seu antecessor, nunca alcançados na história deste país, como o fato de ser a primeira presidente mulher do Brasil e a primeira a receber um impeachment por antipatia dos congressistas brasileiros, a primeira presidente a foder acabar com a Petrobras, algo que nem a esquerda de botequim em toda a sua história conseguiu, a primeira presidente a bater todos os recordes de desemprego no Brasil, a primeira presidente a foder detonar sucessivamente uma Copa do Mundo e uma Olimpíada e por fim , a primeira presidente a modernizar as pragas do Egito, difundindo simultaneamente 3 pragas pelo país: a dengue, Zika e chikungunya, além de trazer de volta a falecida H1N1.


Biografia

Filha do russo Osmmak Biev Labdem e Dercy Gonçalves que deram o nome aquele pequeno recém nascido como Dima (Dmitri, em português transliteral) que ao emigrarem ao Brasil passou a ser grifado como Dilma.

Coleção de alabardas da Dilma do tempo em que ela colecionava cabeças na baixa Mesopotâmia.

Dilma sempre foi uma criatura difícil, lá pelos idos pré-babilônicos, tapeou sua mãe Dercy e fugiu para ir morar com uma bruxa velha biruta a quem muito admirava pelos seus trambiques. A bruxa dizia ter o mesmo nome da Dilma e pregava a crença de o firmamento ficar no centro da Terra, e que fumar, beber e cheirar não fazia mal, dando o exemplo de Tim Maia, pois, tudo não passava de muita frescura falta de estudo dos médicos; por concordarem em gênero, número, grau e diversidade, as Dilmas juraram amizade eterna. A Dilma bruxa, por sua sensatez, se tornou a primeira mentora espiritual e mental da Dilma fazendo-a incorporar conhecimento e prática de atos fraudulentos e desvio de dinheiro público. Desfecho da amizade eterna: segundo a única testemunha, a Dilma bruxa foi empurrada na cratera do Vesúvio enquanto roubava enxofre na calada da noite. Como única herdeira pois as outras aspirantes a bruxa estranhamente se enforcaram com corda de piano, a Dilma presidenta apossou-se do "Livro dos Maus Espíritos e Ideias Malignas", a Poção de Mau Hálito (que também permitia cuspir fogo pela boca e desenvolver a língua bífida), alguns pares de chifres, e a paixão por colecionar alabardas, que foi muito útil quando a Dilma foi caçadora de cabeças na Baixa Mesopotâmia.

Infância

Dilminha e seu penteadinho a lá Maisam.

Em seus primórdios, a Dilma cresceu como toda criança levada da breca, mas os psicólogos achavam que era hiperativa e que passaria quando ela ficasse [muito mais] velha, o que acabou não acontecendo. Como prova da atomicidade daquela pequena dentuça, assim que nasceu aqueles característicos incisivos centrais, Dilma passou a arrrancar pequenos bifes dos seios de sua mãe, fazendo com que a mesma fosse desmamada logo em seguida. Quando chegava a hora da papinha, ela a cuspia no chão e começava a espernear, só se acalmando quando colocavam algumas gotas de leite de crocodilo em sua pinga. Aos oito meses quando começou a começou a andar, e, parece que só para esvaziar o pinico na pia da cozinha. À medida que crescia foi adquirindo novas habilidades, como ensinar palavrão pro papagaio da velhinha carola, colocar o xampu no ketchup e lubrificante automotivo no xampu, esvaziar pneus da vizinhança, baixar a saia da vovó, envenenar o gato da tia com querosene, contrabandear cigarros e revistas Playboy para o vovô enfisemático, entre outras tantas peraltices típicas da idade mas que encheram quilômetros e quilômetros de papel em sua ficha criminal infantil.

Dilminha fazendo seu primeiro discurso, arrancando contentamento e entusiasmo da platéia.

Não há como estabelecer parâmetros entre as duas crianças consideradas as mais problemáticas da história brasileira: Dilma e Maisa, descontando-se claro, aqueles coitados que pernoitam na Fundação Casa, antiga FEBEM . Enquanto crianças, ambas foram incontroláveis, criadas com a invenção de John Ovomaltine, leite com pêra, Yakult e muito Sucrilhos, pegando condução para a escola particular mais cara da cidade onde moravam, o que resultou mais tarde no maior caos social vivido pelo brasileiro médio desde os tempos obscuros do governo de Sir Maranhão.

No antigo ginásio, a Dilminha, que tinha o apelido de chibata preta, não conseguia pintar só o caderno com os seus lápis de cor, mas também as paredes e fazer chifrinhos nas fotografias das amiguinhas. Dilma sempre foi muito habilidosa na arte da pictografia e seus desenhos de forcas, cadeiras elétricas, guilhotinhas e fuzilamentos eram perfeitos. Por conta própria aprendeu a desmanchar despertadores e montar bombas-relógio, o que mais tarde a garantiu uma vaga no Colina S.A. e no VAR-Palmeiras. Aos 9 anos, a mandioquinha aprendeu a beber e preparar bebidas, sendo sua principal especialidade o coquetel molotov. Logo aprendeu carteado e quase que imediatamente a roubar no jogo de cartas.

Curriculum vitae de Dilma Rousseff.

Depois de expulsa de vários colégios, aos onze anos aprendeu a fumar, deste modo podia queimar com cigarro o sofá, idem os coleguinhas, e também tacar fogo nas cortinas; os psicólogos consideraram apenas um pequeno surto de piromania, nada preocupante.

Após 5 tentativas frustras de incendiar o colégio e envenenar os professores com plutônio foi tirar umas férias na antiga Febem, onde ensinou todo tipo de tramoia para os internos e depois de liderar dezenas rebeliões foi expulsa para que voltasse a governar o inferno. Na rua não demorou a chefiar gangues de assalto a bancos, sequestrar diplomatas, fabricar bombas caseiras e assessorar terroristas, sendo considerada uma ameaça pública pela ditadura brasileira, mais do que o próprio regime. Encerrando assim a sua fase de vida light-diet-zero, pois já estava cheia de uma vida de amenidades, Dilma decidiu pegar pesado deste ponto em diante, mas antes se deu ao luxo de colocar umas taxinhas na cadeira do Figa, apelido carinhoso que ela mesmo deu ao Presidente General Marechal de Campo (e de cidade também) Comandante Geral da Forças Armadas e Desarmadas do Brasil João Baptista de Oliveira Figueiredo, ou simplesmente João Figueiredo, Aquele Que Adorava Ser Encoxado Por Cavalos.

Aos 16 anos, já profissional, a Dilma já era responsável por todo o arsenal do primeiro grupo para-militar que a aceitou. No controle de todas as armas, a Dilma turbinava todos os apetrechos militares que punha as mãos, além de desenvolver projetos completamente inovadores, é dela a patente da bomba de napalm e das bombas corta-margaridas, a mais letal arma não nuclear já inventada, lançada de avião, balão, lança-granadas ou mesmo manualmente ela de pode dar cabo de qualquer ser vivente, incinerar tudo num raio de 550 metros, e de quebra acabar com minas em qualquer terreno. A bomba era tão inteligente que não cria cratera no terreno onde é lançada. Obviamente que depois que ingressou na carreira política, ela cedeu a patente do material bélico aos norte-coreanos, tendo a Asfarc ficado com o restante dos artefatos não utilizados

Ao final de sua juventude, Dilma continuou na guerrilha armada, passando a exercer a função de canhão.

Os escribas narram que a então jovem Dilma[carece de fontes] — acreditem, ela foi jovem e, embora não tenha visto o dilúvio, pisou na lama — , engajou-se como modelo-atriz-pistoleira-comunista. O Serviço Federal de Diversões Públicas, visando preservar as criancinhas, posto que a figura de Dilma já estava em metamorfose, optou por deixá-la três anos no calabouço do DOI-CODI, onde era alimentada regularmente com pólvora, óleo diesel e projéteis traçantes.

Tempos de exílio

Um exemplo do mau uso das verbas públicas

Devido a sua mania de sequestrar dignatários estrangeiros para fazê-los de seus escravos sexuais, além de atentados duplos — às vezes triplos — e com requinte de crueldade em aeroportos, creches, praias de nudismo, creches, e, talvez, por não se beijarem, devido ao tamanho dos chifres, os militares ditatoriais, em maioria na época, exilaram a Dilma na Europa, depois de passar um tempo presa, onde afirma que foi torturada, apesar de ter saído mais saudável que paciente atendido em hospital público da prisão, onde muito puta fula desceu dando muita chifrada em gente ao chegar, ficando conhecida no velho continente como a vaca louca, posteriormente arranjou seguidoras, disseminando a epidemia conhecida como a doença da vaca louca, em homenagem a Dilma, essas seguidoras criaram a Marcha das Vadias e se intitularam de FEMEN em homenagem às internações da Dilma na FEBEM.

Como gerente de uma lojinha de R$ 1,99

Estado da Dilma após conhecer o Mário. Que Mário?.
Beijo de Dilma em seu confidente, Hugo Godinez, em encontro em motel da Lapa às escondidas da mamãe.
Foi nesta ocasião que Chavez contraiu o câncer que veio a matá-lo mais tarde.

Cansadas das aventuras na versão informal da ABIN, Dilma se aposentou do mundo do crime [informal] e resolveu abrir um comercio de bugingangas baratas no centro de Porto Alegre. Os clientes sempre que rotineiramente mal atendidos resolviam ir a gerência reclamar da vendedora, davam de cara com uma gerente que respondia as solicitações de seus clientes da mesma forma que o urologista realiza o exame do toque retal, o que lhe rendeu o apelido carinhoso de gerentona, carregado até os dias atuais.

Ministra das Minas e Energia em 2004

Antes de assumir o Ministério das minas com energia, Dilma fez estágio na administração da Petrobras, onde cometeu algumas errinhos bobos como derramar café no teclado, jogar contratos fora achando ser papéis menos importantes e treinar a assinatura em documentos importantes, como aquele que acabou fazendo a compra de uma refinaria da Petrobras em Pasadena. Como reconhecimento de seus esforços e eficiência em frente da empresa, Dilma foi promovida a um carguinho no ministério pelo presidente Luis galInácio que por sua vez queria dar hormônios àquele frango político incorporado à imagem de Dilma para que um dia ela viesse a sucedê-lo na presidência daquela republiqueta, o que acabou acontecendo.

Como Ministra-chefe da Casa Civil em 2007

Dilma no ministério da Casa-da-mãe-Joana Civil, lugar que ficou até se tornar ditadora no Brasil, ficou conhecida por seu temperamento dócil e angelical, o que a fez ser respeitada pelos marmanjos que compunham a comitiva do presidente que ia e vinha pelo país. Sempre solicita nas entrevistas coletivas, respondia todas as perguntas feitas pelos repórteres na mais absoluta calma e serenidade, ficando conhecida nos corredores do anexo do Planalto como o ministro-chefe mais linha dura que já passou por ali, passando até mesmo nomes como o do amigo de infância da ex-presidente, o general Goldbery Costa e Silva.

Críticas.jpgDilma dedo.jpg39 Dilma Rousseff.jpg
Cquote1.png Má você é retardado meu? Que Battisti? Me manda esse Battisti de volta prá jogar o campeonato Italiano e a Eurocopa e não me encha mais o saco! Cquote2.png
Dilma Rouseff

Cquote1.png Vem cá!!! Foi você quem teve esta ideia. Agora enfia esta revista Veja e este jornal no teu c#! Cquote2.png
Dilma Rousseff


Presaldedo.JPG
Presal.JPG
Na primeira pica, Dilma dá o recado para o povo brasileiro. Depois faz o mesmo junto a seu antecessor na Casa Civil cuja reputação é ilibada.

Enquanto ministra, Dilma ganhou holofotes na mesma proporção que começou a aloprar em público, criando gafes que anos depois passaram a ser sua marca registrada.

Na COP 15, realizada na fábrica de chocolates Copenhague, a então ministra soltou essa pérola aos demais líderes mundiais que estavam debatendo o sexo dos anjos naquela incrível reunião:

Cquote1.png O meio ambiente é uma ameaça ao desenvolvimento sustentável Cquote2.png
Dilma Rousseff
... e ainda completou:
Cquote1.png e isso significa que é uma ameaça ao desenvolvimento do planeta e de nossos países Cquote2.png
Dilma Rousseff
. No fim ela estava certa. Esse mato todo e esse monte de bichos no país só atrapalham as obras do Programa de Avalhacação Central (PAC), plantações de soja, as criações de gado, a cana de açúcar, o milho e outras culturas e etc.

Eleição presidencial em 2010

1ççç.jpg
2ççç.JPG
Os então candidatos Dilma Rousseff e José Serra fotografados por um paparazzi momentos antes do debate realizado na TV Globo. Foto: Ag/Dcp.

Antes mesmo daquela eleição medonha que contou com personagens folclóricos da cultura política brasileira como Mr. Mont. Burns, Plínio já morreu Sampaio, Eymael, o Democrata Cristão, Senhor Aerotrem dentre outras aberrações do circo brasilis, a ainda ministra-chefe da Casa Cível brasileira era a favorita do então presidente molusco, Luís Galináceo da Silva que a dedou como sua candidata.

As pesquisas mostravam que a ex-chefe da Casa Servil tinha grande chance de ganhar ainda no primeiro turno. Já a oposição a cusou a candidata:

Cquote1.png não passa de um poste
Oposição à Dilma durante a eleição presidencial de 2010.

Após a acusação da oposição, a candidata concordo e ainda justificou dizendo:

Cquote1.png só um poste tem luz própria, luz, aliás, que chegou graças ao programa Luz Para Todos Cquote2.png
Dilma Rousseff

Como metas indobráveis daquela campanha, Dilma declarou que é contra o aborto entre células-tronco do mesmo sexo[carece de fontes]. Na mesma campanha, Dilma realizou várias operações via bisturi de Ivo Pitanguy afim de deixá-la minimamente apresentável ao povo brasileiro. Estas intervenções foi seguida de uma outra operada pelo João Santana, que conseguiu transformar aquela velha que andava como se carregasse um saco pesado entre as pernas, em uma Musa da Melhor Idade nas propagandas eleitorais veiculadas a todo o povo brasileiro durante o intervalo do Jornal Nacional, naquelas noites quentes do mês de outubro de 2010.

Cerimônia de posse

Agora uma salva de palmas para Michel Temer, que roubou satanás, o cachorro da Dona Clotilde do 171.

Após vencer as pelejas eleitoreiras e politiqueiras do ano conforme previsto na Constituição da República por aquele que abriu as pernas da política (e por conseguinte, do país) àqueles que outrora foram perseguidos, massacrados, dedados e torturados nos porões da dita dura, Ulysses Guimarães, contra o então adversário cansado de segundo turno, José Serra, Dilma retoca levemente a maquiagem e chora lágimas de crocodilo menstruado. Foi uma posse rica, com direito a chuva, onde uma mulher assume pela primeira vez o comando da república bananeira.

Os verdadeiros Dragões da Independência não eram aqueles soldados afeminados de peruca comprida negra que compunham a banda marcial. As emissoras brasileiras informaram errado. Os Dragões da Independência eram Dilma Rousseff e sua filha Pau na Rouseff que desfilavam em cima daquele pobre Rolls Royce.

Primeiro regime (2011~2014)

Foto oficial da presidente e seus ministros tirado no momento da posse. Foto: Ag/Dcp.

O primeiro regime, como ficou conhecido o período em que Dilma governou o país com mãos frouxas, aconteceu entre 1 de Janeiro de 2011 até 31 de dezembro de 2014.

Neste período ocorreram dois acontecimentos marcantes, o dólar subiu até a casa dos R$ 4 reais e levou a gasolina, o tomate e o feijão juntos, e a Copa das Copas que por mais superfaturada que foi, não previu o pagamento a FIFA caso aquele catado brasileiro passasse às quartas-de-final, o que acabou resultando naquela chacota épica. Com medo de ser novamente torturada, assim que instala a Comissão da Verdade. Após o início dos trabalhos as ossadas de 900 jornalistas, 800 advogados políticos, 10 descíclopes, 700 escritores e 2.000 ativistas políticos são encontradas.

Dilma em foto presidencial. Foto: Ag/EBC.

Ao final daqueles quatro anos que serviram de prenúncio para o apocalipse que viria em seguida, começou-se a preparação para outro evento esportivo mundial. Não, não foi para a piada de Olim, mas para o II Torneio Mundial de Cabo de Guerra no Eixo Monumental, competição esta que durou todo o ano de 2015, só terminando no fim de 2016. Na competição só existiam dois times onde de um lado haviam pelegos sindicais, zumbis mortos de fome, estudantes universitários e funcionários do governo e de outro, a oposição e seus socketpuppets como grupos auto-declarados "apartidários", seguidores do Revoltados On-line e até a União Nacional de Pagadores de Impostos, os únicos pagadores de impostos do país.

Primeiros dias no Palácio do Planalto

Edison Lobão, Ministro de Minas e Energia do governo Dilma.

Dilma não tinha tato nem paciência, tanto que foram notórios seus ataques soltando arrotos fedidos, fogo pela boca e raios pelos chifres, dando chutes, cusparadas, mordidas, baforadas venenosas, peidos, gargalhadas horripilantes, guinchos fantasmagóricos e investidas com alabarda contra todos os presentes vivos e mortos. Nas reuniões ministeriais para remanchar a solução dos problemas do Brasil e criar outros, a Dilma fazia chover palavrão sobre os convivas do cafezinho frio do Planalto, além de esculachar a Folha de São Paulo, descer o cacete no Jornal Nacional, pedir uma salva de palmas para Carta Capital, e mandar a Globo News e Miriam Leitão prá'quele lugar.

No Hospício do Planalto, os computadores não possuíam algo como iMac com Intel Core i7. Todos eles eram (e são até hoje) Pentium I, com Windows ME. Ela acredita que o melhor custo-benefício de todas as operadora de telefonia celular do mundo está nestas quatro: TIM, Vivo, Claro e Oi. O mal serviço e o uso indiscriminado com o dinheiro público na explanada dos Ministérios causaram pane nos aeroportos (mesmo nos aeroclubes) de Brasília, onde 2,3333 aviões caiam por dia.

Quando Edison Lobão foi preso em 1987 com tóxicos ilegais contrabandeados e ficou compondo na cadeia, pediu para Dilma interpretar a moça presa Tonhão da TV Pirata, mas o papel acabou ficando com Cláudia Raia.

Michel Temer: o vice-decorativo

Dilma chora de desgosto ao lembrar quem é seu vice: General Eliseu do Diabo. Imagem equivalente a fev. 2011 a set. 2012.

Michel Temer, homem casado de 65 anos que adora mulheres novinhas(sic), se impôs vice na candidatura de Dilma durante as prévias por ser à época presidente da Câmara dos de puta dos federais e do PMDB. No primeiro mandado de Dilma, Temer fez cosplay de mineiro, comendo quieto nos quatro anos de governo. Durante todo este período, o morador do Palácio do Jaburu fez um belíssimo papel, pelo menos no exterior, ao ser noticiado na imprensa alemã numa manchete que estampava ele e sua digníssima esposa:

Cquote1.png o vice-presidente brasileiro vem acompanhado de sua neta Cquote2.png
Deutsche Welle

O então vice presidente enviou uma carta à emissora informando que tratava-se na verdade da vencedora Miss Paulindatuba. Dele ainda acusou a emissora que veiculou aquela matéria de fazer gambiarra com satélite quase caindo e ainda que Ângela Mercado acompanhava tudo aquilo de ressaca enquanto tirava sujeira debaixo das unhas com tampa de caneta Bic após o Reveillon de 2010.

Dilma Rousseff, antes de viajar para qualquer lugar do mundo e passar o abacaxi para o vice que alguns anos depois daria o golpe do baú.

Michel Elias portava a síndrome do centro das três esferas na pirâmide e a de pétala esquerda da Flor de Liz, estaria preparando o país para receber o terceiro Anti-Cristo. Elias conheceu os pais de Marcela — dizem as péssimas línguas que ele já a conhecia aquela desde os 9 anos de idade — na mesma seita que frequentavam e pediu para namorá-la quando a criança completou 18 anos. Dois anos depois estavam casados, mas não na Igreja, senão a família toda derreteria.

A vice-primeira-dama era encaminhada a então presidente toda vez que aquela requisitasse (vide direito constitucional), devendo permanecer com a Presidenta por 90 dias seguidos, voltando a posse do então vice por 02 dias. Está previsto no artigo 269 da Constituição Federal desde sua promulgação, em 1988.

Michel Temer é graúdo, nem se compara com os bandidos com quem os profissionais ligados à justiça lidam, como grandes traficantes de presídios tendo escapado do impeachment duas vezes (uma pelo TSE e outra pela Câmara), tamanha a sua astúcia.

Os sem dias de desgoverno

Fatos.png
O Deslistas tem uma lista sobre
Primeiros cem dias de desgoverno Dilma

Nos primeiros cem dias de governo Dilma, a recém-empossada presidanta da república resolveu repetir seu antecessor — que passou mais tempo no Aerolula do que em Brasília — e viajou muito. Só que diferente do Lula, Dilma viajou mais para fora do que dentro do país.

Dilma em sua primeira e única baliza que fez quando saia do Palácio do Planalto.
Depois do incidente, a presidente passou a usar os carros oficiais, dirigidos por um Severino qualquer. Foto: Ag/Dcp.

Em sua primeira parada na China, Dilma fez careta [pior do que faz sorrindo] ao comer um prato típico chinês que é servido aos estrangeiros: um assado de baratas e escorpiões. Ao degustar toda aquela iguaria, ela exclamou que povo mais porco, o que resultou em um tremendo sucesso. Com a frase, os chineses entenderam que o Brasil daria carne de porco de graça para eles, e de primeira treze frigoríficos foram autorizados a exportar para lá, e ainda para compensar a sacanagem brincadeira do grude chinês ofereceram aves acompanhadas de vegetais cozidos no vapor, depois sanduíches integrais, seguido de um buffet de peixe e salada, para aí servirem um churrasco acompanhado de massas e frituras, que foi tudo imediatamente devorado pela Dilma, que não satisfeita partiu para um ataque na mesa vizinha, e comeu a capivara e o javali que lá estavam.

Ministérios criados

Não satisfeita com fodendo mais de 30 ministérios, assim que tomou posse, Dilma convocou toda a base aliada (na época, só a presença do PMDB já garantia até a aprovação de uma nova constituição) para definir as coordenadas do Programa de Manutenção de Ministérios e Áreas Técnicas de Administração (Pro-MaMATA), programa de governo realizado sempre que possível e que envolve aliados, simpatizantes ou qualquer um que sugue as bolas do executivo. Para isso, Dilma nomeou os mesmos broxas que compunha o finado desgoverno Ali Lula para compor o seu sinistério ministério e poder finalmente quitar débitos politico-eleitorais e anunciou a criação de sete novos cabides ministeriais:

  • Ministério de Engarrafar Fumaça
  • Ministério de Pular Atrás da Cerca
  • Ministério de Secar Gelo
  • Ministério para Depilar o Palocci
  • Ministério de Fabricação de Medalhas de Honra ao Mérito
  • Ministério para Achar o tal Pino do Grampolho, primo da Rebimboca da Parafuseta

A criação dos novos ministérios nasceu do Ócio Criativo da Dilma, que para o sociólogo italiano Domenico De Masi é algo totalmente ultra-revolucionário no caso daquela presidente, demonstrando a sua insatisfação com o modelo social centrado na idolatria do trabalho e assim, rompe a dissociação existente entre trabalho, lazer, conhecimento e realização. Se você não entendeu, tranquilize-se, Domenico de Masi também não.

Eleição presidencial em 2014

Fatos.png
O Deslistas tem uma lista sobre
Promessas de Dilma Rouseff
O moço me trouxe uma mandioca assim ó.

O ex e então presidente Luísque Inácio, o Lulalau, relançou a candidatura da Nula para concorrer a reeleição no comando da República Foderativa brasileira, em 2014. A candidata fez novamente um discurso prometendo mundos e fundos (fundos públicos, é claro). Dilma também prometeu acabar com a miséria começando pelo Bolsa Família, um programa de inserção de dinheiro no bolso de quem for da Família. Para que o maior número de companheiros pudesse comparecer, a festa de lançamento foi realizada na Papuda e contou com vários comparsas dos partidos da base alienada.

Diante do lançamento precoce de Dilma Roskoff à residência da República, os tucanos, aves dóceis e ruins de briga, finalmente decidiram reagir e abrir o bico. Em discurso em Minas Gerais, o mais-ou-menos governador Aécio Never, o Beocinho, mostrou a nova cara da oposição: a sua, totalmente botocada e repuxada. Quando viram o novo visual plastificado desse político maneiro, quer dizer, mineiro, os correligionários acharam que quem estava discursando era a Morta Suplicy que tinha virado a casaca. O quem ninguém desconfiava é que o herdeiro de Tancredo também estava lançando a sua própria candidatura com um vice que é a sua cara: a genial sambista Elza Soares, totalmente apoiado pelo Mico Serra.

Segundo regime (2015~2016)

Dilma governando.

Pela primeira vez desde 2010, Dilma resolveu assumir as principais funções presidenciais, ou seja, aparecer em fotos e, de vez em quando, das umas voltas de bicicleta por Brasília para marcar presença e nas horas livres, ela fazia ponta em protestos organizados pela oposição por populares contra o governo federal.

Cquote1.png Não há nada tão ruim que eu não possa piorar. Cquote2.png
Lema do governo Dilma

Manutenção ministerial pré-impeachment

Cquote1.png Presidenta! Presidenta! Cê tá cagada? Cquote2.png
Temer
Cquote1.png Naum... só assinei umas lei de estimos à indústria! Cquote2.png
Dilma
Cquote1.png Mas logo aquelas qui a gente sabe que num presta!? Cquote2.png
Temer

Com a corda no pescoço e visando ganhar algumas mentes fracas, Dilma criou alguns ministérios. Como a grana na época já estava ficando escassa, ela teve de acabar com um dos ministérios mais úteis da história republicana brasileira, o Ministério da Pesca. Isso motivou ainda mais o impeachment que de certo passou a tramitar com urgência até ser aprovado alguns dias depois. Alguns deputados até hoje não se conformam com o fim daquele cabiçal, tanto que enviaram um projeto de lei à câmara pedindo a cabeça da agora ex-presidente servida ao molho francês.

Enfim, os ministérios afetados foram:

Vida Pessoal

A ex-presidente anunciou publicamente na através de uma reportagem feita à revista Caras que calça sapatos 43 e que apesar de durona, feia, e mal acabada, ainda estaria a procura de um companheiro para o restante de sua vida. Durante sua estadia no Palácio do Planalto, ela foi conhecida pela vizinhança como uma exímia portadora de más notícias e de uma calibre 12 carregada.

Durante sua vida, ela nunca admitiu possuir um título de doutorado, uma vez que a tese era sobre assalto à mão armada.

Após ser agraciada com um impeachment, Dilma tem sido vista circulando pelo Rio de Janeiro, mas, particularmente na praia de Copacabana, onde tem sido acusada de beliscar a bunda de velhos libertinos que estão de sunga vermelha na praia ou de chefiar arrastões contra a burguesia que não a apoiou na luta contra o Congresso Nacional e que frequenta aquele ambiente capitalista selvagem sem a menor vergonha na cara.

A família dela é tão esquisita que virou notícia no exterior em tablóide sarrista. Uma pequena charge foi publicada sobre o fato de o ex-marido dela que já possui namorada, dizer que seria o Primeiro Damo nos compromissos internacionais.

Carreira esportiva

Clubes que Dilma acabou zicando: Um caiu em 2016 e o outro, cairá quando?

Na juventude, Dilma jogou no Corinthians. Porém foi expulsa do time após quebrar a perna de dois zagueiros durante um treino.

Jogou tênis no Paraná Clube (atualmente na 2ª divisão do Brasileirão). Causou a lesão de quadril do Guga durante uma partida amistosa, retirando-o das quadras para sempre.

Estou neste jogo só por causa do show da Aninha que está no cartaz...

Foi campeã olímpica de cabo-de-guerra em 1908 vencendo simultaneamente a polícia de Londres, a polícia de Liverpool e a polícia Metropolitana (a Scotland Yard); a Dilma de um lado da corda e todos os marombeiros das polícias do outro, a prova foi vencida com tanta facilidade pela Dilma com uma só mão (não durou nem 5 segundos) que o Comitê Olímpico Internacional baniu a tradicional modalidade esportiva desde 1896 das Olimpíadas de uma vez por todas. A Dilma anda sempre com a medalha de ouro olímpica dentro de seu caçolão do BOPE para provar a sua façanha para os incrédulos mortais.

Mais recentemente, Dilma foi tri-campeã de cuspe à distância. Seu maior feito foi ter conseguido do Rio de Janeiro acertar em São Paulo a careca do Serra.

Desde que deu cabo da rebelião da base aliada ao seu governo, a Dilma tem treinado com afinco para vencer o Ultimate Fighting Championship enfrentando Anderson Silva.

Sexualidade

A Dilma e a chibata preta.

Dilma Rousseff iniciou sua carreira sexual colocando peças de lego e giz de cera em partes obscuras de sua anatomia. Outras características são surpreendentes, como o fato dela ter mais peitos que a tua mãe e mais testosterona que o teu pai.

Dilma frequentou a famosa Faculdade de Direito esquerdo de Curitiba só para conhecer a hoje cantora Ana Carolina, seu primeiro amor, ainda que não correspondido. Durante o curso seu esporte era jogar bolinhas de papel na Marilena Chauí. Ao saber do caso de Dilma com um tal de Carlos Paixão, disse que já tinha cometido atos carnais com o rapaz e que o mesmo tinha gosto de galinha. Na faculdade de economia, na UFRGS, sua tese de Doutorado foi sobre assalto a mão armada em bancos, sendo depois informada que não obteria o título, pois a melhor solução sempre é a revisão de financiamento.

Nos motéis brasilienses, usa KY misturado com Bardahl B12. Tem predileção por rapazes de 25 anos, a quem ela dá presentes de luxo tais como Gol usado 1997 e roupas novas.

Dilma também visa a igualdade de posição social da mulher e do homem, ficando elas igualmente ativas e não passivas. Desta forma visa transformação legal dos homens em sub-espécies na mesma proporção que, segundo ela, o fizerem com as mulheres. O ideal é que homens e mulheres parem dilmavez com este tipo de atitude e se deixem guiar pelo conteúdo, não pela forma.

Principais mentores

Cquote1.png Voy a dar un sueco en aquel hijo de puta. Cquote2.png
Hugo Quico
Cquote1.png Chávez, por que não te calas?. Cquote2.png
Dilma do Chefe

O prof. Pardal tem seu chapéu pensador, a Dilma tem seu Kanto de Ideias Malígnas, onde recebe uma horda de libertinos pessoas ilustres, todos gente finíssima, que lhe dão ideias maravilhosas, e, também aconselham a Dilma nos momentos mais importantes e sem importância de seu decepcionante governo, vide os ilustríssimos abaixo:

Curiosidades

Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que este artigo pode ser melhorado integrando-se piadas decentes e removendo idiotices sem graça.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!
  • Dilma Rousseff não utiliza o BACEN e sim uma impressora HP para fabricar o próprio dinheiro?
  • Uma vez, por engano, foi eleita Miss Acre, após concorrer 50 anos com um macaco e perder todas as vezes.
  • Nasceu na província de Heilongjiang na Rússia, por isso o sobrenome Rousseff (Rosbife em russo).
  • Nasceu com o nome de Danilo Roussef, mas mudou-o quando se evadiu para o Brasil ao participar como Prima Ballerina Assoluta da turnê nacional da conhecida companhia internacional Oh! Rebuceteio Ballet do Afeganistão.
  • Gosta de correr só de caçolão do BOPE todo dia às 5 da manhã em volta do lago Paranoá.
  • Fundou uma seita satânica secreta denominada borboletas azuis.
  • Em dezembro Dilma viaja para Porto Alegre com aquelas roupas largas dos Gaúchos, tomando chimarrão, nem aí para a formação dos ministérios pois queria comemorar seu aniversário dia 14 de dezembro na companhia de seus colegas de CTG Gaúcho?
  • Dilma ainda tenta pegar o ex-marido Carlos e que dias 13 e 14 deixou para visitar ele só às 8 da noite em Porto Alegre? (quem não tem cão, caça com ex);
  • Seu apelido de guerrilha, Joana D'Arc é devido exclusivamente ao beijo que a histórica guerreira deu na rainha da França? Anos mais tarde subiu à cabeça o status da presidência e beliscou a bunda da Carla Bruni.
  • O Hino Nacional interpretado por Vanusa é o seu favorito. Sempre recorre ao youtube para assisti-lo.
  • Dilma também já disse várias vezes na internet e na imprensa que curte muito Ana Carolina.

Controvérsias

Fatos.png
O Deslistas tem uma lista sobre
A cuzações de Dilma Rousseff

Durante toda sua carreira (política e não política), Dilma Rousseff foi acusada por seus opositores e admiradores secretos por pedaladas no Eixo Monumental, falsidade ideológica, receptação, apropriação indébita e também por ter nascido.

Assédio a jornalista Patrícia Poeta

O que parecia ser uma entrevista de rotina a jornalista Patrícia dos poeteiros acabou virando uma situação constrangedora onde uma mulher de grelo duro assedia outra sem as mesmas características. Na ocasião, a repórter da TV Globo parou a entrevista e chorou copiosamente por 5 minutos, sendo confortada pelos colegas e equipe. Dias depois do incidente, Patrícia deu uma entrevista exclusiva à revista Caras onde declarou que apesar de não ter feito boletim ocorrência, se sentiu mal e violentada na época.
Cquote1.png Como a senhora controla o "toma lá" "dá cá" cada vez mais sem cerimônia dos políticos. Cquote2.png
Patrícia Poeta

Cquote1.png Me dê um exemplo do "dá cá" que eu te explico o "toma lá". Estou brincando, gracinha. Eu nunca dei nada pra ninguém. Cquote2.png
Dilma Rousseff sobre a pergunta acima

Galeria

Precedido por
Luíƒ InჃio Lula da ƒilva
Bandeira do Brasil.jpg
Ditadora da Império Banânico

1º de Janeiro de 2011 - 11 de Maio de 2016
Sucedido por
Palpatine Temer

Ver também

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Dilma Rousseff no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
v d e h
Criminosos, degoladores e cometedores de assaçíneos em geral
Lulapreso.jpg
Aileen Wuornos - Al Capone - Albert DeSalvo - Albert Fish - Alexander Pitchuchkin - Alexandre Nardoni - Alimzhan Tokhtakhounov - Anders Behring Breivik - Andrei Chikatilo - António Luís Costa - Assassino da Lista do Horóscopo Chinês - Bandido da Luz Vermelha - Bebê paquistanês de 9 meses acusado de tentativa de homicídio - Brenda Ann Spencer - Bruno Goleiro - Carlos, o Chacal - Charles Manson - Chico Picadinho - Cho Seung-Hui - Christopher Paul Neil - Cleveland Torso Murderer - Cortabunda - Daniel Barbosa - Dawood Ibrahim - Dennis Rader - Dylan Klebold - Dylann Roof - Ed Gein - El Chapo - Elias Maluco - Emílio Eduardo da Rocha Devesa - Eric Harris - Estripador de Lisboa - Félicien Kabuga - Fernandinho Beira-Mar - Gary Ridgway - Guilherme de Pádua - Harold Shipman - Henry Lee Lucas - Hildebrando Pascoal - Homem Lagosta Assassino - Irmãos Cravinhos - Ivan Marko Milat - Jack, o Estripador - Jeffrey Dahmer - Jesse James - Jim Jones - John Dillinger - John Wayne Gacy - John Wilkes Booth - Joseph Kony - Juana Barraza - Kenneth Bianchi - Lampião - Lee Harvey Oswald - Lindomar Castilho - Luis Garavito - Maníaco da Calcinha - Maníacos de Dnepropetrovsk - Maníaco de Guarulhos - Maníaco do Parque - Marcola - Mark David Chapman - Mateus da Costa Meira - Matteo Messina Denaro - O. J. Simpson - Omid Tahvili - Osama bin Laden - Pablo Escobar - Pedrinho Matador - Pedro Alonso López - Richard Ramírez - Richard Speck - Sandro Barbosa do Nascimento - Suzane von Richthofen - Ted Bundy - Tiago Henrique Gomes da Rocha - Unabomber - Wallace Souza - Wellington Menezes de Oliveira - Yang Xinhai - Zodíaco

Fhc222.jpg
História do Brasil: Nova República (1984 - até agora)

Eventos, coisas e ideologias que você não acompanhou porque estava com preguiça de ler as chatices da Veja

Diretas JáImpeachment de Fernando CollorPlebiscito de 1993Plano CruzadoPlano RealPrivatizaçãoMensalãoDólares-de-cuecaDesarmamentoGuerra de independência do Tapajós e CarajásBadernas no Brasil em 20137 x 1Badernas no Brasil em 2015PEC 37PetrolãoMP664/665Pedalada fiscalOperação Lava JatoImpeachment da DilmaRio 2016


Presidentes ditadores e outros canalhas de que de vez em quando você ouve falar
Dom Tancredo IDom Sarney IDom Fernando IDom Itamar I, o topetudoDom Fernando IIDom Mula IDom Dilma IDom Temer I

v d e h
Ladra06.gif POLÍTICO$ DO BRA$IL

Dilma Rousseff tem 6 carros importados.

Outros políticos em que você já votou e se arrependeu:

Din.jpg