Dom Cavati

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Dom Cavati é o nome que se dá para a BR-116 em determinado trecho, não se pode dizer que aquilo é uma cidade ainda mais porque isso seria um tanto ridículo. Como já é de se esperar, Dom Cavati fica em Minas Gerais e procurá-la no mapa de Minas Gerais é como fazer um teste de miopia.

História[editar]

Um dia movimentado em Dom Cavati, com duas bicicletas e um carro na BR é bem óbvio que é o maior trânsito que a cidade já viu desde sua fundação.

Primeiramente a cidade não tinha história até que resolveram a emancipar. Tudo começou quando um velho estava com o pé na cova e disse que seu último pedido era que a cidade se emancipasse. Ele tinha descoberto que ele tinha uma gastrite muito forte e que a próxima vez que ele comesse Feijão morreria.

Quando falaram que era burrice emancipar a cidade o velho apelou para o terrorismo: se eles não emancipassem a cidade e não o elegessem como prefeito ele ia chamar todos os nego do morro da Hespanha carregados com suas metralhadoras e fuzis para dominarem a cidade que iria se tornar o centro do tráfico de drogas na região e por isso todos cederam. Mas como o velho era v1d4 l0k4, ele chamou os nego e da cidade só sobrou 3 dúzias de pessoas no centro, 4 dúzias na roça e 7 dúzias na crackolândia( morro da Hespanha). Depois de várias guerras pela legalização da macumba e por metade da cidade ir pros Estados Unidos, a população da cidade passou para um terço do que foi dito em cima.

Sobre a Guerra das três macumbas[editar]

Essa memorável parte da história de Dom Cavati começou quando a mina da igreja secou. O povão (incluindo os nego do morro) ficou sem água e só sobrou a água nojenta do rio pra beber. Desesperados pela sede, eles recorreram a macumbas tipicamente aborígenes dos povos canibais da Indonésia. A polícia da cidade que tinha proibido as práticas de macumba na cidade em 1634, prendeu vários integrantes do grupo macumbeiro chamado Negos pela Sede. O que restou desse bando se revoltou e declarou guerra: se não os deixassem fazer macumbas, eles iam pegar em armas e dominar o bairro Serapião. A polícia ignorou isso e então os macumbeiros o fizeram. O bairro Serapião virou ponto central no tráfico de galinhas pretas, e uma casa na Volta da Cobra se tornou a sede do grupo. A polícia então reagiu e a cidade virou um campo de guerra, milhares(38 pessoas) morreram nessa guerra que só acabou quando a Copasa interviu e tratou da água do rio. Fora isso, mais nada.

Geografia[editar]

A população tem é de 5 mil e lá vai pedrada mas praticamente toda a população já foi para os Estados Unidos procurar condições de vida melhor, é bem óbvio que as pessoas começarão a valorizar a vida só depois de ter nascido em Dom Cavati, uma cidade que está a 24 horas com cheiro de esgoto.

Enfim, a cidade se localiza na BR-116 e é uma cidade classificada como "Província/bairro/vila/rua/distrito independente economicamente dependente de..." e então uma cidade maior que os caipiras, como são chamados os habitantes de Dom Cavati, fazem suas compras e passam o fim de semana.

O censo gastou seu tempo nessa cidade, óbvio que depois escondeu o resultado pois os índices de analfabetismo do município eram tão altos que fariam o Brasil ser um país batido por Camarões no analfabetismo.

  • População: 5 mil e gente caindo fora
    • Homens: Poucos se procurarmos por Machos, tem mais homens que gostam de homens nessa cidade
    • Mulheres: Poucas também pois muitas são do tipo "tenho bigode, sou gorda, tenho menos de 10 dentes na boca e posto foto minha no Orkut de biquíni".
    • Extraterrestres: A maioria foi buscar melhores condições de vida nos EUA.
    • Rural: População rural = 5 mil
    • Urbana: WTF?