Domingueiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Domingeiro)
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um ishtränho vinho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Se vəndalizarish, um bäenfiquista vai atrás də tua mãe

Tortura.jpg
WISHWASHWISH:

WISH WASHWISH WISH WASH

WISHWASH WISH WASHWISH WISH WASH. WISHWASH WISHWASH.
WISHWASH WISH WASHWISH WASH WISHWASH

Cquote1.png Você quis dizer: Hibernadores semanais Cquote2.png
Google sobre sobre Domingueiros
Cquote1.png Neo-nazisdomingueiros Cquote2.png
Professor de História sobre Domingueiros
Cquote1.png Na União Soviética os domingueiros são perseguidos por você!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Domingueiros
Cquote1.png All your feiras de azeite are belong to us!!! Cquote2.png
Domingueiro major sobre Azeiteiros

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
Mãos ao ar, Azeiteiro!!!

Introduçao[editar]

Domingeiro é o nome que se dá a um indivíduo que é retratado pelo facto de fazer a sua vida social aos domingos. Normalmente, são odiados pelos azeiteiros, porque são rivais quase desde a sua aparição pública. São indivíduos de natureza agressiva, mas nem sempre. Apenas aos domingos. Durante a semana, não se sabe. Nunca foram vistos nos outros dias. Será que eles não existem nesses dias?? Todos os que tentaram investigar desapareceram, todos perto dum local que também não se sabe se existe. Acre, o local onde todos os que foram nunca voltaram. Apenas os domingueiros saiam. Talvez todos os que entraram saiam já domingueiros. Isso explica o seu elevado crescimento. Medo??

Não existem férias para os Domingueiros. Só têm férias de domingo a Domingo
Típico domingueiro escondido a procura dum azeiteiro com o seu stock em exposiçao

Etimologia[editar]

A palavra domingueiro surge da junção de domingo(dia da semana) com o étimo eiro (provavelmente, segundo os historiadores mais informados, provem da palavra Irão. Mas não é aquele país nuclear com uma zona industrial também de naves especiais (boia sempre um fumo verde!), mas provem por consequência do nome Iran Costa, um cantor muito famoso (aquele do "É o bicho, é o bicho, vou te devorá. crocodilo sou eu!!"). É um exemplo de aportuguesamento da palavra. Iran -> Irão. Logo, Domingo do pai, Eiro do pai da mãe.

Historia[editar]

A história dos domingueiros é muito curiosa!!! Pensando que não sempre existiram em todas as partes do globo. São uma espécie que coexistiu sempre lado a lado com os humanos. Na realidade, foram os primeiros a ter chegado ao Brasil, mas antes disso, os primeiros a Portugal. Mas sempre sobreviveram em separado.

Ultimamente, pela acção da globalização, foram-se conhecendo uns aos outros, pelo Hi5 e Orkut e decidiram formar uma milícia armada e organizada inicialmente com o motivo de se vingarem de um rapazeco de uma bandiza portuguesita, uma tal Banda CU. O rapazeco era o baterista (ou não), pois este detestava esta espécie diferente mas aproveitava-se da sua confiança. Por isso, este rapaz anda desaparecido todos os domingos, que só WishWash sabe onde se enconde!

As armas da milícia foram fornecidas por alguém muito generoso que por acaso é esse tigre da Banda CU, por engano. Com o passar do tempo formaram-se rivalidades entre os domingueiros e outro grupo rival. Os Azeiteiros!! esta rivalidade fez despoletar uma decisiva guerra mundial intergaláctica motivada pela pilhagem de feiras de azeitee. Perante esta atitude, os azeiteiros reagiram e mal. A partir da primeira pilhagem, os domingueiros tem formado e expandindo o seu império. A conquista da primeira Azeite Fest marca o início da conquista e da guerra.

Esta guerra será muito diferente das outras, pois terá uma banda sonora tocada pela Banda CU que foi convidada num encontro de matraquilhos ou pinbolins num café próximo de si. Daí surgiu a primeira digressão conjunta com domingueiros.

DOMINGUEIROS 4 EVER!!!!

Provável origem dos Domingueiros