Dona Morte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Capeta-2.jpg

Dona Morte fez pacto com o CAPETA!
Então é melhor nem se meter com esse artigo, senão o capeta vai atrás de VOCÊ!!!

Remu1.gif Dona Morte é shinigami!

Ele tem uma espada enorme, caça almas por aí, participa de dois animes, pode entrar no seu quarto sem ser visto e te matar em 40 segundos. Se vandalizar este artigo, este shinigami vai mandá-lo para a Soul Society!

Cquote1.png Você quis dizer: Morte? Cquote2.png
Google sobre Dona Morte
Dona Morte e a Turma do Cemitério, um bando de defuntos.

Cquote1.png Experimente também: Penadinho Cquote2.png
Sugestão do Google para Dona Morte
Cquote1.png Eu vim te buscar! Cquote2.png
Dona Morte sobre Você
Cquote1.png Essa matô mais di mil! Cquote2.png
Jeremias sobre Dona Morte

Dona Morte (ou somente morte, caso você seja bem íntimo dela) é uma personagem da Turma do Penadinho que, em consequência desse infeliz destino que lhe foi proposto por Maurício de Souza, faz parte da Turma da Mônica. É a responsável por levar as almas da Terra para o Inferno, o Purgatório e, em últimos casos, o Céu (para esses, só se o cara merecer mesmo, já que a maioria das almas vai tudo parar no único cemitério da história em quadrinhos, que, obviamente, é onde vive Penadinho e a sua turma de falecidos).

A vida da Dona Morte[editar]

Cquote1.png Eu vim te buscar, MWAHAHAHAHAHA!! Cquote2.png
Dona Morte é cruel

Diariamente, a Dona Morte (lembre-se sempre de colocar o Dona na frente, afinal ela é uma diva dama, ou não) se levanta bem antes do sol despertar no céu. Como uma mãe para um bando de almas depenadas (sem falar que é a responsável de todas estarem alí), ela começa recolhendo todas as roupas sujas da turminha, torcendo para que alguém a ajude (pelo menos) a recolher os trapos, seja o lençol do Penadinho, as faixas do Muminho, o cérebro do Frank ou mesmo a capa do Zé Vampir (sem falar dos outros mais de oito mil moradores daquelas bandas). Depois de lavar e enxugar, passar para ela não é problema, afinal o que ela vive passando e pessoas de um lado para o outro da vida. Depois desse primeiro serviço, ela vai as compras e sempre reclama dos preços estarem pela sua hora. Depois das compras, vai direto para o fogão, para cozinhar para aquele batlhão de almas (sim, fantasmas também comem, mesmo que tudo atravesse eles no final, mas eles comem).

Cquote1.png Vá para a luz e seja feliz! Cquote2.png
Dona Morte mostrando o caminho pro inferno.

Ao final de suas refeições, a Morte não descansa, indo parar direto para a pia, sendo ela que lava tudo aquilo de pratos recheados de ectoplasmas, sem falar dos cheios de sangue do Zé Vampir, os ossos ruídos do Lobi, e outras coisas mais. De vez em quando aparece uma alma (não repare no trocadilho) que vem lhe ajudar em seus afazeres, sendo de preferência a hentai Alminha, que faz bater mais forte o coração inexistente de Penadinho. Terminada as tarefas de casa, Dona Morte ainda tem que fazer grandes viagens pelo mundo. Se fosse a Turismo não teria problema algum, mas seus trabalhos são sempre pra recolher almas que já tiveram o seu prazo de validade vencido e precisam deixar esse mundo. Mas para isso a Morte não pode ser uma amadora, ela tem que dominar várias língua, conhecer bem o mundo e, principalmente, saber fugir dos Góticos que vivem a lhe perseguir, querendo ser os seus discípulos, ou pelo menos acompanhar a sua jornada diária de trabalho. Mas mesmo assim (com toda a chateação do cotidiano), Dona Morte segue a sua vida (ou seria a sua morte?).

Dona Morte e sua richa com Dona Cegonha

Ao final do dia, tudo o que a Dona Morte quer fazer é descançar, ainda mais quando é véspera de feriado prolongado, mas tudo acaba sendo em vão, pois seu trabalho requer cuidados 24 horas por dia, sete dias por semana. No seu caminho, a única coisa que a Dona Morte não suporta ver (além dos Góticos) são os emos as Cegonhas, exatamente pelo fato delas serem as aves responsáveis fazem o seu torturante trabalho nunca acabar (sem falar que ela não ganha nada com isso, como um shinigami ganha alguns anos de vida, ao matar adiantado alguma pessoa). Além disso, ela não carrega nenhum Death Note, mas sempre é um rolo de pergaminho (eta coisa antiga) onde ela tem que ver as suas vítimas diárias e depois passar tudo para outros pergaminhos para dar uma baixa geral nas mortes. Agora, imagine quando é final de ano, que ela tem que fazer balanço de tudo o que aconteceu no ano para entregar para Deus? Aí que a coisa pega e Dona Morte se ferra por completo. Pena que ela não pode se matar, se não ela já tinha feito isso há muito tempo.

Vendo a morte de frente[editar]

Dona Morte virou hentai na Turma da Mônica Jovem (até que ficou bonitinha mesmo).

Nunca ninguém conseguiu ver o que a Dona Morte esconder por baixo daquele capuz (ou sequer tiveram a curiosidade de saber o que ela esconde alí de baixo), sendo que os que ao menos tentaram dar uma espiadinha não puderam sequer falar o que viram, pois foi a última coisa que fizeram em suas ignobeis vidas. Acredita-se porém que Dona Morte não passa de uma simples caveira (de mulher, para que fique bem claro) com uma capa preta jogada por cima, carregando uma foice de cortar bambú para cima e para baixo, com a qual ceifa a vida de suas vítima.

Livro escrito em homenagem a Dona Morte.

Na Turma da Mônica Jovem, Dona Morte até acaba ganhando algumas curvas bem destacáveis em seu esquelético corpo, aparentando até ter bem menas idade do que a Dercy Gonçalves tinha em vida terrestre, sendo que a Dona Morte veio bem antes dessa jurássica mulher (ou não). Mesmo assim, seu rosto continua coberto pelo manto preto, mas bem mais a mostra do que por aquelas linhas brancas e pretas, com a qual tentavam fazer uma fail espécie de sombreamento à ela. Sua roupa ganhou alguns detalhes, bem diferente do que somente aquele capuz sem graça, que devia ser uma tortura nos dias mais quentes.

Além disso, os criadores conseguiram criar vergonha na cara e inventaram (finalmente) um livro de mortes para a Dona Morte, que finalmente pode organizar o seu fatal trabalho de um modo bem mais organizado (agora só falta lhe darem um computador e uma foice eletrônica, para a Dona Morte ficar completamente High Tech e viver morrer feliz). Carambra, precisou a Turma da Mônica crescer para que olhassem para a Dona Morte com outros olhos? Sacanagem.

Ver também[editar]


Gandalf smoking.jpg
Dona Morte morreu...
MAS VOLTOU!!!
<p>

E nem deu tempo de apodrecer no caixão...

Clique aqui pra ver os que saíram do colo do capeta.