Dores de Guanhães

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dores de Guanhães é nada mais que isso uma estrada...

Dores de Guanhães é um município inventado para esconder a parte ruim de Guanhães. O município foi idealizado e emancipado pelo atual prefeito de Guanhães (que aliás, é o mesmo desde 1963) que disse que queria esconder um silo de mísseis e uma fábrica de ciborgues para esconder sua identidade também como ciborgue, em outras palavras, o município foi emancipado para esconder que o prefeito de Guanhães é um ciborgue.

Atualmente o município é só uma estrada que o Google Maps não consegue achar. Precisa dizer que a cidade fica em Minas Gerais?

História[editar]

Antes de mais nada havia uma tribo indígena no município até que os Estados Unidos comprou a região e a transformou em um fim de mundo com uma fábrica de ciborgues e um silo de mísseis no subsolo. Os Estados Unidos queria produzir a sua mais nova geração de soldados robôs e então conspirou com o prefeito-ciborgue de Guanhães e comprou aquele pedaço do município.

O primeiro passo para esconder esse plano foi fazer vários cidadãos idosos robôs que faziam diálogos rabugentos e reclamões para emancipar a cidade, ninguém iria suspeitar. Logo começaram as obras dos Estados unidos no município e a construção da base ultra secreta com um subsolo. O plano era fazer a nova cara do exército dos Estados Unidos.

Mas a coisa saiu do controle, no fim da produção dos robôs o prefeito de Guanhães pega a fábrica para si e a usa para executar seus planos de dominação global, algumas horas antes de lançarem os robôs, James Bond chega na base e impede que o prefeito de Guanhães faça o seu plano ser executado e impede o mundo de um apocalipse de ciborgues.

Ele ativa a sequência de auto destruição e o prefeito de Guanhães só pode dizer: Cquote1.png FUDEU! Cquote2.png Todos correm, a cidade explode, Bond pega de novo a Bondgirl e acaba o filme do 007.

Atualmente[editar]

...e mato.

A cidade está isolada, a tal fábrica de robôs e silo de mísseis foi destruída e soterrada no subsolo. O município não se passa hoje de uma BR e um monte de mato no acostamento. O governo mineiro está induzindo alguns otários e caipiras para ir morar na região e para ter alguém para fazer aquela cidade virar uma típica cidade caipira de Minas Gerais.

O passado de Dores de Guanhães acaba e agora o município não é mais uma fábrica fodona de ciborgues mas sim um município sem-graça e sem internet como qualquer outro. As atividades diárias da população são para idosos ir para a capela, para os playboys, ficar com o som na praça e se mostrando e para os caipiras ficar olhando a grama crescer.

Apesar de tudo ainda há dúvidas se existe mesmo essa cidade pois todo mundo que passou por lá jamais viu algo que não fosse mato ou um rio.

Administração[editar]

  • Prefeito: Exterminador do futuro
  • Vice-prefeito: OMAC
  • Presidente da câmara de vereadores: Diretriz da Globodyne