Dores do Rio Preto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...

Cquote1.png É aqui que vai pro Patrimônio da Penha? Cquote2.png
Turista maconheiro sobre Dores Do Rio Preto

Cquote1.png Não foi encontrado nenhum resultado contendo todos os seus termos de pesquisa. Cquote2.png
Google sobre Dores do Rio Preto

Cquote1.png É golpe!. Cquote2.png
Dilma sobre Dores do Rio Preto

Cquote1.png Mas olhe só pae, eu andei fazendo umas pesquisa Cquote2.png
Mustafary sobre Pico da Bandeira

Cquote1.png Nunca senti. Cquote2.png
Bruna Surfistinha sobre Dores


Localização do buraco

Dores do Rio Preto ou Dores do Rio Black é uma aldeia que faz parte do conjunto LGBT do sul do estado do Espirito Santo. A maior concentração de viados e camioneiras do estado. O vilarejo é tão pequeno que já foi confundido com um bairro de Guaçui que por sua vez já foi confundido com um bairro de Cachoeiro. O nome vem do rio da cidade que é preto, sente dor e não faz o menor sentido. Sua população tirando os índios deve beirar os 7.000 habitantes. Recentemente a região do Caparaó passou a ser considerado "Reserva Mundial da Biosfera", (everybody yes door) através do Projeto Lei 10.251/2014.

É o município de acesso à OVNIS e também ao Pico da Bandeira, 3° maior montanha de hippies do país, com 2892 m, no Parque Nacional do Caparaó pelo lado capixaba. Caso venha visitar a cidade, traga seus cristais incensos e roupas que você usou em woodstock. É o município colonizado em cima de uma montanha gelada sendo o mais alto do estado, com 774 metros. Faz tanto frio no inverno que o Hyoga de cisne vem passar as férias no municipio todos os anos, aproveita ainda para visitar Shun de Andrômeda, lider e defensor da comunidade LGBT em Dores.

História[editar]

Dores era um terreno baldio que foi trocado por duas vacas com o estado de Minas Gerais, em uma negociação que durou 2 semanas em meados de 1912. No inicio houve conflito com os índios e ovnis instalados no território, porém graças aos perdidos de woodstock não houve guerra. Os perdidos de woodstock reza a lenda, que eles fumaram muita maconha, tomaram chá de fita K7 com cogumelo e não fazem idéia de como chegaram no vilarejo de Dores do Rio Black. O PSOL e Partido Verde foram fundados nessa cidade em uma reunião com índios, híppies, drogados, vagabundos socialistas e comunistas da região.

Distritos[editar]

  • Mundo Novo:

Gente, não compensa ir, é tipo Dores, só que pior.

  • Pedra Menina:

Gente, faz frio pra caralho e não tem nada lá também.

Clima[editar]

Refrescante não?

Frio pra caralho.