Dr. House

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Dr House)
Ir para: navegação, pesquisa
Triturando papel.jpg Alguém muito criativo criou um artigo falando sobre um monte de coisa que pode ser separada em diversos outros artigos!
Este artigo ou seção deve ser dividido em Dr. House (personagem).


Fatos.png
Conheça os fatos sobre Dr. House
Dr. House quando ainda estava na faculdade
Dr. House antes de ficar manco, sua esposa e seu filho, Steve McQueen
Dr. House, quando fez participação especial nos Simpsons.
House despistando mais um de seus estagiários chatos.
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...House não leu este artigo pois pra ele a internet só serve pra ver pornografia?

Cquote1.png Você quis dizer: Doutor Casa? Cquote2.png
Google sobre Dr. House
Cquote1.png BWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Você chama isso de desafio? Cquote2.png
House sobre curar a morte
Cquote1.png What porra is this?? Cquote2.png
Você sobre episódios dublados de House na Igreja Universal do Reino de Deus Record

Dr.House preparado para mais uma cirurgia

Gregório Holmes White House, conhecido no Brasil como Dr. House, é o maior e mais destacado pupilo do Dr. Chapatin, muitas vezes sendo igualado ou considerado melhor que seu próprio mestre. House é um médico tão bom que prevê as doenças antes de acontecerem e tortura os pacientes como se estivesse dizendo: "Essa é a doença mais esquisita que você pode ter?", e então dá alguns remédios errados para que a doença fique cada vez pior e mais misteriosa, somente por prazer próprio.

Ele também mantém uma equipe especialmente treinada para ser humilhada por ele. Sua perna defeituosa é nada mais nada menos o efeito de anos chutando bundas de sua equipe e eles nem ligam, acham gostoso, afinal ele é um super médico egocentrico.

Antes de se formar em medicina, o menino Gregório trabalhava como apresentador do programa Lar Doce Lar, no Caldeirão do Huck, onde ganhou o carinhoso apelido de Dr. House. Ele terminou seu pós-doutorado em medicina aos 7 anos, e já procurava um emprego na carreira da TV. Felizmente, ele conhecia o faxineiro de um estúdio de TV, chamado Arnold Schwarzenegger, que lhe arrumou um emprego na Universal Estúdios e um espaço em horário de pico no Universal Channel.

Depois de alcançada a fama e o sucesso mundial, começaram estranhas pichações em muros com os dizeres "House is God", e até hoje não se sabe quem foram os nerds meliantes.

Nas horas vagas ele cuida de um ratinho chamado Stuart Little e faz uma ponta como vilão malvado no filme 101 Dálmatas.

Equipe de House

O elenco de Dr. House: Uílson, Cãdi, Txeise, Rause, Quémeron e Fórmã

Cquote1.png Você pega o negão, eu pego a gatinha e o australiano vai fugir de medo! Cquote2.png
Dr. House sobre sua equipe.
A equipe de House é composta por:

  • George Negão Eric ForemanGrill: um neurologista negão bem-dotado que é tão sádico quanto o Dr. House (ou até mais) e cuja diversão é imitar House e vasculhar a casa das vítimas dos pacientes em busca de qualquer merda que House mande alguma coisa ilegal ou que pode causar os sintomas, também gosta de se achar o gostosão. Vive fazendo apostas com o House, desde a vida pessoal do Wilson à vida dos pacientes e quem pega mais calcinhas da Cuddy e da Cameron,mas sempre perde. Fica a série inteira tentando ser o House e negando este fato. Por conta disso, foi o único que sobrou da equipe original. Nas horas vagas faz um estúpido comercial de um grill na Polishop.
  • Allison Cameron: a imunologista boazinha, chata e trouxa que confia em todo mundo e que quer salvar o mundo. House diz que a contratou porque ela é muito gostosa. Obviamente é apaixonada por ele, mas não é correspondida por ele, logo obviamente acaba dando o cu seu amor para o doutor bonitão, Cheese Chase, o que levou House a demiti-lo por justa causa.
House tendo uma crise de abstinência de Vicodin.
  • Robert Chase: o australiano mauricinho do cabelo loiro e seboso sedoso cuja única função é "dar" as notícias à família das vítimas dos pacientes e puxar o saco do House, oque leva ele ser o queridinho do Foreman House, além ser o babacão da equipe e só falar besteira. Tenta bancar o pegador, mas se nega a fazer sexo sem compromisso, provando toda sua masculinidade. Especula-se que Chase tenha um caso com Foreman. Aparentemente é o único da equipe que não tem especialidade, mas num certo momento da série, aparece como cirurgião. Seu maior sonho é dar o cu participar de uma punção anal lombar com o Dr. House. Em um episódio, Chase socou a cara do House, para os outros médicos da equipe pararem de lhe encher o saco perguntando se ele está bem (pela Cameron tê-lo abandonado). Mas no final do episódio, ele emplorou o perdão de House.

"-Ehh... Desculpe pelo olho, pelo nariz, pela sombrancelha, pelo..." -Robert Chase

House tentando a dança do acasalamento...

Outros personagens:

Dr. House fazendo uma ponta no novo sucesso da música internacional.
  • Lisa Cuddy: A chefe piranhona gostosona do hospital. Apesar de ter uma capacidade aparentemente infinita de pentelhá-lo, não despede o House nem quando ele convence um paciente a se matar para doar seus órgãos, ou quando ele dá um tiro num morto do necrotério do hospital, ou quando lhe são oferecidos 100 milhões de dólares em troca da demissão do doutor; ou seja, é a verdadeira sádica da série. Já foi comida pelo House, mas sonha em repetir a dose. House também quer comê-la de novo, por diversão, mas tem medo de ela se apaixonar mais ainda e ficar mais chata. Só usa decote e anda sem calcinha por aí. E por isso quer que House seja pai do filho dela.
  • James Wilson: é um bonzinho oncologista que sempre tem um café quentinho na sala a espera do Dr. House. Como ele consegue isso ainda valerá um episódio. Sua participação na série aumentou quando House matou a sua namorada. Na quinta temporada a missão dele é fazer com que o House coma a Drª. Cuddy, mas ele queria ser o comido. A verdade é que os dois amigos se comiam casualmente, porém, a doutora Cameron apareceu e o apetite sexual do Dr. House diminuiu para homens... Logo, Wilson teve que desenvolver um amor platônico por Cuddy, formando o Quadrado das Bermudas com participação especial do Dr. Cheese Chase.

A nova equipe (quarta temporada):

Sua filha, famosa por ter os mesmos problemas do papai
Dr.House no Chaves.
  • Amber Volakis: versão feminina do House. Também conhecida como sacana, cobra-cascavel ou vadia manipuladora pelas suas "táticas" de sacanear os outros em troca de vantagem pessoal ela recebe o apelido de sacana pelo Dr. House. Passou a ser alvo de perseguição do Dr. House quando se tornou namorada do Wilson. Em retaliação, House a matou e fez parecer que foi um acidente. Mas ela era tão nojenta, mas tão nojenta que, como vingança, a desgraçada passou a aparecer na cabeça de House, deixando-o mais chapado que de costume, chegando inclusive a fazê-lo tentar matar Chase (sabe-se lá por quê) e espalhar pra todo mundo que a Cuddy deu pra ele. Ah, e ela também conseguiu morrer no final, contraprovando a lei do NMNF (Negão Morre No Final)
  • Remy Hadley 13: uma gostosa que veio substituir a Cameron. Gosta de matar pacientes e seus respectivos bichos de estimação. Aparece mais do que os outros membros da equipe nova, o que deixa parte dos fãs com uma vontade louca de bater punheta irritados. O motivo disso é bastante simples, 13 é tão gostosa que o câmera não consegue manejar a câmera com uma mão só. Além de tudo, revela-se que ela é lésbica bissexual e come uma paciente no meio do hospital.
  • Chris Taub: um sujeito sem-graça cirurgião-plástico irritantemente chato que trai a mulher com um negão. Tem o maior nariz da série e é um pigmeu. Isso é tudo que sabemos sobre ele. E também odeia o House.
  • Lawrence Kutner: outro babaca que conseguiu colocar fogo numa paciente e se eletrocutar com desfibriladores num curtíssimo espaço de tempo, provando todo seu potencial e mostrando por que foi escolhido por House para estar na equipe: é uma eficiente maneira de exterminar as vítimas pacientes, não dando trabalho algum para o doutor. Kutner se matou no fim de quinta temporada, acredita-se que em mais um de seus acessos de inteligência, Kutner pensou que era Hiro Nakamura (heroes) e que conseguiria parar a bala de uma arma se disparada contra ele (bem, você ja deve saber oque aconteceu depois).

Outro personagem:

  • Martha M. Masters: uma chata estudante muito chata inteligente que não sabe mentir, e que virou alvo do House. Entrou na sétima temporada para substituir a Dra. gostosa13. Ela é tão idiotainteligente, que ela conta para a vítima paciente que ele vai morrer em uma hora tem uma doença sem tratamento, em vez de obedecer o House e dizer que é necessário um certo tratamento (normalmente inventado na hora sofrido cruelexperimental).

Métodos de tortura

House está fazendo sua parte para evitar a gripe suína

Dr. House é famoso por seus métodos excêntricos para diagnosticar seus pacientes. Além de sufocá-los com o saco plástico, ameaçar com um cabo de vassoura e enfiar um termometro no reto, (sim ele já enfiou um termometro no rabo reto de uma vítima paciente), o maníaco doutor usa outros meios mais tecnológicos como:

Punção lombar (Éupi)

Huh?

Em casos onde o paciente até gostaria de levar uma vassourada na bunda é usado esse método secreto que consiste em inserir uma vara de vergalhão nas costas da vítima do paciente, onde o citado se contorce angustiosamente de dor e grita pela mamãezinha, e retirar todo o líquido da medula, fazendo o paciente sentir-se como se estivesse drogado, atropelado, espancado e enfim dizendo onde está o problema.

Ressonância magnética (Emarai)

Usada em pacientes que cooperam um pouco mais, a ressonância serve para remover balas sem a necessidade de cirurgia. É só colocar o paciente no equipamento e ligá-lo que o imã gigantesco se encarrega de tirar a bala, não se importando com o estrago que fará na saída. Também conhecida como Emo-rái (raio para emos).

Invasão domiciliar

Faça sempre seu exame de toque retal com Dr. House e seu dedo enoooorme!
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...House só fez uma invasão na vida, e foi no quarto da sua mãe.

Muito comum em casos extremos, a invasão na residência do paciente sempre resulta em informações essenciais para o diagnóstico. Além disso, essa técnica gera receita à equipe de House oriunda da venda de todos os eletrodomésticos encontrados na casa que tenham algum valor.

Apesar de ilegal, o método é usado sempre com sucesso até mesmo na residência de um policial, sem nenhuma perda à equipe médica. As chaves das casas estão sempre em cima da porta, embaixo do tapete ou em um vaso de plantas (informação interessante caso deseje virar ladrão nos EUA) e nunca há alarmes, seguranças, vizinhos a espreita do local ou cachorros.

House personagem principal do jogo Half Life.

Trabalho

House agora trabalha no setor de diagnóstico de coisas impossíveis, no mesmo setor trabalham Dr Roberto, Dr Pimpolho, Dr Gori e Dr Grue, que faz a parte de tortura dos pacientes.
Neste setor do hospital aparece todo tipo de doença esquisita, como o Carpediemismo cogitoergosúmico, a Síndrome da Face Pixellada ou então a Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiose que acontece muito no Acre.
Há casos de Câncer Cerebral, que são repassados ao Dr Wilson logo após ser confirmada na punção lombar.

Dr.House Versão Brasil.

O hospital

Chefiado pela Drª. Cuddy, o Hospital Souza Aguiar é referência no tratamento de falta de paciência ou de excesso de saúde. O único hospital do Afeganistão onde a pessoa entra saudável e sai doente ou morta.
Foi neste agradável lugar que House adquiriu o vício por sucrilhos com maconha, que o deixou mais esperto a ponto de diagnosticar e tratar doenças que sequer existem. Devido ao seu vício, a polícia mandou investigá-lo e House passou a ser considerado traficante depois que encontraram uma criação de gatinhos em sua casa. House alegou em juízo que os gatinhos só eram usados para aliviar a dor de pacientes em estado gravíssimo, já que o método foi considerado o mais eficaz pela OMS.

Criando seu próprio episódio

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Scar matou Mufasa, ou que Kylo Ren é filho de Han Solo e Leia.
Spoiler3.jpg


Escrever um episódio de House é mais simples do que parece. Basta seguir os passos abaixo e é batata:

  • Cena inicial: Duas ou mais pessoas felizes fazendo algo completamente normal. Uma delas tem piriri, então você pensa que é ela que irá pro hospital quando outra pessoa na cena tem um problema pior ainda. Para determinar o tipo de doença é fácil, escreva alguns sintomas possíveis (como "vômito", "tontura", "convulsão", "sangramento" e etc..) cada um em um pedaço de papel. Jogue-os para o alto e escolha dois ou três. Pronto, você já tem a "doença-rara-que-só-o-House-consegue-resolver", os sintomas restantes são de uma outra doença que aconteceu junto com a primeira por "motivos-que-apenas-o-House-pode-deduzir".
House em seus momentos de lazer.
  • Abertura
  • Propaganda gigante
  • Primeira parte: House chega em sua sala com a ficha do paciente na mão. Ele diz o gênero, a idade e os sintomas da nova vítima paciente enquanto anota no quadro branco e sua equipe faz algum comentário aleatório (que é totalmente ignorado pelo doutor). Depois eles começam a jogar todo tipo de diagnóstico possível (que de uma forma ou de outra vai passar por Sarcoidose, Amiloidose, Vasculite, Lúpus, - sempre têm que falar em Lúpus e o House sempre tem que dizer que não é. Sempre. A primeira regra sagrada inviolável -, Encefalite e Câncer). House tira sarro de todos e dá seu palpite. Manda todos saírem pra fazerem seus exames, não sem antes fazer alguma piadinha com alguém até humilhá-lo. Geralmente isso acontece com o negão afro-descendente (só podia ser). Enquanto alguém da equipe está no laboratório, os outros dois se encontram com o paciente, agora melhor; mas que logo sofre outro piriri com sintomas diferentes, e que faz todos voltarem à estaca zero.
  • Propaganda gigante exatamente igual a primeira
Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Dr. House
  • Segunda parte: House dá um palpite no diagnóstico, mas ninguém acredita nele. Ele sai pra cuidar de sua vida (ou seja, irritar algum ou todos dos seguintes: pacientes da clínica, Drª. Cuddy e Dr. Wilson, e ocasionalmente enfiar o termômetro no reto de alguém). A equipe faz a Punção Lombar, a Ressonância, a Colonoscopia e a invasão à casa do paciente (só em seriado americano mesmo). Alguém fala que é doença autoimune (tem que ter sempre o papo da autoimune. Sempre. Esta é a segunda regra sagrada e inviolável), mas House discorda. House convence a equipe a aceitar a administração do novo tratamento e o paciente tem mais um piriri, quase fatal, por causa do dito tratamento. House pede para que a sua equipe retire um pedaço do cérebro, do coração, do estômago, do fígado ou do reto do paciente que depois tem uma parada cardíaca (ou uma parada respiratória) e morre por 1 minuto. Após um momento de tensão, ele volta a vida.
  • Mais propaganda eterna
House após 42 pílulas de Vicodin.
  • Terceira parte: O House está novamente enchendo o saco de alguém quando ao ouvir alguém dizer algo que não tem completamente nada a ver com a sua vítima paciente, House tem um clique e fica olhando o chão, olhos arregalados. Ele diz: "Não é lupus/sarcoidose/câncer! Na verdade é a doença X que ninguém nunca ouviu falar e que explica tudo" e corre à sua equipe com a resposta certa, mas como ninguém mais acredita nele e a sua chefe não quer que ele machuque/torture/mate o paciente (de novo), ele tem que ameaçar/subornar/chantagear/torturar/matar (não necessariamente nessa mesma ordem) outra pessoa para que permitam o novo tratamento (se nem assim for possível, basta utilizá-lo de qualquer jeito, mesmo contra a vontade do paciente). Iniciam o tratamento e o paciente sai do hospital serelepe e saltitante. Todos confessam que House estava certo o tempo todo, e ele acaba o episódio tocando piano, andando de moto, ou jogando sua bolinha, enquanto toca uma música pop ao fundo e rola o problema ético da semana. E chegamos à terceira regra sagrada inviolável: um episódio de House precisa seguir uma cadência que pode mais ou menos ser descrita verbalmente como, mimimi dilema ético, mimimi dilema ético, pau no cu dilema ético. Médicos existem pra ficar histericamente se descabelando com um temporal de dilemas éticos mega-hiper-exacerbados, pra se meterem na vida sexual uns dos outros e darem lições de moral uns aos outros, e pra torturar os pacientes. Curá-los é só um bônus.

Reiterando: A doença NUNCA pode ser Lúpus. Por esse motivo, ele já estragou um livro sobre lupus para esconder seu remedinho.

Basta enfiar uns diálogos no meio dessa estrutura com algumas piadas sem graça e a série já está garantida por mais umas 10 temporadas (ou enquanto durar o estoque de Vicodin). E não se esqueça de todo final de temporada fazer com que House tenha um ataque do cérebro que faça o público ficar nervosinho se o House vive ou não.

Ver também


v d e h
Doutor, eu não me engano! Dr. House é um doutor!
Wilyship.gif

Abdelmassih | Abobrinha | Afrânio | Albieri | Alan Feinstone | Angela Ziegler | Animal | Baldhead | Bias | Birkin | Briefs | Brinquedos | Brundle | Black Jack | Blaine | Blight | Boskonovitch | Brennan | Cain | Caligari | Caramujo | Carla | Dráuzio Varella | Channard | Chapatin | Chipkevitch | Cossack | Destino | Dolittle | Doppler | Drake Remoray | Drakken | Dre | Eirin Yagokoro | Enéas | Estranho | Evil | Farnsworth | Finitevus | Frankenstein | Frank-N-Furter | Giggles | Gordon | Gori | Griffin | Grossenfiber | Grossman | Hakase | Hannibal | Hans Chucrutes | Havanir | Hax | Heinz Doofenshmirtz | Heiter | Hellsing | Herbert West | Hibbert | Hodgins | Hogback | Hollywood | House | Ivan Kintobor | Jekyll | Jajáh | Júlia | Kahl | Keflen | Kinsey | Kurosaki | K'Retão | Lelé | Light | Lightman | Loomis | Lorca | Maki Gero | Myuu | Manhattan | Mario | Meia-Noite | Medic | Moreau | Neo Cortex | No | Norstein | Octopus | Oetker | Olimpo | Osmar de Oliveira | Pepper | Pet | Phibes | Pimpolho | Piroca | Pitanguy | Princesa | Raio X | Raichi | Regal | Robert | Roberto | Roberto Rey | Robotnik | Sensato | Seuss | Shephard | Shepherd | Silvana | Sin | Slump | Sócrates | Steinman | Chopper | Van Helsing | Victor | Watson | Wheelo | Weil | Wily | Who | Whooves | X | Zoidberg

v d e h
Dr. House
</br>
House.gif
House.gif

Esse artigo é relacionado às medicinas do Dr. House. E sabe que não deve usar vicodin.

HouseCuddyWilsonTaubAmberChaseKutnerForemanTrezeCameronBrennan