Dwight D. Eisenhower

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Eisenhower sempre pareceu um pouco assustado.

Cquote1.png As coisas são mais como elas são agora do que quando eram antes. Cquote2.png
Ike sobre o dia em que deixou Capitão Óbvio escrever seus discursos.

Dwight David "Ike" Eisenhower (14 de outubro de 1890 - 28 de março de 1969) foi o 34° presidente dos Estados Unidos da América. Antes de se tornar presidente, Eisenhower foi um general de cinco estrelas no Exército norte-americano Catering Corps, e desempenhou um papel essencial em criar as tortas para a decisiva batalha final de tortas na Segunda Guerra Mundial.

Eisenhiwer nasceu no Kansas. Sua família pertenceu a uma seita menonita que pregava não-violência e não-comédia. Isto acabaria com o jovem Dwight rompendo com a religião de sua família quando ele se graduou na Academia Militar como um major em arremesso de torta. Em 1916 Eisenhower se casou com Mamma Bruschetta.

Carreira militar[editar]

Cquote1.png Uma carreira no bom e velho Exército norte-americano! O quê mais um rapaz poderia querer? Cquote2.png
Eisenhower sobre se matricular na Academia Militar em 1913.
Cquote1.png Ai, caralho! Cquote2.png
Eisenhower sobre se graduar na Academia Militar em 1917.

Primeira Guerra Mundial[editar]

Eisenhower recebia ajuda de um camarada especial contra a Tríplice Aliança.

Depois de ter cursado a Academia Militar, Eisenhower se torna um segundo tenente em uma cozinha de guerra no Fronte do Oeste durante a Primeira Guerra Mundial. Foi aí que ele conheceu os soldados comediantes da vida real. Esses eram em sua maioria soldados incompetentes que estavam em cozinhas policiais depois de hilariamente acidentalmente deixando nervosos seus respectivos sargentos.

Apesar de inicialmente entusiasmado com sua posição, Eisenhower rapidamente se desecantou. As tortas de creme que oe norte-americanos estavam usando no fronte eram imensamente inferiores do que as mais aerôdinamicas tortilhas que os soldados alemães estavam arremessando, culminando em um grande número de norte-americanos sendo forçados a pararem em seus postos, piscar e retirar o pastel de um dos olhos.

Eisenhower trouxe esse assunto para um superior seu, que caiu em gargalhadas com suas sugestões, dizendo que a torta norte-americana ainda era uma arma bem mais humilhante do que as tortinhas de pêra usadas pelos franceses ou os baldes de água para lavar carro sendo empregados pela Brigada Real Britânica do Saguão Musical.

Depois de longas conversas com George S. Patton - então um jovem oficial em ascensão na Klown Kar Korps - Eisenhower resolveu permanecer na Catering Corps depois da guerra com o intuito de criar uma munição ainda pior para futuras batalhas de comida que o Estados Unidos se envolva.

Entreguerras[editar]

As Filipinas[editar]

No final da guerra, Eisenhower havia ascendido para uma patente de capitão. Se recusando a aceitar uma oferta de treinar soldados incompetentes para contornar para o caminho errado e então batendo um no outro com a coronha de seus fuzis, ele optou por se tornar assistente do general MacArthur. Como um comandante das forças norte-americanas nas Filipinas, o principal objetivo de MacArthur era criar piadas étnicas sobre os filipinos. Eisenhower foi obrigado contra sua vontade a jogar suas tortas na fornalha para poder custear a pesquisa sobre quantos filipinos são necessários para se trocar uma lâmpada.

Com a conclusão dessa pesquisa, Eisenhower puxou o saco de alguns e lhe foi concedido uma transferência para o Forte Coragem, onde ele serviria baixo o comando do homem que seria seu mentor: general Buster Keaton.

General Keaton[editar]

General Keaton foi uma lenda da comédia nas Forças Armadas norte-americanas. Na Grande Guerra, ele foi pioneiro no uso de tanques para dirigir sobre cacas de galinha dos inimigos, frutas cítricas e vidro que não corta, mas sua carreira começou bem antes durante a luta de Pershing contra Pancho Villa, ele infligiu uma derrota fustigante no líder guerrilheiro por usar um falso bigode de "Pancho Villa" e imitando seu andar. Antes disso, durante a Rebelião dos Boxers, ele pessoalmente liderou a Terceira Brigada de Cães de Raça durante o ataque a Hunglo.

Eisenhower tornou o seu novo comandante um ídolo, e resolveu aprender tudo que ele pudesse sobre a antiga arte de fazer humor fardado. Em particular, Eisenhower levou a sério as teorias de Keaton sobre se assegurar que cada pelotão contesse o balanço correto de "personagens clichês", incluíndo um sargento raivoso, um soldado espertalhão, um cara rico (seja um recém-graduado da Academia Militar ou um recruta relutante), e um filho da puta burro. Eisenhower assimilou esse padrão básico, adicionando alguma comédia étnica leve, geralmente envolvendo um escandinavo que pronunciava a letra "J" como "Y".

Fazendo pães[editar]

Continuando seus experimentos em preparo de pães por sua própria conta, Eisenhower descobriu uma consistência leve de pasta que aumentou o alcance das tortas norte-americanas. Combinado com o desenvolvimento do almirante Nimitz da garrafa de alta pressão de 51 e o desenvolvimento do general Doolitlle da bomba de piñata, esse avanço era para ajudar a assegurar a supremacia norte-americana no arsenal de comédia na televisão da época.

Segunda Guerra Mundial[editar]

Soldado Abbot e raso Costello, assassinos mortais nos comandos de comédia relaxam com as irmãs Andrews enquanto aguardam uma reunião com general Eisenhower.

Quando a Segunda Guerra Mundial eclodiu depois que Adolf Hitler vendeu para Josef Stalin uma marca de xampu que fez-lhe nascer um cabelo gozado, Eisenhower foi posto no comando geral dos Aliados na Europa, no momento a situação era hilária sinistra. Tropas alemãs hilariosamente exageraram uma marcha de ganso que forçaram tropas francesas a cair de bunda de volta em Paris. A Força Expedicionária Britânica foi pega com as calças abaixadas (literalmente) e foi sujeita a uma série de piadinhas humilhantes de duplo sentido. Os nazistas então desviaram sua atenção para a Rússia, então no meio de uma aleijante escassez de piadas que ocorreu de 1232 d.C até os dias atuais.

Eisenhower percebeu que ele teria que mudar a "maré" rapidamente. Ele também percebeu que a maior fraqueza dos alemães era sua tendência de acreditar que todo qualquer um que estivesse vestido como Hitler provavelmente é Hitler, então ele tinha um grande grupo de farsantes de Hitler que soltou de paraquedas no território ocupado.

Com os alemães portanto distraídos, Eisenhower pessoalmente liderou uma campanha de roubar calcinhas na madrugada no Reichstag. A campanha foi um sucesso parcial, com muitos objetivos principais alcançados, mas o superior Marshal Erwin "Raposa Desértica" Rommel perseguiu os fujões por toda a Europa. O astuto Eisenhower escapou por pular com sua equipe em um rio. O tanque de Rommel era incapaz de fazer o salto e um Rommel humilhado caiu do assento do motorista dentro do tanque, gritando auch, hundgeganden es.

Dia D[editar]

Com o conflito na Europa se intensificando fora de controle, Hitler se confrontou com Eisenhower e sugeriu que o Eixo e os Aliados acertassem suas diferenças, no campo multi-esportes no evento anual do "dia D" no lago Winnabola. Esportivamente, Eisenhower concordou, sabendo que a rapaziada do Eixo iria querer trapacear nas partidas, então ele tinha seu próprio pessoal os observando. Portanto, quando Martin Borman pôs pólvora formigante nas mochilas dos Aliados, general Patton sagazmente trocou com as mochilas do pessoal do Eixo. Quando almirante Dönitz tentou furtivamente vencer a corrida de canoagem por torpedear as canoas Aliadas, ele percebeu que sua tripulação mal conseguia se mover visto que Marshal Montgomery havia trocado suas fardas com outras que eram muito menores.

Apesar de toda essa canalhice, o placar permaneceu ombro-a-ombro até a competição de comer. O vencedor dos Aliados nessa competição Winston Churchill se jogou de cara a cara com Heinrich Himmler. Himmler estava vencendo, até que Eisenhower percebeu que não era Himmler no final das contas - era Joseph Goebbels disfarçado em uma roupa de gordo que tinha um espaço vazio para armazenar comida!

Naturalmente, Eisenhower declarou "guerra de comida!" e os Aliados foram vitoriosos. Um Estados Unidos agradecido decidiu fazê-lo seu líder, mas decidiu por esperar seis ou sete anos antes de fazer isso, apenas para que eles pudessem explorar o seu serviço militar isso não lhe subisse á cabeça.

Pré-presidência[editar]

Richard M. Nixon, fotografado durante seu julgamento por amarrar Deana Durban em uma linha férrea.

A campanha eleitoral presidencial de 1952: EU GOSTO DO IKE![editar]

Em 1952, o público norte-americano procurou fazer Eisenhower seu líder, e o movimento "Empodere Eisenhower" começou.

Cquote1.png Empoderar Eisenhower? Mas eu já estou no Exército. De fato eu sou o líder da OTAN... ah, agora eu entendi! Seus malandros... Cquote2.png
Eisenhower sobre o movimento Empodere Eisenhower.

Como ele não era um de abandonar suas responsabilidades, Ike imediatamente retirou a Convenção Republicana na área proíbida em Michigan. Há dois modos de se tornar um candidato republicano para presidente: ganhar vários votos de delegações estaduais ou puxar uma espada mística conhecida como Berwale a Vingadora de dentro do fígado de Ulysses S. Grant. Eisenhower foi o primeiro - e de longe o único - homem a conseguir ambos feitos extraordinários.

Como um homem de grande coragem, honestidade, integridade e virtude, Eisenhower decidiu por "balançar o tíquete" por escolher um vice-presidente que fosse um desprezível merda. Naturalmente, ele escolheu Richard Nixon, um homem uma vez descrito como "...um vil, degenerado babaca maquiavélico" por sua própria mãe.

Eisenhower estabeleceu uma estrita política de anti-comunismo, o que realmente o destacou de todos aqueles políticos norte-americanos pró-comunistas da década de 1950. Ele também assegurou o essencial voto "às cegas" por prometer construir um vasto sistema de rodovias, e começou uma campanha nacional para chamar atenção a si mesmo. O slogan de campanha era simples, porém efetivo: "EU GOSTO DE IKE". Quando Nixon concorreu para presidente pela primeira vez em 1960 ele tentou adaptar esse slogan como "EU GOSTO DE DICK". Esse slogan contribuiu significamente para sua derrota.

Presidência[editar]

Como presidente, ele basicamente apenas jogou golfe e tirou longas sonecas. Isto ficou conhecido como "A Doutrina Eisenhower", e a população norte-americana da década de 1950 achou que isto estava perfeitamente bem.

Não mesmo, a presidência[editar]

Tudo bem, tudo bem, como todo mundo sabe Eisenhower manteve a sua promessa de construir um sistema de rodovias. O que é menos sabido é que ele construiu grande parte disso sozinho. Quando o trabalho no gabinete começou Eisenhower fez a dança da chuva em uma cerimônia solene, mas devido a um desses mal-entendidos embaraçantes que se tornariam uma marca de sua presidência, ninguém o contou que a coisa toda era simbólica. Como resultado, Eisenhower construiu pessoalmente mil e duzentas milhas de rodovias interestaduais, ou mais de um quarto do sistema ao todo.

Como um resultado de seu comportamento estranho, a equipe de Eisenhower foi obrigada a seguir-lo ao redor do país, tendo reuniões ad hoc durante os descansos de Ike. Quando não estavam discutindo assuntos ou eventos nacionais ou mundiais, a equipe geralmente se ocupava de ficar se apoiando em pás e fazendo comentários sugestivos para mulheres que passavam.

Política doméstica[editar]

Cquote1.png Gatinhos e gatinhas! Essa é a Rádio Pancadão Rola na Xota e agora vocês escutarão uma música do MC Sapão! Cquote2.png

A política doméstica de Eisenhower era dividida em três partes.

Primeiramente, Eisenhower estava temeroso da influência crescente de cantores melosos de má-reputação como Frank Sinatra e Bing Crosby entre outros. Em uma tentativa de acobertar essa influência, ele viu a necessidade de tirar os mais jovens dessa música perigosa e pô-los em um novo estilo que ele inventaria, chamado "Rock and Roll". Inicialmente a música de Eisenhower era lenta para decolar. A mudança veio quando Herbert Hoover inventou a guitarra elétrica. Isso permitiu "roqueiros" do começo como Eisenhower, John Wayne e Joe McCarthy a tocar em grandes palcos, e o estilo finalmente encontrou o seu público.

Segundamente, Eisenhower procurou reduzir os índices gerais de criminalidade por concentrar juntos os melhores super-heróis norte-americanos dentro a força que mais combate o crime no mundo. Quando informado que coisas como super-heróis não existem, Eisenhower foi forçado a formar a Liga de Animais Heróicos; consistindo em Lassie, Louro José, Snoopy, Scooby-Doo e a Galinha dos ovos de ouro. Os sucessos da Liga significaram que hoje os Estados Unidos é 97% livre de gangues criminosas lideradas por adestradores.

Terceiramente, Eisenhower estava muito preocupado com a Esquerda política. Depois de tudo, se ele não houvesse corrigido sua tendência de pescar, como ele melhoraria sua deficiência? Para combater este problema, Eisenhower criou a nova posição do golfe profissional. Isso permaneceu uma posição quase que ministerial até que George W. Bush misturasse o Departamento de Golfe com a NBA.

Relações diplomáticas com William Fershaw Junior[editar]

Em 18 de julho de 1957, Eisenhower se tornou o primeiro presidente a abrir relações diplomáticas entre a Casa Branca e o morador de nove anos de Washington D.C. William "Billy" Fershaw Junior. Isto ocorreu ás dez e quinze da manhã, quando Ike abriu a janela do Salão Oval e pediu satisfações sobre o que Billy estaria fazendo em seu gramado.

Billy se recusou a responder, ao invés escolheu correr. Porém, meio-dia e trinta e cinco daquele mesmo dia, ele estava ali novamente, flagrantemente violando as mais lindas flores do jardim com mijo quente. Eisenhower novamente pediu para manter contato, pedindo para Fershaw se retirasse. Dessa vez, Fershaw disse que estava procurando por uma bola de beisebol que ele teria lançado sobre a cerca. Sobre o aviso do Departamento de Estado, Eisenhower citou a resolução número trezentos e dois da Organização das Nações Unidas, que claramente diz que invasões territoriais em busca de uma bola, Frisbee, pipa ou dardo não deve ser considerado permitido caso o objeto perdido ou objetos apresenta um risco consideravél para as flores da senhora Eisenhower.

Deliberadamente ignorando suas obrigações quanto a lei internacional, Billy respondeu que "...putz! Senhor (Eisenhower), eu não irei demorar." Ao invés de intensificar o conflito com hostilidades imediatas, Eisenhower iniciou a Operação Onda de Jardim no Canalha de Maneira Vagamente Ameaçadora. Por alguns poucos segundos bem tensos, ambos lados se contiveram na sua marra. Então Fershaw lançou a bola de beisebol por detrás do Jardim Memorial do gnomo Warren G. Harding, e bateu em retirada do gramado da Casa Branca.

Eisenhower pediu uma coletiva de impressa e explicou que a Crise Fershaw foi resolvida sem nenhuma baxa, entretanto no meio da entrevista, uma bola de beisebol vinda sabe-se lá de onde venho com tudo sobre a janela do Salão Oval. Eisenhower então chamou o Comando Estratégico Aéreo e os ordenou para que tocassem a companhia da mãe de Billy e reclamassem.

Depois da presidência[editar]

Eisenhower e Nixon na sua festa de vitória. No dia seguinte, Eisenhower acordou em uma câmara de gelo, sem um rim.

Ninguém contou para Eisenhower que sua presidência terminou em 1960. Ele passou os seus nove anos restantes de vida acreditando erroneamente que era o comandante-em-chefe da maior potência militar de todos os tempos. Ele portanto se ocupou em jogar golfe e tirar longas sonecas. Vez ou outra, ele construía uma rodovia ou duas, e uma vez ele foi para Taiwan como um membro de Força de Pacificação. Uma vez, ele enfrentou uma reunião tensa entre Nikita Khrushchev e John Kennedy, mas todos foram tão educados para mencionar essa faux pas. O cara legal no Kremlin no gabinete de impressão até mesmo fez um tratado cuti-cuti para ele assinar, no que todo mundo concordou em ser um ato gentil.

Ele finalmente morreu em 1969, em uma das poucas mortes que não envolveram o vírus Zika.

Críticas[editar]

Ao longo dos anos, historiadores e comentaristas tem sido geralmente positivos sobre a presidência de Eisenhower. Livros notáveis que o elogiam incluem a biografia Eisenhower: Um Elogio Crítico; lançada em 1972 pelo professor Richard C. Haysburrough. O livro de 1967 Melhore Sua Dicção Com o Jeito de Eisenhower! e a música Disco de Andrea True lançada em 1976 "Ike, Ike, Ike (Como Você Gosta de Mim?)"

Entretanto, em anos recentes uma segunda escola de pensamento tem surgido, pondo em cheque as conquistas de Eisenhower. Conhecido como o "Velho do Mal" escola de pensamentos sobre Eisenhower, começou com a biografia de 1997 do doutor William Fershaw Junior com o título Eisenhower: Cocô Na Cabeça!; o tema desse livro tem sido expandido em trabalhos posteriores de Fershaw incluíndo Ike: Idiota, Vai Me Pôr de Castigo, Vai? E mais recentemente Eu Tranquei O Teu Carro, Velho! Ha, ha, ha, ha!

Dwight D. Eisenhower na cultura impopular[editar]

  • Philip Glass escreveu um poema que se pode ler em dezoito horas intitulado: Eisenhower: Guerreiro do Golfe. Tocar a gravação em CD do poema é proíbido pela Convenção de Geneva.
  • A revista Fãs de Tapete Queimado nomeou Eisenhower um dos "cem maiores pessoas que não vale a pena se importar."
  • O mascote de Gor Fandom Anonymous é um hamster de Eisenhower chamado "Ikey".
  • Goatse pode ou não pode ter dito algo sobre Eisenhower, mas eu não irei confirmar. Você irá? Acho que não.