Economia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pergunta sacana.jpg Este artigo é relacionado à matemática.

ExdeSubtração.png

Diferença básica entre os dois ramos da Economia

Cquote1.png Meu modelo sobre o mundo é perfeito, é a realidade que está errada! Cquote2.png
Economista sobre o mundo
Cquote1.png Cadê o cálculo? Cquote2.png
Estudante de Economia sobre a aula de História Econômica
Cquote1.png Aprendendo a deduzir a integral Cquote2.png
Professor sobre Matemática II
Cquote1.png É sub-curso! Cquote2.png
Economista sobre o curso de Administração
Cquote1.png O que exatamente você quer igualar? Cquote2.png
Economista sobre 2+2
Cquote1.png Você por acaso estudou cálculo? Cquote2.png
Estudante de Engenharia sobre estudante de economia
Cquote1.png O PIB irá crescer 0,5% no segundo semestre Cquote2.png
Economista sobre Economia
Cquote1.png O PIB irá crescer 0,7% no segundo semestre Cquote2.png
O mesmo economista, no dia seguinte sobre Economia
Cquote1.png O PIB irá crescer 0,8% no segundo semestre Cquote2.png
O mesmo economista, no mês seguinte sobre Economia
Cquote1.png O PIB caiu 0,3% no segundo semestre Cquote2.png
Jornal O Globo sobre Economia
Cquote1.png O Globo não tem metodologia... Cquote2.png
Economista sobre Jornal O Globo

A Economia surgiu em 1922, quando Tarsila do Amaral vendeu seu quadro, o Urubutu Ninja, por 1 milhão de reais. Depois desse fato, as pessoas ficaram impressionadas pelo fato de uma obra tão ruim ter sido vendida por tanto e por uma pintora igualmente tão ruim. Alguns aposentados e pensionistas do INSS da época decidiram estudar o superfaturamento dos artistas modernistas ruins e assim surgiu a Economia.

Em termos filosóficos, pode-se definir economia como a dolorosa elaboração do óbvio. Ou seja, A Ciência Econômica é extremamente útil como uma forma de emprego para os economistas. Tendo em vista que o corpo Docente das Faculdades de Economia não sabem o que realmente fazem lá, muitos vivem em um mundo paralelo de magia e encanto; conversam com fadas, chegam montados em unicórnios, desenham curvas de demanda e oferta cruzada e acham lucro máximo através da receita marginal, lucro marginal e custo marginal e acham que tudo isso faz parte do mundo real.

Após milhões de reais gastos no xerox, muita leitura, dedução de integrais, derivadas logarítimicas até a morte, Econometria, Macroeconomia I, II, III, LCXVI, e alguns cabelos brancos o economista formado decide trabalhar adivinhando coisas erradas sobre tudo que achar conveniente.

Sendo uma farsa em participação aos grupos sociais nos quais são requeridas carteirinhas em diversas formas.
então com os clubinhos devidamente esquematizados para para mentir atuar os valores em cobranças,
são uniformizados as leis enquanto desfilam suas aquisições.
Desta maneira evidenciando ausente pela culpa as participações em que fazem as particularidades.

Razões para estudar Economia[editar]

Porquinho de um brasileiro
  1. Economia é o único campo onde duas pessoas podem ganhar um Prêmio Nobel dizendo exatamente coisas opostas.
  2. Economistas são armados e perigosos: "Cuidado com nossas mãos invisíveis!"
  3. Economistas são os únicos profissionais que podem gastar tempo e recursos para fazer uma previsão, estar completamente enganados, e ainda ser bem vistos pelos outros.
  4. Economistas podem ofertar quando são demandados.
  5. Economistas são a única classe de profissionais que não sabem o que, para que e por que fazem o que fazem.
  6. Economistas não fazem piadas internas, fazem piadas endógenas.
  7. Você pode falar de dinheiro sem sempre ter de fazer dinheiro em alguma coisa.
  8. Mick Jagger e Arnold Schwarzenegger estudaram economia e veja no que se tornaram (como prova que o curso é muito bom, um deles é músico e caiu no golpe da barriga)
  9. Quando você está na fila de desempregados, ao menos você sabe porque você está lá.
  10. Embora a ética ensine que a virtude tem sua própria recompensa, na Economia nós aprendemos que a recompensa tem sua própria virtude.
  11. Quando você está bêbado você pode falar para todo mundo que você está apenas pesquisando a lei da utilidade marginal decrescente.
  12. Aprender em Micro II como funciona a Fantástica Fábrica de Chocolate.
  13. Saber manipular a matriz hessiana, quadrática, canônica, transposta, inversa, matriz dos cofatores, matriz católica apostólica romana, matriz illuminati, matriz Big Mac, matriz Estepe, matriz caverna do dragão e outras matrizes.
  14. Poder usar as palavras "depende, partindo do pressuposto e mais ou menos"
  15. Se achar melhor do que os alunos de Administração e Gestão Pública, mas no fundo pagar pau.
  16. Jogos preferidos: Banco Imobiliário, Folha Invest e Jogo do Mc Donald. Principalmente testar suas hipóteses (keynesianas, Schumpeterianas, Maxistas) no Jogo Sim City, onde o aluno já se acha um Ministro da Fazenda.
  17. Esquematizar clubinhos cuja finalidade é a malandragem.
  18. Se ficar desempregado, basta fazer um Pronatec.

Livros de Economia[editar]

Economia=ecologia. Veja que a linha preta é o crescimento da dívida e a linha vermelha são os ciclos da economia.

Livros de Economia são coisas parecidas com livros, mas muito, MUITO assustadoras. Nunca leia um Livro de Economia. SE por um acaso um deles cair em suas mãos, tente uma das seguintes:

1. Amasse bonitas flores;
2. Amasse bonitos insetos;
3. Use de peso para papel;
4. Deixe sempre a vista para impressionar os estudantes da graduação;
5. Mande para Brasília como uma tática de intimidação;
6. Jogue fora;
7. Deixe a chuva ou outras forças da natureza avaliarem e debaterem com o livro;
8. Venda-o como livro usado para pagar a cerveja do fim de semana;
9. Faça uns origamis com as páginas de Contabilidade Social para as gurias de Arquitetura, ADM, Odonto, etc;
10. Leia (hahaha!). E chore...

Economia de vários países[editar]

Principais atividades da Economia Brasileira

Neste caso a palavra economia indica o que o país/região produz e vende para si mesmo ou para fora.

Economia brasileira[editar]

Ranking de nossa economia

1º - Corrupção

2º - Tráfico de drogas

3º - Corrupção

4º - Futebol

5º - Corrupção

6º - Advogados

7º - 25 de Março

8º - Impostos

9º - Putaria

10º - Corrupção

Métodos Inovadores[editar]

  1. A primeira ciência a usar do método gravitacional de correção de provas!!!

1º. Joga-se as provas dos alunos para cima
2º. Observa-se onde cada prova caiu e atribui-se a respectiva nota:

  1. Em cima do armário embutido = 10;
  2. Em cima do ventilador em movimento = 9;
  3. Na brecha do armário = 8;
  4. Cachorro levou e comeu = 7;
  5. Em cima da mesa do escritório = 6;
  6. COMPLETAMENTE embaixo da mesa do escritório = 5;
  7. Parcialmente embaixo da mesa do escritorio = 4;
  8. Fora da mesa do escritório ponderada pela distância = 3,2 ou 1;
  9. Provas que esqueceu de jogar = 0;

Ver[editar]