Eiri (Saint Seiya)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Narutofuuga.jpg Este artigo é relacionado a fillers!

Você nunca vai ver num mangá, provavelmente não serviu para porra nenhuma
e é difícil pacas de encaixar na cronologia original (ou não).

Clique aqui para saber de outras coisas sem importância.

250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Eiri

Barbaric girlfriend eiri e hyoga.jpg

Classificação Reencarnação divina
Cavaleiro
Deus a que serve Éris
Armadura Nenhuma
Golpes Nenhum
Perfil
Nacionalidade Bandeira do Japão Japão
Local de Treinamento Nenhum
Nascimento Desconhecido
Frase Favorita "Obrigada, Hyoga!"


Eiri Aizawa é uma personagem criada especialmente para o filme Saint Seiya, o Santo Guerreiro, portanto é uma filler qualquer sem nenhuma importância. Nem ao menos no filme em questão ela é útil, já que passa mais da metade do mesmo possuída pela deusa Éris, ou seja, sem ser ela mesma.

O motivo de sua criação foi afastar um pouco os boatos de que Hyoga de Cisne praticaria incesto e necrofilia com sua mãe, já que Eiri e ele supostamente se apaixonam, embora não tenha rolado nem sequer um selinho entre ambos.

História[editar]

Quem será que vai cair na teia?
Eiri após umas biritas.

Cansada de tanto cuidar sozinha daquele bando de pivetes malcriados do orfanato, Minu ameaça pedir demissão caso não contratem alguém para ajudá-la. Assim, Eiri é enviada por alguma agência de empregos vagabunda e passa a trabalhar lá com ela, mesmo sem ter a menor experiência. Logo em seu primeiro dia de trabalho, ela quase deixa uma das crianças ser atropelada por um caminhão, mas por sorte o acidente é impedido por Hyoga, que consegue parar o veículo a tempo com uma única mão enquanto segurava melancias com a outra (WTF?). Eiri fica toda envergonhada e agradece, e como Hyoga é muito burro e não entende nada de mulher, já acha que só por causa disso ela está querendo transar com ele.

À noite, ambos vão ter um encontro a sós em um porto abandonado e Hyoga está crente que conseguirá dar um créu nela, mas Eiri fica hipopotamizada hipnotizada com uma estrela cadente e o ignora completamente, então ele vai embora e a deixa lá sozinha. Eiri resolve ir atrás do lugar onde caiu a tal estrela e vê que na verdade a dita cuja se tratava de uma maçã enveneneda dourada, que a deixa bem louca após pegá-la.

Eiri agora está possuída por Éris, a deusa da discórdia, e como todos os inimigos dos Cavaleiros do Zodíaco ela sequestra Saori Kido na tentativa de tomar o lugar de Athena e dominar o mundo. Aos poucos, sua aparência vai mudando de uma loira boazinha vestida de empregada para uma bad girl completamente azul de vestido vermelho. Mas fica gostosa dos dois jeitos.

Óbvio que no final, tanto Saori quanto Eiri são salvas da perigosa Éris, mas a loirinha nunca mais foi vista novamente. Dizem que Shun de Andrômeda ficou com ciúmes dela com Hyoga e ameaçou-a de morte caso voltasse a aparecer, então ela teria feito uma cirurgia de mudança de sexo e passado a trabalhar em Gravitation chamando-se Eiri Yuki a partir de então.

Ver também[editar]

Cavaleirospredef2.jpg