Elói Mendes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Serjão entrevista.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Cquote1.png Queeeeeeeeeeeeemm???? Cquote2.png
Desconhecido sobre Elói Mendes

Cquote1.png Quase passei por lá! Cquote2.png
ET de Varginha sobre Elói Mendes
Cquote1.png Lá só tinha um povo estranho Cquote2.png
ET de Varginha sobre Elói Mendes
Cquote1.png Aaaaaaaaaaaaaaah, num conheço Cquote2.png
Cidadão de outra cidade qualquer sobre Elói Mendes
Cquote1.png Já comi muita mina lá Cquote2.png
Praibói Paulista sobre Elói Mendes
Cquote1.png Não pode ser!!! Terei um sósia barato maior que eu por lá Cquote2.png
Cristo Redentor sobre Elói Mendes
Cquote1.png eO AmUhxxx Esshaa XidadIiiXXX, AdOhhhlò fIkAààH na mEjinha do XennntraAlll kUm MeUSssXxx MiGuxXoSZxX!!!!! Cquote2.png
Emo sobre Elói Mendes
Cquote1.png Adooooooooooooooooooooooooro! Cquote2.png
Viadinho de Varginha sobre Elói Mendes

Elói Mendes é uma cidade do interior do interior de Minas Gerais. Fundada a muitos anos com o primeiro nome de Espírito Santo do Pontal depois com um nome de um mosquito que na época ficou famoso por sua proliferação, devido as más condições de saneamento e esgoto e por fim com o nome de um barão fidumaégua que nem da cidade era. Além das várias lendas e personalidades que há na cidade, também há o costume de abrir o portão e comer carne assada na calçada. A rodoviária de Eloi Mendes parece um ponto de ônibus, e Elói Mendes fica colado na periferia de São Paulo também.

Lazer[editar]

Elói Mendes possui na cidade alguns atrativos turísticos, o que o prefeito da cidade insiste em dizer que a cidade tem, como por exemplo... por exemplo, bom, tem...

Enfim, isso não vem ao caso, as maiores diversões do município estão entre as duas únicas lan houses que oferenem muitas opções de jogos como, Lineage e, (...), CS, e... acho que só.

O PONTEC (Pontal Tênis Clube), clube menos pior da cidade, oferece algumas opções de lazer para a população, principalmente a população High Society falida que pensa que tem grana. O clube oferece uma cota com o preço que poucos podem pagar ou se não bastasse tomar açaí com leite em pó e M&M's na "vendinha" do japonês.

A única coisa que o povo de Elói Mendes sabe fazer

Há também uma pista de skate, a única coisa que fizeram de bom para cidade (drogas), porque o resto até desanima. E só quando tem campeonato no MUNICÍPIO que vem pessoas de outras cidades, porque caso contrário ninguém irá aparecer naquele município. Sem dúvidas, é o melhor investimento que o prefeito fez para a cidade. O maior problema de lá é que tem uns certos garotinhos que usam calça apertada, botas de 12 reais da lojinha, um bone da PBR comprado na 25 de Março e umas camisetas listradas. Confundimos eles porque são todos iguais, e dizem que são cowboys por causa deste traje. Mas montar que é bom nada. É triste querer ser uma coisa que não pode.

O próximo projeto da prefeitura é construir prédios, para as gravações do próximo filme do homem-aranha. Porque lá não há prédios. Como o homem-aranha se sentiria nessa cidade?

Carnaval[editar]

O carnaval em Elói Mendes é conhecido pela quantidade de mina fácil que se entrega por alguns poucos trocados ou por uma latinha de cerveja. A festa é geralmente realizada na Praça Matriz do município, onde um caminhão elétrico movido a lenha rege toda a população com uma sequencia de algumas músicas baianas e muito, mas muuuito funk e ainda por cima com o aparelho ligado no repeat, levando a população ao delírio.

Eloi Mendes só presta no carnaval, quando o Sul de Minas todo se escorre pra lá pra pular igual louco. Cinema? Só em Varginha, uma cidade que fica a légua ou cinco minutos de carroça de Eloi Mendes. O povo de Elói Mendes praticamente mora em Varginha, já que tem que ir lá todos os dias, para fazer as mais diversas coisas. Moram em Elói Mendes pois Varginha é uma mega-cidade e não há espaço para todos, é só formalidade. A economia de Elói Mendes gira em torno das lojas Edmil e da Cambos, uma megaempresa de roupas que emprega 97,96% da população da cidade.

Ver também[editar]