Elétron

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Quimico.jpg
Lobisomem Negão.jpeg

Este artigo é relacionado à química.

Ele pode ser ácido, básico ou neutro.

Se observar fumaça branca, CORRA PRA CARALHO!!.


Martelo regua.jpg

Este artigo é relacionado à física

P é potência, p é pressão. V é volume, v é velocidade. T é temperatura, t é tempo. Manjou?


Tomadinha do poder.jpg

Elétron tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força


Um elétron querendo te pegar!

Cquote1.png Você traiu o movimento eletrônico, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre elétron
Cquote1.png Sou mais eu. Cquote2.png
Próton sobre elétron
Cquote1.png Ele é muito negativo. Cquote2.png
Nêutron sobre elétron.
Cquote1.png A VAI PRO INFERNO SEU FILHO DA PUTA O DIABO QUE O CARREGUE DESGRAÇAAA SOME INFELIZ DA MERDA Cquote2.png
Eletron,sobre o comentario acima
Cquote1.png Elétrons têm relação com eletricidade? Não sabia. Cquote2.png
Guria retardada sobre elétrons.

O elétron é um raio estranho que fica voando e dando choques em átomos, sendo o princípio do funcionamento das gambiarras.

Pré-história[editar]

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Elétron.

Os gregos, mais especificamente Léucipo e Demócrito, foram os gênios que decidiram vadiar nas aulas de história de Heródoto e foram brincar com um âmbar (o que?), que é o sangue das árveres, digo, árvores. De repente, quando Léucipo foi botar a porcaria na bunda, levou um choque. Descoberta estava a eletricidade. Com o nome do troço em grego (eléctron, que significa "choque no cu"), eles deram essa nome ao fenômeno, tendo gostado muito dele e experimentado umas mil vezes depois, tendo também eles inventado o primeiro vibrador.

Cquote1.png Meus ídolos! Cquote2.png
Deidara sobre Léucipo e Demócrito.

Adivinha sem graça sobre elétrons[editar]

- Por que não devemos engolir elétrons?

- Porque eles têm "spin"...

Descoberta[editar]

Joseph Thompson descobriu essas coisinhas em 1800 e sei lá quanto; na época os microscópios eram antiquadíssimos e ele achou que estava vendo um monte de passas, por isso o seu modelo atômico passou a ser chamado de Pudim de Passas.

Tempos depois, alguém levou uma descarga de um raio (Benjamin Franklin). Como o raio soltou faíscas, ele chamou as coisinhas de elétrons e deduziu que aquilo eram elétrons. Como os gregos, ele decidiu experimentar num vibrador, mas pra que a mulher dele não descobrisse suas intenções, transformou o vibrador num para-raios. Daí pra frente o elétron virou um elétron. (sério?)

Poder de um elétron[editar]

O elétron tem tão pouca massa que até um zero à esquerda pesa mais. Mas os seus raios elétricos são tão fortes que fazem até defunto levantar. Essa energia é chamada de energia negativa, em contrapartida ao seu irmão gêmeo gigante, o próton, que ganhou energia positiva. O porquê disso deve ser porque os prótons não dão choques. Pode ser né...

Utilizações[editar]

Inimigos do elétron[editar]

O elétron é uma boa pessoa?[editar]

Não sei, nunca troquei uma ideias com ele. Mas os alegres dizem que ele é ótimo. Confie em quem você quiser...