Eleição presidencial no Brasil em 2014

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dorgas melocoton.png Eleição presidencial no Brasil em 2014 dá um tapa na pantera!

Por isso ninguém entende o que ele(a) diz!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

Os principais candidatos do pleito e suas formas sem Adobe Photoshop.

Cquote1.png Vamos criar o ministério da segurança Cquote2.png
Pastor Everaldo
Cquote1.png Vamos proteger as fronteiras Cquote2.png
Aécio Neves
Cquote1.png Vamos proteger as pessoas Cquote2.png
Marina Silva
Cquote1.png Vamos proteger os bandidos Cquote2.png
Luciana Genro
Cquote1.png Vamos construir um aerotrem Cquote2.png
Levy Fidelix
Cquote1.png Manaus é a capital da Amazônia por causa da pasta de dente no cachorro atrás Cquote2.png
Dilma Rousseff
Cquote1.png Quem é esse mesmo? Cquote2.png
Eduardo Jorge

A eleição para o novo Ditador do Brasil foi realizada em 5 de outubro de 2014. Como nenhum dos inúteis consiga mais de 50% dos votos válidos, vai rolar segundo turno no dia 26 de outubro, alongando ainda mais a porra do horário eleitoral gratuito.

Os três principais candidatos são: Dilma Rousseff, atual presidAnta, como ela mesma se denomina, candidata à reeleição pelo Partido dos Trapaceadores, tendo como principais adversários Aécio Never, o mineirinho do Partido Sem Direção Brasileiro (a.k.a. Tucanada) e Eduardo Campos Cosplay de Gilberto Gil acreano (de novo?), agora pelo Partido dos Só Bestas, sendo que a última terminou em terceiro por manipulação da mídia petista somado a uma ajudinha da Globo e Veja tucanas pura incapacidade própria. No final da eleição... isso é assunto pros próximos capítulos.

A Abertura de tudo[editar]

Após a liberação das candidaturas e uma ou outra treta, já se apressaram e criaram o tema de abertura, que não foi ao ar por confusões de direitos autorais de Um certo anime japonês. Mas conseguimos o vídeo mostrando-o abaixo

Entendendo como se passou tudo antes disso[editar]

Eleição de 2010[editar]

Ver artigo principal Eleição presidencial no Brasil em 2010

Lula com dificuldades de passar a faixa presidencial adiante.

Em 31 de Outubro de 2010, após uma eleição apertadona, Dilma venceu o Nosferatu no segundo turno e virou a primeira presidente (ou presidenta, só de acordo com ela e um monte de feminista imbecil), após uma caralhada de ataques lançados de crentelhos pra todos os lados atribuindo à Dilma o desejo de transformar o Brasil numa enorme Marcha das Vadias, o retorno do Colina pra explodir todo mundo, entre outras coisas que todo mundo sabe que ela ia fazer mesmo se ninguém delatasse jamais faria, longe disso. Até sobre o aborto ela disse que era católica e devota da deusa Maria (só num sabia que a Nossa Senhora do Reflexo na Janela agora era uma deusa).

Primeiros anos do governo Dilma[editar]

Os dois primeiros anos já começaram sendo uma bela bosta. Com todo o investimento financeiro sendo desviado para as obras da Copa de 2014, ficou difícil (na verdade, impossível seria melhor dizer) investir de maneira adequada na economia em si. Em 2013, a economia brasileira cresceu 2,5%, índice puxado principalmente pela venda de maconha e pelo aumento da taxa de investimento no jogo do bicho e na TelexFREE.

Tirando isso, não houveram mudanças significativas, pois a inflação, embora pequena, continua assustadora, as reformas agrária, política e tributária viraram fantasia e os investimentos em saúde se limitaram à importar escravos de Cuba pra pagar os charutos de Fidel Castro. Além disso, criou-se a Comissão Nacional da Verdade, que visava descobrir o óbvio, como tá escrito até na Wikipédia: a Ditadura Militar tá mais pra Mitadura.

Putaria no Brasil em 2013[editar]

Ver merda principal Vem Pra Puta

Típicos manifestantes surgidos em 2013.

No final de junho de 2013, sem mais nem menos, um monte de malucos coordenados pelo Movimento Passe Livre e pelos terroristas do Black Bloc, se revoltaram por causa de míseros R$ 0,20 de aumento nas passagens de ônibus, causando uma das maiores badernagens da história do Brasil, sendo que após muitas prefeituras ficarem com medinho e reduzirem os preços das passagens pra evitar o apocalipse zumbi, eles começaram a protestar de outras coisas, como a copa do Mundo de 2014 e seus gastos astronômicos, a obrigatoriedade de minissaias grandes e o direito de todo mundo oferecer a bunda sem ninguém dizer que é coisa de viado - mesmo sendo coisa de viado mesmo.

Após tomar muito na cara dos manifestantes, Dilma decidiu então sair da defensiva e criou uma das maiores mentiras desse país, com a criação dos "cinco pactos": a defesa de uma maior responsabilidade fiscal para evitar o avanço da inflação, a proposta de criar uma assembleia constituinte para promover a reforma política, maiores investimentos em mobilidade urbana, a destinação de 100% dos royalties do pré-sal para a educação e ações voltadas para a melhoria da saúde pública. Até hoje ninguém viu porra nenhuma dessas sair do papel. Ainda assim a população meio que comeu a conversa da presidanta, e juntando-se a isso o fato de pessoas como Sininho e outros filhos da puta similares terem fodido as manifestações fazendo quebra-quebra e dando uma de revolucionários comunas de merda, o povo ficou com medinho e aí as manifestações foram pro brejo.

Após a baderna acabar[editar]

Aqui jaz a reforma política prometida pela Dilminha.

Como dito na seção anterior, essa em cima dessa que você está agora, só não sei bem em que parte tá, deve ser no último parágrafo, mas enfim, a proposta da assembleia constituinte, onde ela iria criar uma nova constituição criando no país a Ditadura Comunista, acabou fracassando, obviamente Jair Bolsonaro e outros da turma da Direitas Já não ia deixar essa porra passar, e ela mesma, pra evitar a fadiga, morgou.

No lugar de fazer a tão anunciada reforma política, ela preferiu investir em coisas que segundo ela dariam mais certo para o país, como chamar uma corja de escravos cubanos para trabalhar forçados como médicos e receberem salários de 7.658,25 dolares zimbabeanos, no polêmico programa Mais Médicos, que não ajudou muito porque os médicos muitas vezes receitaram diagnósticos absurdos (como fumar charutos de sua terra), pois bastava uma paciente dizer que se sentia meio esquisita já era mandada pra fazer pré-natal, não sei porque esse povo que fala espanhol acha que toda mulher que se sente esquisita tá grávida, que bando de loucos debiloides...

A grande merda mesmo na jogada toda foi a descoberta de que a grana de milhões de brasileiros tinham ido pelo ralo perfurado pra achar pré-sal. O problema todo foi um investimento misterioso orquestrado pela sra. Rousseff chamado Pasadena Refinery System Inc, que foi feito nos istaitis, mas que deu muito muito muitíssimo errado, e a grana do financiamento, mas impostos, juros, mora, multa e outros acréscimos misteriosos causaram um rombo econômico tão espetacular que ainda não se sabe ao certo se algum dia veremos a cor dessa graninha de novo.

Por outro lado, os concorrentes principais também passavam por problemas: Aécio foi pego com a boca na botija, ou melhor, no jatinho indo para a cidade de Pó Alegre capital do RS, após descobrirem que o mesmo usou dinheiro público de Minas Gerais e comendo quietin no seu cantin ele botou pra quebrar, levou o money bem do seu jeitin, e fazendo ao invés de falar ele construiu um aeroporto particular pro seu titio. Essa história até hoje foi tão mal explicada que ele prefere não comentar para não perder seu estacionamento particular. Já Marininha fracassou miseravelmente na tentativa de criar seu próprio partido, Rede Sustentabilidade, tendo o registro negado graças a uma malícia do PT e PSDB, que ordenou todos seus aliados a votarem contra para fuder com a vida da magréla, ainda que tenham aceito o registro de duas agremiações fulecas, o Cosplay do Prona e o Clone de partido polonês. Tudo isso por medinho da quantidade de votos que ela poderia sugar. Numa manobra esperta, Eduardo Campos, que tentava pelo PSB a presidência também, a cooptou para ser vice, e assim quem sabe ganhar uns votinhos, sei lá.

Chegando em 2014 e a sonhada "Copa das Copas", Dilminha fugiu das vaias e não fez discurso na abertura (Para NOOOOOOOOOOOSSA ALEGRIAAAAAAA!!!), e até que foi uma manobra inteligente, pois muitos bocós com o passar dos dias e jogos começou a voltar a apoiar Dilminha, usando do mesmo argumento jegueal genial dos petistas em chamar seus opositores de "reaças coxinhas" pelo Caralivro. Dilma então começou a usar os jogos comprados por Felipão como forma de se autopromover. Contudo, após a lesão sofrida por El Divo, digo, digo, Neymar, e a morte na praia da seleção canarinho, ela decidiu sair de fininho da merda que ela mesma faria consigo mesma e chamou a CBF de incompetente.

Misteriosa morte de Eduardo Campos[editar]

Ver imagens gores em Acidente do Cessna Citation 560 XLS+

Eleitora prevendo a morte de Dudu, 10 horas antes do acidente fatal.

Dia 13 de agosto, um dia após a única entrevista de um candidato a presida que prestou no Jornal Nacional, o candidato pernambucano decide fazer um passeio em Santos com alguns assessores e amigos, quando por motivos até o presente momento (e talvez pra sempre, sempre, sempre e sempre) desconhecidos, o avião caiu, explodiu no ar e depois caiu, pegou fogo no ar e depois caiu, o piloto foi substituído por um kamikaze, não sabemos ao certo, o facto é que todo mundo ficou igual à churrasqueira elétrica no Faustão:

Cquote1.png TÁ PEGANDO FOGO, BICHO! Cquote2.png
Faustão sobre avião do Eduardo Campos.

As causas do acidente são um mistério tão grande que nem os especialistas do nosso querido site Desciclopédia chegaram a uma conclusão, já tendo noticiado que a culpa era da Marina, mas já disseram que tudo seria um plano da Dilminha. Apesar dos pesares, ficou um bololô só e ninguém sabia de mais nada. Usando a imagem agora do morto muito louco como mártir, colocaram a Marina Silva como candidata oficial enfim, apesar de uns atritos com uns partidos cuzões como o PSL e o PHS.

Marina por pouco, muito pouco aliás, não virou o curinga dessa eleição, pois chegou a assar a batata de Aécio pro segundo turno por uns dias, e em várias pesquisas aparecia BEM na frente de Dilma caso fosse pro segundão, mas graças a uma das campanhas políticas mais alarmistas que pregação do Silas Malafaia ou narração do Galvão Bueno, o PT conseguiu solapar de tal maneira a candidatura de Marina que nem em segundo ela terminou, sendo jogada pro terceiro lugar, só ganhando em Pernambuco (devido acharem que ela era a reencarnação do Eduardo) e no Acre (que, devido a motivos óbvios, não teve seus votos contados na apuração geral). Magoadinha com os petistas difamadores, acabou por na última hora apoiando os tucanos, inutilmente.

Debates[editar]

26 de agosto (Band)[editar]

Cquote1.png Estou frustrada porque ninguém me perguntou Cquote2.png
Luciana Genro sobre esse debate locão aí
Cquote1.png Eduardo Jorge, você tem 45 segundos! Cquote2.png
José Serra Ricardo Boechat sobre Eduardo Jorge
Cquote1.png Quero, isso daí eu quero! Cquote2.png
Eduardo Jorge sobre citação acima

Coisas que aprendemos com este debate:

  • Luciana Genro se gabou de que perguntaram três vezes para ela durante o debate.
  • Quando a câmera se virava, Eduardo Jorge fumava um.
  • Dilma se referiu (no que se refere) a Aécio Neves diversas vezes dizendo no seu governo... Aí é que vai a pergunta: Aécio foi presidente e ninguém ficou sabendo? Assim não vale, a Dilma tem informações privilegiadas.
  • A economia está boa por causa do PT, mas está ruim por causa do cenário internacional.
  • Pastor Everaldo gaguejou muito, mas era só ele peidar[1] que resolvia tudo, infelizmente ele não o fez...
  • Esse debate teria uma treta preciosa se o Pastor Everaldo dissesse que ia privatizar o Aerotrem.


Candidatos[editar]

Dilma Rousseff (NSDAP)[editar]

A rainha dos escapismos, ninguém consegue perguntar nada a ela que ela responda de maneira objetiva. Sua frase predileta é Está tudo certo no Brasil. Pra ela, claro...

Aécio Neves (GOP)[editar]

Tentou comer quietinho essa eleição, como todo mineirin, mas acabou surpreendido pela própria inépcia e agora sobre sua antagonista Marina Silva diz eu vou furar ela! Se fosse um cearense ou um pernambucano eu ia pensar que ele tava querendo passar a peixeira nela, mas deve ser sex... ops, outra coisa...

Marina Silva (PSDB)[editar]

"Eu prefiro seeeeeeer essa metamorfose ambulante..."

Pastor Everaldo (IURD)[editar]

"Viva o Brasil, viva a democracia". Já proposta que é bom, nem pra dizer "quem quer aceitar Gizuiz hj a noite" ele faz.

Eduardo Jorge (4i20)[editar]

O candidato 4:20 dessa eleição. Seu lema é não tenho nada a ver com isso, uma corruptela do chavão eu nun fei di nada, cumpanhêro, utilizada por outro candidato que também fazia uso de drogas durante os debates em eleições anteriores.

Luciana Genro (PCUS)[editar]

Comunista iludida que sonha em transformar o Brasil na nova Cuba.

Eymael (PSDBC)[editar]

Um democrata "cristão". Só isso que eu sei dele.

Zé Maria (IV-I)[editar]

Trotsky pediria para darem mais umas 5 machadadas em sua cabeça se soubesse que seu grande representante no Brasil é o PSTU.

Levy Fidelix (PRONA)[editar]

Levy Fidelix é uma plena mistura entre Enéas e Seu Barriga. Levy Fidelix prometeu em seu programa de governo lançar o Bolsa-Bigode, o Bolsa-Aerotrem e o Bolsa-Baixinho. Esse primeiro causou uma grande revolta em seu eleitorado de direita, pois isso, além de beneficiar petralhas como Tarso Genro, fez com que viessem em suas cabeças a imagem de Josef Stalin e Nicolás Maduro. O Bolsa-Bigode permite que pessoas possam entrar no cinema sem pagar, pagar metade no restaurante, trabalhar apenas três dias na semana, roubar galinhas (em qualquer sentido), etc, etc e etc, e o único critério para conseguir isto é bem simples: ter um bigode.

Essa promessa de Levy Fidelix fez com que pais de família raspassem a parte íntima de suas esposas e as enfiasse embaixo do nariz, mesmo todo mundo (até o próprio) sabendo que Levy Fidelix não ia ganhar porra nenhuma. O Bolsa-Aerotrem não é uma espécie de Bilhete Único para aerotrens, mas sim um desconto de 99,99999999999999999% na compra de um aerotrem, não, não é de uma passagem de aerotrem, mas sim de seu próprio aerotrem. Levy Fidelix quer que todos os cidadãos do planeta Brasil tenham seu próprio aerotrem, e que uma criança recém-nascida já venha com um aerotrem de brinde. Assim o Brasil não precisaria gastar importando (ou produzindo, mas a produça dessas bagaças aqui no Brasil resultam em veículos, na falta de melhor termo, podres) carros, ônibus[2], motos e o cacete a quatro.

Levy Fidelix disse que isso iria salvar a economia brasileira. Mas aí é que está: de onde iria sair o dinheiro para construir tanto aerotrem???[3] Aí é que entra o próximo programa: O Bolsa-Baixinho. Levy Fidelix é baixinho, praticamente um anão, até a aparência e o jeito engraçadinho de andar daqueles anões da Praça é Nossa ele tem. Mas isso não tem nada a ver. O Bolsa-Baixinho seria feito por Levy Fidelix para homenagear seu ídolo e colega político Romário. Romário, lisongeado, decidiria dar um apoio financeiro ao presidente Levy, e esse apoio financeiro seria o dinheiro usado.

Mas será que Romário é tão rico assim para sustentar 50 mil e la vai porrada de aerotrens? Não, Romário vai roubar tudo dos políticos de seu partido, que será extinto após a eleição de Fidelix, assim como todos os outros, afinal, Levy prometeu[4] defender ditadura[5].

Mauro Iasi (PCC)[editar]

Um filhote deformado de Luis Carlos Prestes.

Rui Costa Pimenta (PCC[6])[editar]

O que leva tantos partidos a sonhar que o Brasil pode virar uma nova Cuba?

Candidatos que tentaram e não conseguiram[editar]

  • Eduardo Campos - Ops, esse aí morreu, deixa quieto. Só até agora ninguém sabe mesmo se foi morte matada ou morte morrida... =X
  • Jair Bolsonaro (ARENA) - Jair Mengele tentou se candidatar a ditador pelo Partido Regressista, decidindo avisar tudo de última hora na convenção nacional do partido, onde xingou pra caralho. Paulo Maluf e Dilma Rousseff foram seus alvos. No final, ele perdeu tudo e o presida do PP decidiu apoiar Dilmandona.
  • Randolfe Rodrigues (PSTAL) - Um dos políticos mais bizarros do Brasil, depois de Tiririca, o nazista Randolfe Rodrigues (vulgo Harry Potter que passou da validade) tentou concorrer, mas como havia lido do jornal que lia no banheiro que Bolsonaro iria disputar também (e acabou não disputando, deixando Adolfe muito puto), ficou com medinho que este lhe desse um soco na pança[7] em pleno debate.

Resultados[editar]

Primeiro turno e Segundo também, no mesmo canto, pra não tumultuar[editar]

Candidato(a) Vice 1º Turno
5 de outubro de 2014
2º Turno
26 de outubro de 2014
Votação
Fonte: Tribunal do Suborno Eleitoral
Total Percentagem Total Percentagem
Playmobil Terrorista (PT) Pai do Satã (PMDB) 43.267.668 41,59% 54.501.118
(Suspeita-se que 4 milhões
sejam votos fantasmas)
51,64%
Mineirin Never (PSDB) Velhote (PSDB) 34.897.211 33,55% 51.041.155 48,36%
Vovó Sauro (PSB) Múmia Paralítica (PSB) 22.176.619 21,32%
Comunista Velha (PSOL) Jorge Paz (PSOL) 1.612.186 1,55%
Viva o Brasil, Viva a Democracia (PSC) Leonardo Gadelha (PSC) 780.513 0,75%
Heeeeeim?? (PV) Célia Sacramento (PV) 630.099 0,61%
Gay é tudo viado (PRTB) José Alves de Oliveira (PRTB) 446.878 0,43%
Contra burg... de novo? (PSTU) Cláudia Durans (PSTU) 91.209 0,09%
EY EY... o resto cês sabem (PSDC) Roberto Lopes (PSDC) 61.250 0,06%
Comuna inexpressívo (PCB) Sofia Manzano (PCB) 47.845 0,05%
Outro comuna zé ruela (PCO) Ricardo Machado (PCO) 12.324 0,01%
Denise Abreu (PEN) Sei lá Desistiu 0
Eduardo Campos (PSB) Marina Silva (REDE) Morreu R.I.P.
Total de votos válidos 104.023.543 90,36% 105.542.273 93,66%
→ Votos em branco 6.678.580 5,80% 1.921.819 1,71%
→ Votos nulos 4.420.488 3,84% 5.219.787 4,63%
Total 115.122.611 80,61% 112.683.879 78,90%
Abstenções 27.699.435 19,39% 30.137.479 21,10%
Total de inscritos 142.822.046 100,00% 142.822.046 100,00%

Ver também[editar]

Desnotícias relacionadas[editar]


  1. https://www.youtube.com/watch?v=8VyzynVIZnA
  2. É ingual igual ao singular ou tem um "S" a mais???
  3. O eleitorado de esquerda diz que iria sair do órgão excretor dele
  4. Esse é um bom motivo para não levar essa parte a sério, afinal, na política é assim: prometeu, fez o contrário
  5. Eis a fonte: http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/06/17/levy-se-assume-como-candidato-da-direita-e-promete-defender-ditadura.htm e sem piadas chamando "ditadura" de "pica dura", por favor
  6. Outro...
  7. http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/09/visita-da-comissao-da-verdade-ao-rio-e-marcada-por-confusao.html

Mello Franco.jpg
Eleições para Ditador do Brasil

OBS: As eleições em itálico foram via modo "indireto" (ou seja, usando um cheat code):

18911894189819021906191019141918191919221926193019341938194519501955196019641966196919741978198519891994199820022006201020142018